Henrique Granadeiro terá pago apartamento com 571 mil euros em notas e uma obra de arte

João Relvas / Lusa

Zeinal Bava e Henrique Granadeiro, antigos administradores da Portugal Telecom

Ministério Público suspeita que Henrique Granadeiro tenha comprado apartamento com luvas de Salgado. O apartamento custava 1,7 milhões de euros, mas o empresário só declarou 850 mil euros e o resto pagou em dinheiro vivo e com uma obra de arte.

O Observador avança que a investigação à compra de um apartamento na zona das Amoreiras por Henrique Granadeiro está a ser investigada à parte da Operação Marquês, apesar de ter partido desta.

O apartamento terá custado 1,7 milhões de euros, mas Granadeiro só terá declarado 850 mil, uma vez que o restante pagou em dinheiro vivo e com uma obra de arte.

A obra de arte foi comprada numa galeria de arte em Londres e está avaliada em 280 mil euros, tendo servido de sinal para a compra. Os restante 570 mil euros, pagos em dinheiro vivo, terão sido pagos numa sala de um banco na Suíça. Segundo o gestor do património de Granadeiro, Francisco Fino, foi o vendedor a exigir este método de pagamento.

O Observador cita a SIC para dizer que a transação aconteceu a 27 de novembro, numa sala do banco Pictet, na Suíça.

No local, no momento da transação, estaria Francisco Fino com um representante do Pictet, um representante do dono do imóvel e um representante do BPI Suisse. O dinheiro foi colocado num saco que foi entregue ao representante do BPI Suisse, banco onde o vendedor pediu que fosse depositado o dinheiro.

Os restantes 850 mil euros, que faltavam para perfazer os 1,7 milhões de euros que valia o apartamento, foram registados como o valor da casa no fisco e no notário e foram pagos, através de transferência, para a a compra do empresário do Porto, João Marques Pinto. O apartamento situa-se na Avenida D. João V, em Lisboa, próxima de outra casa da qual Granadeiro é proprietário.

Este caso será a 16ª investigação a sair do processo Operação Marquês. Na Operação Marquês, os investigadores concluíram que Ricardo Salgado transferiu cerca 24 milhões de euros para as contas de Henrique Granadeiro, com o empresário a devolver 4 milhões.

O Ministério Público acredita que uma parte desses 20 milhões foi branqueada com a compra do apartamento.

A confirmar-se que metade do valor foi pago por fora, Henrique Granadeiro incorre na alegada prática de crimes de branqueamento de capitais e de fraude fiscal qualificada.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que lindos exemplos que este gajos dão ao povo. Quem mais ganha são os que mais fogem aos impostos. Andam em cima dos pequeninos e deixam que os matulões fujam por todos os meios. Anda toda a gente a GAMAR… menos os pequenos…

  2. que este mfa era o que foi ja a gente sabia, agora que fosse aliado do ali baba do rato é que me espanta. sera que o costa e o resto da trupe nao o conhece? e o bava? e o salgado? o e vara? e o godinho? e o pedro soares? e o querido amigo? e a sofia?..enfim… ja sao nomes suficientes para dignificar e recomentar o ps ao ze povinho…. qualquer dia o descaramento e a pouca vergonha sera tanta, que estes e outros feitos ja vao servir de propaganda para conquistar votos e pior que isso, sustentar um governo de radicais marxistas e comunistas … lavados,engravatados e barbeados para enganar ainda mais os analfabetos que insistem em manter e ampliar, com a ajuda do sindicato dos queridos prefessores.

RESPONDER

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …