Antártida está a rachar de dentro para fora (e daí vêm as catástrofes)

O escudo de gelo no oeste da Antártida está a rachar de dentro para fora. Tal acontecimento poderá explicar a separação de grandes icebergs dele e a sua rápida destruição, avisam os cientistas.

“Atualmente, não há dúvidas de que o escudo de gelo do oeste da Antártida vai descongelar mas, todavia, não é claro quando isso vai acontecer”, diz Ian Howat, investigador da Universidade do estado de Ohio.

“O aparecimento de tais rachaduras e fraturas, obriga o gelo a recuar a uma velocidade recorde, aumentando, assim, as possibilidades da atuais gerações testemunharem o colapso total deste escudo de gelo“, acrescenta.

Howat e os seus colegas chegaram a essas conclusões depois de analisarem fotografias de satélite, obtidas durante uma das recentes catástrofes na Antártida, relacionada com a separação de um iceberg gigantesco – de 582 quilómetros quadrados – do escudo de gelo no final de julho de 2015.

Segundo o artigo, publicado na revista Geophysical Research Letters, através das imagens os cientistas começaram a suspeitar que a formação deste iceberg estaria ligada a processos que se desenvolveram na sua base.

Para confirmar a teoria, além de observarem as fotografias, os climatologistas realizaram algumas expedições à região da Antártida ocidental, onde se teria originado o problema.

Com a ajuda das fotos dos satélites, tiradas durante o pôr de sol e o amanhecer, quando o Sol fica praticamente na linha do horizonte, formando um grande ângulo em relação à superfície da Antártida, os cientistas conseguiram detectar duas rachaduras gigantescas e profundas no escudo de gelo ocidental.

As rachaduras surgiram há 2 e 3 anos numa zona do glaciar onde se encontram água, terreno e gelo, perto da base do escudo. Ambas cresceram de forma significativa e a uma grande velocidade, isto é, têm atualmente 14 quilómetros e aumentaram a sua largura para 110 metros.

A razão do surgimento desta rachadura, segundo os cientistas, está relacionada com o aumento da temperatura do mar que a rodeia. Este processo, na opinião de Howat, levou à criação da cavidade, que, consequentemente, afundou o glaciar, gerando uma grande rachadura.

Processos semelhantes a este estão a acontecer na Gronelândia. O que preocupa os cientistas mais do que tudo é o possível surgimento de tais cavidades noutras regiões da Antártida.

Se o gelo enfraquecer nessa zona, o que leva às rachaduras, a velocidade de destruição da Antártida e o seu deslocamento para o oceano será muito rápida.

ZAP / Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …

Empresas podem manter lay-off até ao fim de setembro. Trabalhadores podem receber 85% do salário

Os traços gerais do plano do Governo para a retoma da economia e para tentar travar a escalada do desemprego foram apresentados aos parceiros sociais, esta terça-feira, por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade …

O próximo Wolves? Charlton pode tornar-se "português"

O consórcio português Corporate Football Organisation Portugal (CFO), liderado por Fernando Côrte-Real, está a estudar a compra do Charlton, clube que milita no Championship, o segundo escalão inglês. "A CFO Portugal já existe há pelo menos …

PJ prossegue investigação e confirma envolvimento de alemão no desaparecimento de Maddie

A Polícia Judiciária adiantou esta quarta-feira que prosseguem em Portugal diligências no âmbito da investigação ao desaparecimento da criança inglesa Madeleine McCann, no Algarve, em 2007, confirmando as suspeitas de envolvimento de um cidadão alemão …

Benfica critica presença de Rui Moreira na lista de Pinto da Costa

O diretor de comunicação do SL Benfica, Luís Bernardo, criticou, esta quarta-feira, a presença de Rui Moreira na lista de Pinto da Costa às eleições para a presidência do FC Porto. "Já não bastava o nível …

Costa e Silva prevê recuperação económica lenta e defende "pacto entre Estado e empresas"

Em entrevista à agência Lusa, António Costa Silva, responsável no plano de relançamento da economia, prevê uma recuperação lenta e sugere um pacto entre Estado e empresas. António Costa Silva, gestor nomeado pelo primeiro-ministro para coordenar …