Hackers ameaçam revelar “a verdade” sobre o 11 de setembro

Tony Knou / Department of Defense

O grupo de hackers The Dark Overlord ameaçou divulgar milhares de documentos “secretos” roubados a seguradoras e agências do governo norte-americano que, segundo alegam, revelam “a verdade” sobre o 11 de setembro – a menos que sejam pagos (em bitcoin) para não o fazerem.

The Dark Overlord é um “grupo profissional de ameaças de adversários” conhecido pelos seus ataques informáticos à plataforma de streaming Netflix, a clínicas de cirurgia informática, bem como a outros alvos sensíveis.

Recentemente, o grupo partilhou um link para um arquivo criptografado de 10 GB, contendo, alegadamente, documentos relacionados com o litígio dos atentados do 11 de setembro. A organização ameaça divulgar as chaves de desencriptação caso os seus pedidos não sejam atendidos.

Através de um tweet, que foi entretanto apagado da rede social, o grupo de hackers alega que os documentos contam a verdadeira história do que aconteceu. “Vamos dar muitas respostas sobre as conspirações do 9/11 através da divulgação dos nossos 18 mil documentos secretos”.

Segundo noticia a Russia Today, o grupo publicou um teaser sobre os alegados documentos, que consistem em cartas, e-mails e outros documentos que mencionam escritórios de advocacia, a Administração de Segurança de Transportes e a Administração Federal de Aviação, com a promessa de que mais estará por vir.

O grupo alega ter “hackeado” não só documentos de grandes seguradoras globais como a Lloyds of London e a Hiscox, mas também da Silverstein Properties, proprietária do complexo World Trade Center, e de várias agências governamentais.

O material, que supostamente inclui documentos confidenciais do governo que deveriam ter sido ser destruídos, mas que foram retidos por firmas de advocacia, revela, supostamente, “a verdade sobre um dos incidentes mais reconhecidos na história recente e que é envolto em mistério com pouca transparência e poucas respostas”.

Qualquer pessoa que tenha medo de ser identificado nos alegados documentos, pode ver os seus nomes a serem retirados da documentação, caso paguem por isso, podia ainda ler-se no anúncio publicado nesta segunda-feira. Em igual sentido, também as “organizações terroristas” e os “estados-nação adversários dos Estados Unidos” têm também direto de retratar uma alegada menção, se pagarem por isso.

Também as seguradoras, escreveram os hackers, podem pagar um resgate ainda não especificado em bitcoin – ou, caso contrário, o grupo promete “enterrá-los” com os documentos.

Alguns dos documentos foram conseguidos através de um “hack” a um escritório de advocacia associado à Hiscox no passado abril. A empresa reconhece que podem ter sido expostos 1.500 dos seus detentores de apólices comerciais nos Estados Unidos. O Dark Overlord afirma que, enquanto o resgate relativo ao “hack” anterior foi pago, a vítima violou o “acordo” ao cooperarar com a aplicação da lei, necessitando de mais extorsão.

O grupo emergiu em 2016 invadir informação de centros médicos, anunciando que iria vender os dados roubados na dark web, forçando assim os visados a pagar pela sua remoção. O grupo conseguiu também divulgar uma temporada inteira da série Orange is the New Black da Netflix no ano passado.

ZAP // RT

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Hackers que pedem dinheiro para não revelar a verdade?!
    São mesmo de fiar…
    Eu proponho que lhes paguem precisamente para eles revelarem a tal “verdade”!!

  2. …ehehehehe, e ainda há idiotas que consideram a web segura e dependem e fazem depender dela 😉 Continuem a promover negócios online, homebanking, etc etc etc, pendurem-se na rede, não tarda o estrondo da queda será enorme.

    • Caro Sousa, continua a ir ao banco para levantar dinheiro? Vai às finanças pagar os impostos? Vai À EDP (ou congénere) pagar a conta da eletricidade? Vai à agência de viagens pagar bilhetes de avião ou autocarro? Paga o estacionamento com moedas? Vai à bilheteira comprar bilhetes para o cinema? Vai ao centro de saúde marcar uma consulta? Vai para a filas nas lojas para pagar? Eu não faço nada disto. Faço tudo na Internet. Sou mesmo um idiota pendurado na rede!

