Iceberg do tamanho de Manhattan separou-se da Antártida

As temperaturas elevadas nas águas em torno da Antártica foram responsáveis pela separação de um bloco de gelo do tamanho de Manhattan, revelaram cientistas norte-americanos.

Imagens da Antártida tiradas por satélite em janeiro mostram a separação do continente de um bloco gigantesco do Glaciar de Pine Island, com cerca de 60 km2 – algo um pouco superior a 1,5 vezes o tamanho da cidade do Porto.

Segundo o LiveScience, algumas áreas da superfície gelada da Antártida estão marcadas com inúmeras fendas, que podem provocar um agravamento desta ruptura.

O glaciólogo Ian Howat, investigador da Universidade Estatal de Ohio, considera que esta ruptura poderia ser resultado de uma anterior, que aconteceu em julho de 2015. Porém, é de realçar que o bloco de gelo que então se separou do continente era bastante maior: cerca de 600 km2cerca de 6 vezes o tamanho da cidade de Lisboa.

“Uma separação tão rápida parece atípica para este glaciar”, diz Howat. Porém, o incidente “condiz com uma imagem mais ampla das fendas basais no centro da plataforma do gelo erodida pelas águas mornas do oceano, o que provoca que a plataforma se quebre de dentro para fora”, explicou.

De acordo com o Centro de Informações Nacional de Neve e Gelo norte-americano, a superfície do gelo atingiu um nível mínimo de 2,3 milhões de km².

O glaciar Pine Island está “a recuar e emagrecer”, diz Simon Gascoin, especialista do Centro Nacional de Estudos Científicos francês. Ao longo dos últimos 27 anos, as águas por baixo do glaciar aqueceram 17 graus.

“Os recentes processos de separação e ruptura podem ser provas autênticas de uma rápida desintegração da plataforma de gelo em curso, em grande parte devido ao aquecimento do oceano”, resumiu Gascoin.

No início deste mês, a agência espacial europeia ESA alertou que, numa outra área da Antártida, a plataforma de gelo Larsen C está a ponto de se desprender. Segundo a agência, a fenda que há anos surgiu na plataforma está a aumentar “mais rapidamente do que nunca” e está prestes a separar-se da terra firme.

Se uma barreira de gelo como esta se soltar, o fluxo das calotes polares localizadas a seguir a ela pode ser acelerado, o que produziria o aumento do nível do mar, alertam os especialistas da ESA.

Em dezembro, aviões da NASA descobriram numa das calotes polares mais vulneráveis da Antártida uma fenda gigante de 112 quilómetros de extensão, cuja aparência aponta para o início do colapso desta massa de gelo e a formação de um mega-iceberg de 6500 km2.

Os climatologistas, oceanógrafos e outros cientistas acreditaram durante muito tempo que as mudanças climáticas ameaçavam destruir principalmente as reservas setentrionais de gelo da Terra — as plataformas de gelo da Gronelândia e a calote polar norte.

Porém, nos últimos anos, essa visão começou a mudar, porque os cientistas encontraram evidências de que o primeiro gelo a desaparecer será não o do norte, mas algumas das plataformas de gelo da Antártida, que está a rachar de dentro para fora, levando a um aumento catastrófico do nível do mar.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ai ZAP… que é que vocês andam a fazer???!!!…
    Depois admirem-se se forem outra vez crucificados por estarem a difundir os alertas contra as alterações climáticas/aquecimento global…
    (modo irónico ligado 😉 )

    • O PauloSR ligà vôntádê u çêu módu íróníco i adêspôiz adêsligue-u tâmbéin à çúa béla daz avôntádez. Nô lígue i adesligue é muintaz vêzessez ca dapôiz póde acônfundir-çe u alígádo cô u adêsligádo i acônfundir-çe az àltêrâssõez aqéssimêntózas côz az aclímátózas glubâlízântez!!!

RESPONDER

Pandemia ameaça agricultura portuguesa. Cereais e setor do vinho em risco

Não é surpresa que alguns setores vão ser fortemente prejudicados pela pandemia de covid-19. A agricultura é um deles. Um grupo de trabalho criado pelo Governo - o Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de …

Governo dos Açores impõe cercas sanitárias em todos os concelhos de São Miguel

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, anunciou esta quinta-feira o líder do executivo. Ficam interditadas, segundo Vasco …

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …