Identificada professora suspeita de fuga de informação no exame de português

Já foi identificada pelas autoridades a professora que terá sido responsável por divulgar informações acerca do exame nacional de português, que o mês passado circularam nas redes sociais, dias antes do exame nacional da disciplina.

Segundo o jornal Expresso, a origem da fuga de informação é uma professora de uma escola pública da região de Lisboa, que esteve envolvida na preparação dos exames nacionais.

A docente identificada dá explicações de português a alunos do ensino secundário, e numa destas explicações particulares a um grupo de alunos terá divulgado informações relativas ao exame nacional da disciplina.

Antes de entrarem nas salas para o exeme em causa, muitos alunos já sabiam os temas que iam encontrar, através de uma gravação de áudio feita por uma aluna, que divulgou um ficheiro na rede social WhatsApp em que descrevia algumas das informações que tinha obtido pela explicadora de uma amiga.

“Ó malta, eu falei com uma amiga minha cuja explicadora é presidente do sindicato de professores, que é uma comuna, e diz que ela precisa mesmo, mesmo, só de estudar Alberto Caeiro e contos e poesia do século XX.
Basicamente, ela sabe todos os anos o que é que sai e este ano inclusive. Pediu para ela treinar uma composição sobre a importância da memória e outra sobre a importância dos vizinhos no combate à solidão. Pronto, basicamente é isto, se não sair, não tenho nada a ver com isto, ok?

Terá sido Miguel Bagorro, professor na Escola Secundária Luísa de Gusmão, em Lisboa, a denunciar a gravação ao Ministério da Educação, que encaminhou a situação ao Ministério Público.

“Na altura não liguei, até porque todos os anos há boatos a circular sobre o que vai sair nos exames. Mas quando vi o que saiu na prova, fiquei estupefacto. O que foi dito na gravação foi exatamente o que saiu. Logo nesse dia, escrevi uma denúncia ao Ministério da Educação”, contou Miguel Bagorro.

Ainda de acordo com o Expresso, não é a primeira vez em que esta professora está envolvida em polémica relacionada com divulgação de informações sobre os exames nacionais.

Em provas anteriores, terá havido já suspeitas não comprovadas de que a docente, que é há vários anos uma das que prepara o exame nacional de língua portuguesa, tinha informado os seus alunos da matéria a ser incluída no exame.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Caro Victor,

      Já que estamos a falar de português convém mencionar que deveria ter escrito à em vez de á. Só estou a mencionar o caso porque, na minha opinião, é um erro muito fácil de evitar. Basta lembrar sempre que SÓ EXISTE à 🙂
      Sempre que aparecerem dúvidas basta pensar que á não existe, ou melhor, só se usa quando nos estamos a referir ao nome da letra A.

    • Sem dúvida…
      Penso que essa professora se esqueceu da globalização e internet… tudo se sabe em pouco tempo, basta uma fugazinha….
      E como óbvio… mais uma vez existem informações que apenas uns têm acesso… como aconteceu no BPN, no BES, Montepio, etc… em que alguns souberam uns dias antes e os outros perderam muito.

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …

Portugal regista mais 2.447 casos e 27 mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 2.447 casos positivos e 27 mortes por covid-19. A informação foi divulgada, esta segunda-feira, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico divulgado hoje revela que …

Testes rápidos devem ser aplicados em surtos em escolas ou lares

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas …

Em Berlim, Marta Temido defende reforma e reforço de poder da OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) deve ser alvo de uma reforma substancial que leve ao reforço do seu poder internacional na sequência da pandemia de Covid-19, defendeu esta segunda-feira a ministra da Saúde, Marta …

PJ faz buscas à Fiscalização e Contratação da Câmara de Barcelos

A investigação, relacionada com contractos efetuados no pelouro da vereadora Anabela Real, estão a ser investigados pela Polícia Judiciária. A Polícia Judiciária (PJ) fez hoje buscas na Câmara de Barcelos, tendo como alvo principal os serviços …

Governo ordena "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, determinou o "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria, instituição privada detida pelo grupo Lusófona, que deverá fechar portas até ao fim …