      • Caro eu (você), idiota sou eu que agora faço (quase) isso tudo que refere inicialmente, e com muito gosto. Uso a rede mas não sou um idiota dependente nem pendurado nela, pois sei que mais cedo ou mais tarde, iria cair. Já tive o meu cartão de crédito violado por hackers que me roubaram bastante dinheiro, e só eu sei a dificuldade que tive para ser ressarcido pelo banco dos respetivos valores. Por isso meu caro, se o site das Finanças, da Segurança Social, da EDP, dos Bancos, do Sapo, do OLX, etc, for “tomado” por hackers, é para o lado que melhor durmo. E pode ter a certeza, a atual dependência e subserviência relativamente à internet, infelizmente, trará dissabores. Trabalho num organismo público que paulatinamente se vai rendendo a essa obrigatoriedade e dependência,e só eu sei os constrangimentos diários que isso nos provoca, tanto internamente, como aos nossos utilizadores/clientes.

  3. Só quem tem menos de dois neurónios é que acredita na versão oficial…
    O 11 de Setembro vai ser o catalisador do despertar da ilusão de muita gente. Marquem as minhas palavras.

    • Sim, é inevitável, muita gente irá revoltar-se infelizmente… Quando se descobre que fazem coisas hediondas contra a Humanidade, é natural sentir revolta. Mas faz isso parte do Despertar.

  4. A verdade e esta: foi um atentado terrorista encomendado pelo presidente dos estados unidos jorge w. Bush para mudar a ordem mundial. E so para se ver o que os politicos sao capazes de fazer contra a sua propria populacao:

    POLITICA + RELIGIAO = DESGRACA HUMANA

  5. A partir do momento em que eles passao a estorquir se realmente isto acontecendo eles perdem credibilidade infelizmente perdendo a chance de trazer a tona muito esclarecimento, infelizmente a corrupicao se manifesta mais forte que a razao !

Responder a ah Cancelar resposta

Proprietários em centros históricos podem reclamar IMI dos últimos quatro anos

Os proprietários de imóveis localizados em centros históricos classificados pela UNESCO podem reclamar o imposto municipal sobre imóveis (IMI) pago nos últimos quatro anos, escreve o Dinheiro Vivo esta quinta-feira. A notícia agora avançada pelo Dinheiro Vivo …

Nuno Freitas é o novo presidente da CP

O Governo nomeou Nuno Freitas como novo presidente da CP – Comboios de Portugal, num Conselho de Administração alargado a cinco elementos, sucedendo a Carlos Nogueira, cujo mandado terminava no final deste ano. De acordo com …

Erros na prescrição obrigam a novas medidas de segurança para medicamentos para cancro e doenças inflamatórias

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomenda novas medidas de segurança para evitar erros na prescrição e administração de medicamentos com metotrexato. Devido a erros de prescrição, a Agência Europeia do Medicamento recomenda novas medidas de …

Cartel de construtoras dos estádios do Mundial do Brasil investigado

Foi aberto um processo administrativo para investigar um cartel mantido por empresas de engenharia que atuou nas obras dos estádios usados no Mundial de futebol do Brasil, em 2014. O Governo brasileiro informou esta quarta-feira que …

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …

Ministério da Educação quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos

O Ministério da Educação lançou esta quinta-feira uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas dos alunos. A campanha de sensibilização lançada esta quinta-feira …

Morreu o eurodeputado do PS André Bradford. Estava em coma induzido

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu nesta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou à agência Lusa fonte do PS/Açores. Bradford, …

Crise dos opióides nos EUA: 76 mil milhões de comprimidos e 70 mil overdoses

Entre 2006 e 2012 foram distribuídos setenta e seis mil milhões de comprimidos de duas substâncias opióides, a oxicodona e a di-hidrocodeína. As mais de 70 mil registadas em 2017 representam um aumento para o …