Após recusar isolamento total, Holanda tem uma das maiores taxas de mortalidade

Narendra Shrestha / EPA

A Holanda tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo por covid-19. O país tem optado por evitar o confinamento total, procurando atingir a imunidade de grupo.

Face à pandemia de covid-19, os países afetados optaram por diferentes estratégias para mitigar a disseminação e o impacto da doença. A abordagem holandesa tem sido algo controversa, uma vez que o país optou por evitar o isolamento total, confiando no bom senso dos seus cidadãos.

“Um país crescidinho”, foi a expressão usada pelo primeiro-ministro holandês, Mark Rutte. “As pessoas estão contentes por estarem a ser tratadas como adultos”.

Nos Países Baixos, a economia não parou por completo, com apenas alguns setores de maior risco de contágio a encerrarem, escreve o Observador. O plano de ação permite, assim, criar aquilo que chamam de imunidade de grupo.

“Quanto maior for o grupo que adquire imunidade, mais baixa é a possibilidade de o vírus atingir pessoas mais velhas e vulneráveis ou com outros problemas de saúde”, explicou Mark Rutte. “Podemos atrasar a disseminação do vírus e, ao mesmo tempo, construir imunidade de grupo de uma forma controlada”.

A reticência em optar por um confinamento total faz com que, hoje, a Holanda seja o nono país do mundo com a maior taxa de mortalidade por covid-19. O país sobe ao sexto posto se excluirmos os pequenos territórios de San Marino, Andorra e Sint Maarten. Na Holanda, morrem 165 pessoas por cada milhão de habitantes. Ao todo são quase 27 mil infetados e 2.800 mortos.

A Holanda continua muito preocupada com o impacto económico do novo coronavírus. Embora se tenha juntado ao pacote de medidas aprovado recentemente para apoiar os países da União Europeia face à pandemia, Mário Centeno diz que a Holanda foi o país mais reticente a fazê-lo.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

    • Mas quem é que apoia o governo holandês pela forma como tem gerido a pandemia?!
      O que por aqui se disse, e bem, é que não têm de ser os países ricos a sustentar os países que têm sido mal governados ao longo de décadas, usando a coisa pública em proveito de meia dúzia de famílias.
      O amigo anda muito baralhado das ideias.

    • Mas eles alguma vez disseram que eram melhores a lidar com a pandemia do que os outros?! O que eles disseram era que não estavam para sustentar alguns países, o que é bem diferente.
      Pelos comentários aqui colocados chego à conclusão que a maioria das pessoas não sabe ler ou não compreende aquilo que lê.

  1. Sabem fazê-lo de modo mais barato, deixando os velhotes a sua sorte. Mas uma ou outra, se não morrem do Covid-19, hão de ser convidados para a eutanasia implacável

  2. E da Bélgica, não falam?! Amanhã ou além passarão a ser o país com maior número de mortes per capita, atualmente com o dobro da Holanda e mais do dobro de mortes por dia relativamente ao pico da itália (tudo per capita, claro)

  3. Eu considero-me letrada e por isso acho que percebo o que leio e, às vezes, até consigo ler nas entrelinhas . O primeiro ministro holandês diz que são um país “crescidinho” e tem razão. Cresceram, e bem, graças ao que roubaram em território, em ouro (foram os principais corsários) e hoje crescem, muito bem, sob outra forma de banditismo ( a dos paraísos fiscais). A maioria das grandes empresas portuguesas estão lá sediadas, deixando nos cofres do estado holandês quantias avultadíssimas que, pela ordem natural das coisas, deveriam pertencer-nos. Assim, como é que havemos de arranjar dinheiro para resolver os nossos problemas? Eles podem esperar para ver qual é o desfecho da pandemia nós, infelizmente não podemos ser tão “adultos” quanto eles!

  4. Ainda bem que em Portugal estamos a ser tratados como pessoas, seres humanos. Se a componente economica é importante creio que não há duvida para ninguém, mas parece que existem duvidas sim em alguns lideres mundiais sobre o valor da vida humana. Espero que a humanidade, leia-se paises tornem-se sim adultos, quando forem novamente a eleições e sejam realmente adultos nas escolhas que vão fazer naqueles que desejem que os liderem não só no tempo das vacas gordas mas também neste momentos criticos não só para o seu pais mas sim para o cununto de todos os paises, a humanidade. Por muito menos criaram-se tribunais para julgar cirmes contra a humanidade… estes lideres nao estão a cometer um crime também contra a humanidade, algo para pensarmos seriamente sobre isso

Sacavenense 1-7 Sporting | Sporting goleia Sacavenense e segue em frente na Taça

O Sporting goleou o Sacavenense por 7-1, na terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ‘castigando’ em demasia a equipa do Campeonato de Portugal, incapaz de contrariar a supremacia ‘leonina’ em toda a linha. Nuno …

The Crown baseia-se em "muita conjetura e muita invenção", diz irmão da princesa Diana

Desde a estreia da quarta temporada, The Crown tem dado muito que falar na família real britânica. Além das acusações feitas por amigos do príncipe Carlos, que consideram que a Netflix está a explorar a …

Nativos ancestrais do Novo México derretiam gelo para sobreviver às secas

Os habitantes ancestrais do árido Novo México sobreviveram a períodos de seca extrema, durante o primeiro milénio, ao derreter o gelo acumulado em tubos de lava profundos. De acordo com a agência Europa Press, a equipa …

Cristiano Ronaldo candidato a melhor da época e do século nos Globe Soccer Awards

O internacional português está entre os nomeados para melhor jogador do ano da Globe Soccer Awards e integra ainda, com Luís Figo, a lista dos candidatos a futebolista do século XXI. Cristiano Ronaldo integra a lista …

Os desenhos de da Vinci escondem um mundo de bactérias e fungos

Leonardo da Vinci é famoso pelas suas obras de arte elaboradas e cheias de nuances. Mas um novo estudo revelou um outro nível de complexidade nos seus desenhos: um mundo oculto de minúsculas formas de …

Bandeira anticorrupção de Bolsonaro caiu. Agora, terá que encontrar outro slogan

A Lava Jato levou à condenação de políticos, enquanto a eleição de Jair Bolsonaro colocou no poder um político que prometeu erradicar a corrupção e que para seu ministro da Justiça nomeou o juiz anticorrupção …

O Prodigium é um iate-tubarão luxuoso (e um dos maiores navios do mundo)

O Lazzarini Design Studio revelou o seu mais recente conceito de um mega iate, o Prodigium. O King of the Seas, como também é conhecido, tem a forma de um tubarão gigante e mede 153 …

Autoridades mexicanas encontram pelo menos 113 corpos em vala clandestina

Pelo menos 113 corpos foram descobertos numa vala clandestina no município de El Salto, no estado mexicano de Jalisco, indicaram no domingo as autoridades. O procurador Gerardo Octavio Solis anunciou, em conferência de imprensa, que 113 …

A cidade capaz de "superar o Dubai" que o Paquistão quer construir vai deixar pescadores em risco

A proposta de uma megacidade insular ao largo de Karachi poderá colocar em risco vários pântanos e, ao mesmo tempo, os milhões de empregos que dependem deles. A Ilha Bundal localiza-se no Mar da Arábia, ao largo …

Árbitros afastados após os penáltis mais insólitos de sempre

Nani aparece no meio da história mais louca do futebol, no que diz respeito a grandes penalidades. Tudo começou com uns centímetros. Equipa de Nani celebrou o apuramento três vezes - só na última é …