Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19.

Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas de criação destes animais onde já se registaram focos de infeção. Os surtos foram detetados em Gemert, na mesma área no sul da Holanda onde aconteceram os anteriores.

Todas as martas das quintas [identificadas] foram abatidas“, disse o Ministério da Saúde, num comunicado citado pela AFP.

O novo coronavírus foi detetado graças às atividades de monitoração estabelecidas pelas autoridades desde abril, após a confirmação dos primeiros casos, permitindo que os animais sejam testados semanalmente para detetar o vírus numa fase inicial e evitar o contágio para os funcionários.

No total, dezenas de milhares de martas de vinte quintas de criação de animais para a indústria de peles que apresentaram resultados positivos para o novo coronavírus já foram abatidos.

O Governo também impôs outras medidas preventivas, como a proibição de transportar martas e estrume por todo o país ou visitar os estábulos e reforçou os protocolos de higiene para impedir a disseminação da covid-19, depois de ocorrerem pelo menos duas infeções de animais para humanos, as primeiras conhecidas mundialmente desde o início da pandemia.

As autoridades detetaram o novo coronavírus em quintas de martas no final de abril, quando os proprietários observaram problemas respiratórios e gastrointestinais entre esses mustelídeos.

A marta de reprodução ficará legalmente proibida a partir de janeiro de 2024, após uma decisão do Supremo Tribunal dos Países Baixos, e agora os criadores podem pedir ao Estado uma compensação por animais abatidos se decidirem fechar os seus negócios.

No entanto, depois de o novo coronavírus ter sido detetado nas quintas, o Parlamento votou para acelerar o encerramento por completo destas unidades antes do final deste ano, mas o governo ainda está a investigar como compensar os criadores de martas que encerrem voluntariamente.

Nos Países Baixos existem cerca de 130 quintas de criação de martas, com mais de 800.000 criadas para o setor de peles, uma prática que alguns partidos holandeses tentam eliminar desde 1989, citando questões éticas e o bem-estar animal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Simone Biles conquista a medalha de bronze no regresso à competição

A ginasta norte-americana conquistou a medalha de bronze na trave, esta terça-feira, uma semana depois de se ter retirado da competição por equipas dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 por questões de saúde mental. Simone Biles, que …

Professores pedem aumento de vagas no Superior. Governo fecha a porta

O Ministério do Ensino Superior fecha para já a porta ao aumento de vagas no Ensino Superior pedido pelos professores, que falam num "problema de justiça". Esta segunda-feira, foram conhecidas as médias nos exames nacionais, que …

"Não tem salvação". Governo culpa gestão da Dielmar (e garante que não vai investir mais na empresa)

O Ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, disse que a Dielmar "não tem salvação" e indicou que o Estado não tenciona investir mais dinheiro na empresa de vestuário, culpando a equipa de gestão. "Mais de 8 …

Um fantasma pode fazer com que uma pessoa viva adoeça? Os navajos acreditavam que sim

Os nativos americanos acreditavam que a "doença dos fantasmas" fazia com que pessoas que já morreram pudessem fazer com que os vivos ficassem doentes. Esta crença era mais comum entre o povo navajo no passado. Hoje …

Afinal, Messi deverá mesmo ficar no Barcelona

O internacional argentino já terá chegado a acordo com a direção do Barcelona para a renovação do contrato por mais cinco temporadas. De acordo com o jornal Sport, Leonel Messi irá renovar com o Barcelona até …

Profissionais de saúde pedem clarificação das normas de vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos

Dificuldades na comunicação das diretrizes da Direção Geral de Saúde tem gerado dúvidas às famílias, aos profissionais de saúde e até ao Presidente da República. A polémica em torno da vacinação dos jovens entre os 12 …

"Temos muito a concretizar". Marcelo e Bolsonaro em encontro sem espaço para debater divergências

As posições comuns entre Portugal e o Brasil marcaram a conversa desta segunda-feira entre Marcelo Rebelo de Sousa e Jair Bolsonaro, num encontro sem espaço para discutir divergências ou uma eventual visita do Presidente brasileiro …

Neandertais tinham tipos sanguíneos, tal como os humanos modernos

Um novo estudo indica que os Neandertais, tal como nós, humanos modernos, também podiam ter outros tipos de sangue encontrados no sistema ABO. De acordo com o site EurekAlert!, cientistas analisaram os genomas previamente sequenciados …

Moedas assume: "Tenho de lutar muito nesta fase em Lisboa"

Carlos Moedas, candidato da coligação Novos Tempos à Câmara Municipal de Lisboa, entregou esta segunda-feira as listas dos candidatos aos órgãos autárquicos. O cabeça de lista da coligação Novos Tempos à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, …

Auto-agendamento para jovens de 16 e 17 anos já está disponível

O auto-agendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 16 ou mais anos ficou hoje de madrugada disponível no site na Internet da Direção-Geral da Saúde. A possibilidade de os jovens a partir dos 16 …