Todas as famílias de uma cidade francesa receberam um carro elétrico grátis (com uma condição)

A fabricante automóvel francesa Renault ofereceu um carro elétrico a todos os habitantes de uma cidade francesa. Porém, há uma condição.

A fabricante francesa Renault ofereceu concessões de três anos do seu novo Zoe EV a todas as famílias que vivem em Appy, uma cidade minúscula na região de Ariege, em França. Em troca, os residentes têm de manter a Renault atualizada sobre as suas impressões sobre o carro e sobre a propriedade de um veículo elétrico.

A campanha envolve menos carros do que se poderia pensar: em 2017, apenas 25 pessoas viviam em Appy.

De acordo com a Business Insider, a iniciativa vai ajudar a Renault a “entender a forma como os clientes interagem e usam veículos elétricos no dia-a-dia”.

A Renault também procura demonstrar que os veículos elétricos não são apenas para moradores de áreas urbanas e que o Zoe EV, com os seus 245 quilómetros de alcance, pode atender às necessidades das comunidades rurais tão bem como os carros movidos a gás tradicionais.

“Se os habitantes de uma das cidades mais isoladas do país puderem adotar um estilo de vida elétrico, isso provará que todos podem“, afirmou a Renault. “Isso também significa que os mitos sobre a compra e a operação de um carro elétrico podem ser dissipados de uma vez por todas”.

De acordo com vários estudos, as principais barreiras à adoção generalizada de carros elétricos foram a ansiedade do alcance e a escassez de estações de carregamento.

Para facilitar as coisas para os moradores de Appy, a fabricante francesa Renault vai montar uma estação de carregamento pública e vai fornecer a todas as famílias um carregador doméstico.

Europeus que não estão entre os cerca de 26 residentes de Appy ainda podem ter um carro elétrico da Renault gratuitamente – ou quase gratuitamente. Graças aos pesados subsídios do Governo alemão, os compradores podem obter um desconto de nove mil euros se adquirirem um veículo elétrico. Um incentivo semelhante de sete mil euros em França significa que os motoristas podem alugar um Zoe EV por 79 euros por mês.

Este é mais um sinal promissor de que a eliminação progressiva dos carros com motores de combustão interna está em andamento em todo o mundo. Vários países da Europa anunciaram planos de proibir carros a gasolina em favor de veículos elétricos em questão de décadas. As principais cidades europeis estão a liderar o processo, com proibições para veículos movidos a diesel em vigor até 2025.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lech Poznań 2 - 4 Benfica | Darwin e a teoria da vitória

Pela primeira vez na fase de grupos da Liga Europa, desde que a prova foi criada na época 2009/10, o Benfica iniciou da melhor forma o trajecto na competição, venceu em solo polaco o Lech …

Coimas do BdP a ex-administrador do Montepio prescritas pelo Tribunal da Concorrência

O Tribunal da Concorrência declarou na quarta-feira a prescrição das contraordenações imputadas pelo supervisor ao ex-administrador do Montepio Rui Amaral, num processo que já teve sentença anulada pelo Tribunal da Relação e que tem novo …

Airbus testa novo avião que bate a ponta das asas (e pode diminuir a turbulência)

O último teste de voo realizado pelo AlbatrossOne, da multinacional Airbus, veio provar que o "bater da ponta das asas" pode melhorar o desempenho da aeronave. Além disso, o avião atingiu agora uma nova meta …

Caso Marega: três jogos à porta fechada para o Vitória

Decisão conhecida oito meses depois do jogo em Guimarães. Punição será aplicada quando os adeptos voltarem aos estádios. O jogo foi disputado no dia 16 de fevereiro, a decisão chegou no dia 20 de outubro: o …

Mais de 70% dos norte-americanos teme tumultos e violência após as eleições

Quase três quartos (72%) dos norte-americanos estão preocupados com tumultos ou episódios de violência após as eleições presidenciais, agendadas para novembro, revela um nova sondagem. Os números são de uma pesquisa de opinião divulgada esta …

Governo adequa cálculo do subsídio de desemprego à redução do período de descontos

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o diploma que adequa a fórmula de cálculo do subsídio de desemprego tendo em conta a redução do prazo de garantia no acesso a este apoio prevista no …

Apps de rastreio: não há evidências que estejam a ajudar a travar a covid-19

Em Portugal, a aplicação de rastreio de contactos StayAway Covid não está a ser bem recebida, com muitos a temerem a sua ineficácia e problemas relacionados com a privacidade. Durante a primeira vaga de covid-19, investigadores …

"O tempo das autoestradas terminou", diz Pedro Nuno Santos

O ministro das Infraestruturas defendeu esta quinta-feira, durante a apresentação do Programa Nacional de Investimentos 2030, que a aposta dos “sucessivos” governos na rodovia reflete-se na condição atual da rede ferroviária. “Não temos um grande histórico …

Arcebispo russo considerado "sexista do ano" morre durante reabilitação do coronavírus

O arcebispo russo Dimitry Smirnov, conhecido por fazer comentários controversos sobre mulheres, morreu aos 69 anos durante a reabilitação do coronavírus, anunciou um porta-voz da Igreja Ortodoxa Russa na quarta-feira. No início de 2020, Dimitry Smirnov foi …

Será necessária declaração para deslocações entre concelhos

O Governo esclareceu que quem precisar de se deslocar entre 30 de outubro e 3 de novembro, quando estará proibida a circulação entre concelhos, necessita de uma declaração, sendo as exceções as mesmas que foram …