Hackers ameaçam revelar “a verdade” sobre o 11 de setembro

Tony Knou / Department of Defense

O grupo de hackers The Dark Overlord ameaçou divulgar milhares de documentos “secretos” roubados a seguradoras e agências do governo norte-americano que, segundo alegam, revelam “a verdade” sobre o 11 de setembro – a menos que sejam pagos (em bitcoin) para não o fazerem.

The Dark Overlord é um “grupo profissional de ameaças de adversários” conhecido pelos seus ataques informáticos à plataforma de streaming Netflix, a clínicas de cirurgia informática, bem como a outros alvos sensíveis.

Recentemente, o grupo partilhou um link para um arquivo criptografado de 10 GB, contendo, alegadamente, documentos relacionados com o litígio dos atentados do 11 de setembro. A organização ameaça divulgar as chaves de desencriptação caso os seus pedidos não sejam atendidos.

Através de um tweet, que foi entretanto apagado da rede social, o grupo de hackers alega que os documentos contam a verdadeira história do que aconteceu. “Vamos dar muitas respostas sobre as conspirações do 9/11 através da divulgação dos nossos 18 mil documentos secretos”.

Segundo noticia a Russia Today, o grupo publicou um teaser sobre os alegados documentos, que consistem em cartas, e-mails e outros documentos que mencionam escritórios de advocacia, a Administração de Segurança de Transportes e a Administração Federal de Aviação, com a promessa de que mais estará por vir.

O grupo alega ter “hackeado” não só documentos de grandes seguradoras globais como a Lloyds of London e a Hiscox, mas também da Silverstein Properties, proprietária do complexo World Trade Center, e de várias agências governamentais.

O material, que supostamente inclui documentos confidenciais do governo que deveriam ter sido ser destruídos, mas que foram retidos por firmas de advocacia, revela, supostamente, “a verdade sobre um dos incidentes mais reconhecidos na história recente e que é envolto em mistério com pouca transparência e poucas respostas”.

Qualquer pessoa que tenha medo de ser identificado nos alegados documentos, pode ver os seus nomes a serem retirados da documentação, caso paguem por isso, podia ainda ler-se no anúncio publicado nesta segunda-feira. Em igual sentido, também as “organizações terroristas” e os “estados-nação adversários dos Estados Unidos” têm também direto de retratar uma alegada menção, se pagarem por isso.

Também as seguradoras, escreveram os hackers, podem pagar um resgate ainda não especificado em bitcoin – ou, caso contrário, o grupo promete “enterrá-los” com os documentos.

Alguns dos documentos foram conseguidos através de um “hack” a um escritório de advocacia associado à Hiscox no passado abril. A empresa reconhece que podem ter sido expostos 1.500 dos seus detentores de apólices comerciais nos Estados Unidos. O Dark Overlord afirma que, enquanto o resgate relativo ao “hack” anterior foi pago, a vítima violou o “acordo” ao cooperarar com a aplicação da lei, necessitando de mais extorsão.

O grupo emergiu em 2016 invadir informação de centros médicos, anunciando que iria vender os dados roubados na dark web, forçando assim os visados a pagar pela sua remoção. O grupo conseguiu também divulgar uma temporada inteira da série Orange is the New Black da Netflix no ano passado.

ZAP ZAP // RT

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Hackers que pedem dinheiro para não revelar a verdade?!
    São mesmo de fiar…
    Eu proponho que lhes paguem precisamente para eles revelarem a tal “verdade”!!

  2. …ehehehehe, e ainda há idiotas que consideram a web segura e dependem e fazem depender dela 😉 Continuem a promover negócios online, homebanking, etc etc etc, pendurem-se na rede, não tarda o estrondo da queda será enorme.

    • Caro Sousa, continua a ir ao banco para levantar dinheiro? Vai às finanças pagar os impostos? Vai À EDP (ou congénere) pagar a conta da eletricidade? Vai à agência de viagens pagar bilhetes de avião ou autocarro? Paga o estacionamento com moedas? Vai à bilheteira comprar bilhetes para o cinema? Vai ao centro de saúde marcar uma consulta? Vai para a filas nas lojas para pagar? Eu não faço nada disto. Faço tudo na Internet. Sou mesmo um idiota pendurado na rede!

