/

Identificado funcionário do Twitter que apagou a conta de Trump

4

Durante 11 minutos, a conta de Donald Trump foi apagada do Twitter e a rede social logo explicou que foi um funcionário da empresa no último dia do trabalho.

Quando se tentava aceder à página de Donald Trump no twitter, aparecia uma mensagem de erro que dizia que aquele utilizador “não existe”. O Twitter veio depois explicar que tinha sido um funcionário a apagar a conta. Agora, já se conhece a identidade daquele que muitos consideram “um herói”.

Bahtiyar Duysak é alemão e tem 20 anos. Trabalhava na sede do Twitter em São Francisco, nos EUA, na secção de apoio a clientes, gabinete de Confiança e Segurança, que verifica e atua mediante alertas de mau comportamento na rede social.

Buysak confirma que era mesmo o seu último dia de trabalho no Twitter e estava prestes a sair do emprego quando recebeu um alerta de mau comportamento para a conta de Donald Trump. Como última ação decidiu iniciar o processo de eliminação da conta.

Apesar da polémica e de muitos utilizadores questionarem a segurança do Twitter, após a rede social revelar que a culpa era de um funcionário, as vozes que aclamaram a ação do trabalhador falaram mais alto e até chegou a ser criado um movimento no Twitter a pedir que o responsável fosse nomeado para o Prémio Nobel da Paz, mesmo que o apagão da conta de Trump só tenha durado 11 minutos.

No entanto, apesar da ação feita em desafio, o jovem alemão garante que nunca pensou que o processo de eliminação da conta se concretizasse. “Dei o comando e desliguei o computador, nunca pensei que a eliminação fosse concluída a tempo. Foram tempos selvagens os que passei na América. Estava cansado e admito que pode ter sido um erro meu, mas um erro de uma pessoa só não deve nunca ter este resultado. Eu não fiz hackin’. Eu não fiz nada que não estivesse autorizado”, explica o ex-funcionário do Twitter.

Logo após o incidente o Diretor-Executivo do Twitter, Jack Dorsey, explicou que foram identificadas “falhas e fraquezas” do sistema e que forram corrigidas. “Implementámos várias medidas de segurança para prevenir que algo assim volte a acontecer”, garantiu.

  ZAP //

4 Comments

  1. Então o Trumpas comporta-se sempre mal e a sua conta não é eliminada? Fez muito bem (o alemão)! Só foi pena que tenha sido 11 minutos… Se fosse um gato pingado qualquer, nada aconteceria (e a conta seria eliminada). Não cometeste erro nenhum! Estiveste muto bem! Quem cometeu o erro foi o Twiter ao anular o cancelamento da conta! Mas até percebo porquê. O Twiter tem muito a ganhar com a permanência do Trumpas e ele não saberia o que fazer se não tivesse Twiter… Estiveste muito bem, Bahtiyar Duysak! Pena que não haja mais como tu (mesmo que tenha sido por engano, segundo o que se diz…).

  2. Não concordo!…
    Acho que assim, com os seus posts estúpidos/pouco inteligentes e com falta de bom senso, todos ficamos a saber claramente o grandessíssimo palerma que o Trampa é!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.