Todas as famílias de uma cidade francesa receberam um carro elétrico grátis (com uma condição)

A fabricante automóvel francesa Renault ofereceu um carro elétrico a todos os habitantes de uma cidade francesa. Porém, há uma condição.

A fabricante francesa Renault ofereceu concessões de três anos do seu novo Zoe EV a todas as famílias que vivem em Appy, uma cidade minúscula na região de Ariege, em França. Em troca, os residentes têm de manter a Renault atualizada sobre as suas impressões sobre o carro e sobre a propriedade de um veículo elétrico.

A campanha envolve menos carros do que se poderia pensar: em 2017, apenas 25 pessoas viviam em Appy.

De acordo com a Business Insider, a iniciativa vai ajudar a Renault a “entender a forma como os clientes interagem e usam veículos elétricos no dia-a-dia”.

A Renault também procura demonstrar que os veículos elétricos não são apenas para moradores de áreas urbanas e que o Zoe EV, com os seus 245 quilómetros de alcance, pode atender às necessidades das comunidades rurais tão bem como os carros movidos a gás tradicionais.

“Se os habitantes de uma das cidades mais isoladas do país puderem adotar um estilo de vida elétrico, isso provará que todos podem“, afirmou a Renault. “Isso também significa que os mitos sobre a compra e a operação de um carro elétrico podem ser dissipados de uma vez por todas”.

De acordo com vários estudos, as principais barreiras à adoção generalizada de carros elétricos foram a ansiedade do alcance e a escassez de estações de carregamento.

Para facilitar as coisas para os moradores de Appy, a fabricante francesa Renault vai montar uma estação de carregamento pública e vai fornecer a todas as famílias um carregador doméstico.

Europeus que não estão entre os cerca de 26 residentes de Appy ainda podem ter um carro elétrico da Renault gratuitamente – ou quase gratuitamente. Graças aos pesados subsídios do Governo alemão, os compradores podem obter um desconto de nove mil euros se adquirirem um veículo elétrico. Um incentivo semelhante de sete mil euros em França significa que os motoristas podem alugar um Zoe EV por 79 euros por mês.

Este é mais um sinal promissor de que a eliminação progressiva dos carros com motores de combustão interna está em andamento em todo o mundo. Vários países da Europa anunciaram planos de proibir carros a gasolina em favor de veículos elétricos em questão de décadas. As principais cidades europeis estão a liderar o processo, com proibições para veículos movidos a diesel em vigor até 2025.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …

Fair-play financeiro. UEFA mantém restrições ao FC Porto

A UEFA informou, esta sexta-feira, que o FC Porto "cumpriu parcialmente as metas estabelecidas para a época 2019/20" a nível do fair-play financeiro e que vai manter as restrições impostas ao clube azul e branco. "O …