Henrique Granadeiro terá pago apartamento com 571 mil euros em notas e uma obra de arte

João Relvas / Lusa

Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, antigos administradores da Portugal Telecom

Ministério Público suspeita que Henrique Granadeiro tenha comprado apartamento com luvas de Salgado. O apartamento custava 1,7 milhões de euros, mas o empresário só declarou 850 mil euros e o resto pagou em dinheiro vivo e com uma obra de arte.

O Observador avança que a investigação à compra de um apartamento na zona das Amoreiras por Henrique Granadeiro está a ser investigada à parte da Operação Marquês, apesar de ter partido desta.

O apartamento terá custado 1,7 milhões de euros, mas Granadeiro só terá declarado 850 mil, uma vez que o restante pagou em dinheiro vivo e com uma obra de arte.

A obra de arte foi comprada numa galeria de arte em Londres e está avaliada em 280 mil euros, tendo servido de sinal para a compra. Os restante 570 mil euros, pagos em dinheiro vivo, terão sido pagos numa sala de um banco na Suíça. Segundo o gestor do património de Granadeiro, Francisco Fino, foi o vendedor a exigir este método de pagamento.

O Observador cita a SIC para dizer que a transação aconteceu a 27 de novembro, numa sala do banco Pictet, na Suíça.

No local, no momento da transação, estaria Francisco Fino com um representante do Pictet, um representante do dono do imóvel e um representante do BPI Suisse. O dinheiro foi colocado num saco que foi entregue ao representante do BPI Suisse, banco onde o vendedor pediu que fosse depositado o dinheiro.

Os restantes 850 mil euros, que faltavam para perfazer os 1,7 milhões de euros que valia o apartamento, foram registados como o valor da casa no fisco e no notário e foram pagos, através de transferência, para a a compra do empresário do Porto, João Marques Pinto. O apartamento situa-se na Avenida D. João V, em Lisboa, próxima de outra casa da qual Granadeiro é proprietário.

Este caso será a 16ª investigação a sair do processo Operação Marquês. Na Operação Marquês, os investigadores concluíram que Ricardo Salgado transferiu cerca 24 milhões de euros para as contas de Henrique Granadeiro, com o empresário a devolver 4 milhões.

O Ministério Público acredita que uma parte desses 20 milhões foi branqueada com a compra do apartamento.

A confirmar-se que metade do valor foi pago por fora, Henrique Granadeiro incorre na alegada prática de crimes de branqueamento de capitais e de fraude fiscal qualificada.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que lindos exemplos que este gajos dão ao povo. Quem mais ganha são os que mais fogem aos impostos. Andam em cima dos pequeninos e deixam que os matulões fujam por todos os meios. Anda toda a gente a GAMAR… menos os pequenos…

  2. que este mfa era o que foi ja a gente sabia, agora que fosse aliado do ali baba do rato é que me espanta. sera que o costa e o resto da trupe nao o conhece? e o bava? e o salgado? o e vara? e o godinho? e o pedro soares? e o querido amigo? e a sofia?..enfim… ja sao nomes suficientes para dignificar e recomentar o ps ao ze povinho…. qualquer dia o descaramento e a pouca vergonha sera tanta, que estes e outros feitos ja vao servir de propaganda para conquistar votos e pior que isso, sustentar um governo de radicais marxistas e comunistas … lavados,engravatados e barbeados para enganar ainda mais os analfabetos que insistem em manter e ampliar, com a ajuda do sindicato dos queridos prefessores.

RESPONDER

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …

Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro. Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local …

PJ acredita que Rui Pinto é o denunciante dos Luanda Leaks

A Polícia Judiciária acredita que o hacker português Rui Pinto é o denunciante dos Luanda Leaks, que revelou mais 715 mil ficheiros sobre alegados esquemas fraudulentos que envolvem a empresária angolana Isabel dos Santos. A …

Descobertos na Sibéria vestígios de um mítico povo que "vivia debaixo da terra"

Uma equipa de arqueólogos russos encontrou na península de Taimyr, na Sibéria, vestígios do mítico povo Sikhirtia, avança a Russia Today. Os investigadores encontraram na pequena baía de Makárov uma caverna reforçada com uma estrutura de …

Greenpeace na lista de grupos extremistas da polícia britânica

As organizações ambientalistas Greenpeace e Extinction Rebellion foram incluídas num documento da polícia britânica contraterrorismo que elenca grupos extremistas e potencialmente perigosos, escreve o jornal The Guardian. De acordo com o diário britânico, que avança a …

PGR de Angola quer julgar portugueses em Angola (e admite ir atrás de outros "poderosos")

O procurador-geral da República de Angola, Hélder Pitta Grós, considerou, em entrevista ao jornal Expresso, que os os três arguidos portugueses envolvidos na investigação à empresária Isabel dos Santos devem ser julgados em Angola. “Nós achamos …

Há dezenas de medicamentos não oncológicos capazes de matar células cancerígenas

Uma nova investigação concluiu que existem dezenas de medicamentos não oncológicos capazes de matar células cancerígenas em laboratório. O estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista Nature, descobriu que alguns medicamentos para a diabetes, …