Hackers ameaçam revelar “a verdade” sobre o 11 de setembro

Tony Knou / Department of Defense

O grupo de hackers The Dark Overlord ameaçou divulgar milhares de documentos “secretos” roubados a seguradoras e agências do governo norte-americano que, segundo alegam, revelam “a verdade” sobre o 11 de setembro – a menos que sejam pagos (em bitcoin) para não o fazerem.

The Dark Overlord é um “grupo profissional de ameaças de adversários” conhecido pelos seus ataques informáticos à plataforma de streaming Netflix, a clínicas de cirurgia informática, bem como a outros alvos sensíveis.

Recentemente, o grupo partilhou um link para um arquivo criptografado de 10 GB, contendo, alegadamente, documentos relacionados com o litígio dos atentados do 11 de setembro. A organização ameaça divulgar as chaves de desencriptação caso os seus pedidos não sejam atendidos.

Através de um tweet, que foi entretanto apagado da rede social, o grupo de hackers alega que os documentos contam a verdadeira história do que aconteceu. “Vamos dar muitas respostas sobre as conspirações do 9/11 através da divulgação dos nossos 18 mil documentos secretos”.

Segundo noticia a Russia Today, o grupo publicou um teaser sobre os alegados documentos, que consistem em cartas, e-mails e outros documentos que mencionam escritórios de advocacia, a Administração de Segurança de Transportes e a Administração Federal de Aviação, com a promessa de que mais estará por vir.

O grupo alega ter “hackeado” não só documentos de grandes seguradoras globais como a Lloyds of London e a Hiscox, mas também da Silverstein Properties, proprietária do complexo World Trade Center, e de várias agências governamentais.

O material, que supostamente inclui documentos confidenciais do governo que deveriam ter sido ser destruídos, mas que foram retidos por firmas de advocacia, revela, supostamente, “a verdade sobre um dos incidentes mais reconhecidos na história recente e que é envolto em mistério com pouca transparência e poucas respostas”.

Qualquer pessoa que tenha medo de ser identificado nos alegados documentos, pode ver os seus nomes a serem retirados da documentação, caso paguem por isso, podia ainda ler-se no anúncio publicado nesta segunda-feira. Em igual sentido, também as “organizações terroristas” e os “estados-nação adversários dos Estados Unidos” têm também direto de retratar uma alegada menção, se pagarem por isso.

Também as seguradoras, escreveram os hackers, podem pagar um resgate ainda não especificado em bitcoin – ou, caso contrário, o grupo promete “enterrá-los” com os documentos.

Alguns dos documentos foram conseguidos através de um “hack” a um escritório de advocacia associado à Hiscox no passado abril. A empresa reconhece que podem ter sido expostos 1.500 dos seus detentores de apólices comerciais nos Estados Unidos. O Dark Overlord afirma que, enquanto o resgate relativo ao “hack” anterior foi pago, a vítima violou o “acordo” ao cooperarar com a aplicação da lei, necessitando de mais extorsão.

O grupo emergiu em 2016 invadir informação de centros médicos, anunciando que iria vender os dados roubados na dark web, forçando assim os visados a pagar pela sua remoção. O grupo conseguiu também divulgar uma temporada inteira da série Orange is the New Black da Netflix no ano passado.

ZAP // RT

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Hackers que pedem dinheiro para não revelar a verdade?!
    São mesmo de fiar…
    Eu proponho que lhes paguem precisamente para eles revelarem a tal “verdade”!!

  2. …ehehehehe, e ainda há idiotas que consideram a web segura e dependem e fazem depender dela 😉 Continuem a promover negócios online, homebanking, etc etc etc, pendurem-se na rede, não tarda o estrondo da queda será enorme.

    • Caro Sousa, continua a ir ao banco para levantar dinheiro? Vai às finanças pagar os impostos? Vai À EDP (ou congénere) pagar a conta da eletricidade? Vai à agência de viagens pagar bilhetes de avião ou autocarro? Paga o estacionamento com moedas? Vai à bilheteira comprar bilhetes para o cinema? Vai ao centro de saúde marcar uma consulta? Vai para a filas nas lojas para pagar? Eu não faço nada disto. Faço tudo na Internet. Sou mesmo um idiota pendurado na rede!