      • Caro eu (você), idiota sou eu que agora faço (quase) isso tudo que refere inicialmente, e com muito gosto. Uso a rede mas não sou um idiota dependente nem pendurado nela, pois sei que mais cedo ou mais tarde, iria cair. Já tive o meu cartão de crédito violado por hackers que me roubaram bastante dinheiro, e só eu sei a dificuldade que tive para ser ressarcido pelo banco dos respetivos valores. Por isso meu caro, se o site das Finanças, da Segurança Social, da EDP, dos Bancos, do Sapo, do OLX, etc, for “tomado” por hackers, é para o lado que melhor durmo. E pode ter a certeza, a atual dependência e subserviência relativamente à internet, infelizmente, trará dissabores. Trabalho num organismo público que paulatinamente se vai rendendo a essa obrigatoriedade e dependência,e só eu sei os constrangimentos diários que isso nos provoca, tanto internamente, como aos nossos utilizadores/clientes.

  3. Só quem tem menos de dois neurónios é que acredita na versão oficial…
    O 11 de Setembro vai ser o catalisador do despertar da ilusão de muita gente. Marquem as minhas palavras.

    • Sim, é inevitável, muita gente irá revoltar-se infelizmente… Quando se descobre que fazem coisas hediondas contra a Humanidade, é natural sentir revolta. Mas faz isso parte do Despertar.

  4. A verdade e esta: foi um atentado terrorista encomendado pelo presidente dos estados unidos jorge w. Bush para mudar a ordem mundial. E so para se ver o que os politicos sao capazes de fazer contra a sua propria populacao:

    POLITICA + RELIGIAO = DESGRACA HUMANA

  5. A partir do momento em que eles passao a estorquir se realmente isto acontecendo eles perdem credibilidade infelizmente perdendo a chance de trazer a tona muito esclarecimento, infelizmente a corrupicao se manifesta mais forte que a razao !

Portugal deixa de estar entre regiões da UE de risco elevado

Esta quarta-feira, Portugal saiu da lista de regiões europeias de risco muito elevado devido à pandemia de covid-19. Portugal deixou de estar entre as regiões europeias de risco muito elevado devido à pandemia de covid-19 nos …

Brueckner absolvido de suspeitas no caso da "Maddie alemã"

Christian Brueckner foi absolvido das suspeitas que recaíam sobre si no caso do desaparecimento de Inga Gehricke, conhecida como a "Maddie alemã".  O The Sun avança, esta quarta-feira, que Christian Brueckner, suspeito do rapto de Madeleine …

Carlos Moedas é o candidato do PSD a Lisboa

Rui Rio está reunido com Carlos Moedas, ao final da tarde desta quinta-feira. Em cima da mesa está a corrida autárquica e a aposta no antigo comissário europeu para derrubar Fernando Medina da Câmara Municipal …

"Acabou-se o amor e as versões alteraram-se." Maria e Mariana julgadas pela morte de Diogo Gonçalves

O Tribunal de Portimão começou, esta quarta-feira, a julgar duas mulheres suspeitas de terem matado um jovem, em março do ano passado, no Algarve. As arguidas - uma enfermeira e uma segurança - estão acusadas pelo …

Dois anos depois, primeiro produto de canábis chega às farmácias em abril

Dois anos depois de aprovada a lei, as farmácias portuguesas já receberam "luz verde" para começar a vender o primeiro produto de canábis a partir de abril. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança …

"Sucesso completo". China declara (outra vez) que erradicou a pobreza extrema

O Presidente da China, Xi Jinping, declarou esta quinta-feira oficialmente que o país concluiu a "árdua tarefa" de erradicar a pobreza extrema, apontando que 98,99 milhões de pessoas saíram daquela condição nos últimos oito anos. "Hoje, …

Relatório acusa príncipe saudita de aprovar a morte de Khashoggi

Um relatório da inteligência norte-americana conclui que o príncipe herdeiro saudita aprovou o assassínio do jornalista Jamal Khashoggi, em 2018. O príncipe herdeiro e governante da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, aprovou o assassínio em 2018 …

Venda de barragens. Terra de Miranda acusa EDP de fraude fiscal

O Movimento Cultural da Terra de Miranda suspeita que o negócio das barragens da EDP foi arquitetado de forma a escapar ao pagamento de impostos. Em causa está o pagamento de 110 milhões de euros …

Entre acusações a um Governo "incompetente" que "saiu do armário", foi aprovado o estado de emergência até 16 de março

Esta quinta-feira foi aprovada, na Assembleia da República, a renovação do estado de emergência até 16 de março. O decreto passou com votos a favor do PS, PSD, CDS, PAN e deputada não inscrita Cristina …

Alterações climáticas geram mais de 12 mil milhões de euros de perdas anuais na UE

Na apresentação da nova estratégia de Bruxelas para fazer face à crise ambiental, o vice-presidente executivo da Comissão Europeia, Frans Timmermans, afirmou que o combate às alterações climáticas já não passa apenas pela redução das …