Hong Kong à beira de um “surto comunitário em larga escala”. Hospitais podem colapsar

Jerome Favre / EPA

A chefe do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, alertou que o sistema de saúde do território autónomo pode “colapsar” com o aumento de casos na região.

Se há menos de um mês Hong Kong registava menos de 10 casos por dia, agora, o território depara-se com mais de 100 infeções por dia. O aumento de caso pode levar o sistema de saúde a sofrer um “colapso”, o que pode significar a perda de vidas, “especialmente aos idosos”.

Perante o agravamento da situação epidemiológica na região, a chefe do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, pediu à população para ficar em casa e avisa que Hong Kong “está à beira de um surto comunitário em larga escala”.

“Para proteger os nossos entes queridos, os nossos profissionais de saúde e Hong Kong , apelo que sigam estritamente as medidas de distanciamento social e fiquem em casa, o mais longe possível”, pediu, citada pelo Diário de Notícias.

No início da pandemia, Hong Kong foi um dos primeiros locais a ser afetado com a propagação do vírus que surgiu na China, em dezembro do ano passado, mas conseguiu controlar o surto com várias medidas restritivas, como o uso de máscaras e um forte sistema de rastreamento.

Durante semanas, o território não registou casos, mas com as medidas de desconfinamento começaram a surgir novas infeções na comunidade. O aumento de casos levou o executivo a adotar um novo conjunto de medidas restritivas para travar a propagação do novo coronavírus no território.

As reuniões públicas com mais de duas pessoas vão ser proibidas e os restaurantes só poderão vender comida para levar. Além disso, o uso de máscaras é obrigatório em todos os espaços públicos.

Até agora, a obrigação de usar máscara cingia-se aos transportes públicos, as reuniões públicas podiam ter até quatro pessoas e os restaurantes e cafés podiam ter clientes nas mesas até às 18h.

As medidas mantêm o fecho de bares, cabeleireiros, centros de diversão, piscinas e instalações desportivas.

Na terça-feira foram registados 106 novos casos e o máximo diário foi atingido na segunda-feira, com 145 novos casos. Desde o início da pandemia, Hong Kong registou 2.884 casos e 23 mortes, de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins.

China com maior número de casos em três meses

A China registou mais 101 casos de covid-19 nas últimas 24 horas: 89 na região de Xinjiang, oito na província de Liaoning e um em Pequim. Os casos registados são de transmissão local. Foram ainda diagnosticados mais três casos em viajantes oriundos do exterior, os chamados casos “importados”.

Até domingo, a capital chinesa completou 21 dias sem registar novos casos.

O número representa uma tendência crescente nos últimos dias: 68 novos casos na segunda-feira, 61 no domingo, 46 no sábado e 34 na sexta-feira.

Desde o início da epidemia, a China registou 84.060 infetados e 4.634 mortos devido à covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …

Esta garrafa de tequila demorou seis anos para ser desenvolvida (e contém ouro)

A Clase Azul Spirits é uma empresa que comercializa tequila e está a preparar uma edição limitada para homenagear o legado artesanal do México - de onde a bebida é originária. A 2 de agosto, a …

Covid-19. Milhares de franceses protestam contra passe sanitário

Milhares de pessoas concentraram-se este sábado em Paris para protestar contra o passe sanitário — certificado de vacinação contra a covid-19 que passa a ser obrigatório para entrar em vários locais —, tendo a polícia …

"Toque de Midas" científico. Químicos transformam água purificada em metal dourado

Esta nova descoberta ajuda a entender o estado de transição da água e pode vir a ser importante no estudo de planetas como Neptuno ou Urano. Numa experiência alucinante, cientistas conseguiram transformar água purificada num metal …