      • Caro eu (você), idiota sou eu que agora faço (quase) isso tudo que refere inicialmente, e com muito gosto. Uso a rede mas não sou um idiota dependente nem pendurado nela, pois sei que mais cedo ou mais tarde, iria cair. Já tive o meu cartão de crédito violado por hackers que me roubaram bastante dinheiro, e só eu sei a dificuldade que tive para ser ressarcido pelo banco dos respetivos valores. Por isso meu caro, se o site das Finanças, da Segurança Social, da EDP, dos Bancos, do Sapo, do OLX, etc, for “tomado” por hackers, é para o lado que melhor durmo. E pode ter a certeza, a atual dependência e subserviência relativamente à internet, infelizmente, trará dissabores. Trabalho num organismo público que paulatinamente se vai rendendo a essa obrigatoriedade e dependência,e só eu sei os constrangimentos diários que isso nos provoca, tanto internamente, como aos nossos utilizadores/clientes.

  3. Só quem tem menos de dois neurónios é que acredita na versão oficial…
    O 11 de Setembro vai ser o catalisador do despertar da ilusão de muita gente. Marquem as minhas palavras.

    • Sim, é inevitável, muita gente irá revoltar-se infelizmente… Quando se descobre que fazem coisas hediondas contra a Humanidade, é natural sentir revolta. Mas faz isso parte do Despertar.

  4. A verdade e esta: foi um atentado terrorista encomendado pelo presidente dos estados unidos jorge w. Bush para mudar a ordem mundial. E so para se ver o que os politicos sao capazes de fazer contra a sua propria populacao:

    POLITICA + RELIGIAO = DESGRACA HUMANA

  5. A partir do momento em que eles passao a estorquir se realmente isto acontecendo eles perdem credibilidade infelizmente perdendo a chance de trazer a tona muito esclarecimento, infelizmente a corrupicao se manifesta mais forte que a razao !

Responder a ah Cancelar resposta

Mortes causadas por agentes da polícia crescem 4,3% com Bolsonaro no poder

Agentes da polícia no Brasil causaram a morte de pelo menos 2.886 pessoas nos primeiros seis meses deste ano, mais 4,3% que os 2.766 registados no mesmo período do ano passado. Segundo um levantamento divulgado na …

Duarte Cordeiro, Alexandra Leitão e Ricardo Serrão Santos. Costa e Marcelo reunidos para falar sobre novo governo

O primeiro-ministro indigitado está esta tarde reunido com o Presidente da República, na habitual reunião semanal, que foi antecipada e que servirá para António Costa entregar a composição do novo governo a Marcelo Rebelo de …

FMI. Portugal vai crescer acima da zona euro em 2019 e 2020

Com a revisão em alta de 0,2 pontos percentuais para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, o FMI posiciona as suas previsões alinhadas com as do Governo, mas mantêm-se menos otimista para 2020 do …

Ex-diretora e delatora do caso Cambridge Analytica vai à Web Summit

Brittany Kaiser, ex-diretora e denunciante do caso Cambridge Analytica, vai participar nas conferências da Web Summit, que se realiza entre 4 e 7 de novembro, no Parque das Nações, em Lisboa. A estrela do documentário “Nada …

Comprar casa à distancia de um clique. Nova app já é uma das mais descarregadas

Uma nova aplicação para smartphone permite a procura, compra ou venda de imóveis de uma forma mais prática, facilitando o agendamento de visita às casas. A Century21 anunciou recentemente o lançamento de uma nova aplicação para …

Prédio de sete andares desaba no Brasil. Há um morto e várias vítimas nos destroços

Um edifício residencial de sete andares desabou, esta terça-feira de manhã, em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, provocando pelo menos um morto e vários feridos, segundo os bombeiros. Segundo fonte dos …

Já chegaram 138 mil votos dos emigrantes portugueses (mas nenhum da África do Sul)

Já chegaram 138 mil envelopes com votos dos emigrantes portugueses espalhados pelo mundo. Foram enviadas 1.464.709 cartas com um boletim de voto para 186 países nos primeiros dias de setembro. Porém, destes 138 mil boletins, nenhum …

"Portugal tem margem" para ter défice em caso de crise

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, diz que Portugal pode deixar o défice subir em caso de crise, mas avisa que é preciso cuidado para que a despesa não se torne permanente. Numa entrevista …

Rui Rio continua "em ponderação" e não anunciará qualquer decisão na quarta-feira

A Comissão Política Nacional do PSD vai reunir-se na próxima quarta-feira, mas o presidente do partido não falará ainda publicamente sobre o seu futuro político e continua “em ponderação”, disse à Lusa fonte oficial social-democrata. Segundo …

Ministério nega "situação anómala" de alunos ainda sem professores

Milhares de alunos continuam sem professores um mês depois de as aulas terem começado e o Ministério da Educação diz não ter sido informado de qualquer “situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes”. Ainda …