//

Humorista francês Dieudonné condenado a prisão na Bélgica por antissemitismo

2

AlexandreHervaud / Flickr

O polémico humorista francês Dieudonné M'bala M'bala

O polémico humorista francês Dieudonné M’bala M’bala

O humorista francês Dieudonné foi hoje condenado a dois meses de prisão efetiva e uma multa de 9.000 euros, por antissemitismo e incitação ao ódio, anunciou um advogado que representava as organizações judaicas da Bélgica.

De acordo com o advogado Eric Lemmens, o tribunal correcional de Liège considerou provadas todas as acusações imputadas a Dieudonné Mbala Mbala.

Num espetáculo que o humorista francês deu em março de 2012 na zona de Liège, perante mais de um milhar de pessoas, Dieudonné proferiu uma série de declarações consideradas discriminatórias, antissemitas e negacionistas, bem como de incitação ao ódio e à violência.

O espectáculo foi gravado pela polícia, e as gravações serviram de base à acusação.

Dieudonné foi ainda condenado a pagar a publicação da sentença do tribunal em dois dos principais jornais belgas francófonos, o “Le Soir” e o “La Libre Belgique”.

A carreira de Dieudonné tem sido marcada pela polémica, face a muitas intervenções julgadas antissemitas.

Em janeiro, o humorista foi acusado de terrorismo por um comentário acerca da campanha “Je Suis Charlie”.

O Ministério Público francês abriu na altura um processo ao humorista francês Dieudonné por “apologia do terrorismo”. Em causa está o facto de o polémico artista, conhecido pelas suas piadas anti-semitas, ter dito que se sentia “Charlie Coulibaly”, um dos autores do antentado.

Em fevereiro do ano passado, Dieudonné foi proibido de entrar em território britânico, uma medida muito rara, depois de ter reincidido, num espectáculo em Nyon, na Suiça, em fazer a quenelle – um braço esticado em direção ao chão, e o outro braço cruzado a tocar o ombro.

O gesto, apresentado pelos defensores do humorista como “apenas um gesto antissistema”, é considerado por muitos como uma saudação nazi invertida ou um gesto antissemita.

ZAP / Lusa

2 Comments

  1. O gajo tem trombas de terrorista não de humorista, não passa de mais um bandido a viver na Bélgica basta olhar-lhe para as trombas.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE