Há mais sete arguidos no processo judicial de Pedrógão Grande

António Cotrim / Lusa

Pelo menos mais sete pessoas vão ser constituídas arguidas no processo judicial relativo aos incêndios de Pedrógão. Nos novos arguidos figuram três autarcas dos concelhos afetados.

O processo judicial relativo aos incêndio de Pedrógão Grande vão contar com mais sete arguidos, conta a SIC. Desta nova lista, três são os presidentes da Câmara dos concelhos afetados pelas chamas – Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera – a 17 de junho de 2017 e que vitimaram mortalmente 64 pessoas.

Os sete arguidos são suspeitos de homicídio por negligência, assim como ofensas à integridade física, também por negligência.

Segundo o mesmo canal de televisão, a investigação ao incêndio foi dada como concluída e na origem do incêndio terá estado uma descarga elétrica.

A lista de arguidos conta então com nove nomes.

Dois altos dirigentes da Proteção Civil, a EDP e a Ascendi também serão constituídos arguidos e juntam-se ao segundo CDOS de Leiria, e ao comandante dos Bombeiros de Pedrógão – perfazendo então os nove arguidos – que tinham, já anteriormente, sido indiciados pelos crimes acima referidos.

As notificações já terão saído do tribunal. Agora é uma questão de tempo até que os arguidos as recebam.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. E o principal criminoso nao vai ser constituido arguido? Costa só fez asneiras, desde a compra dos helicópteros Kamov e a adjudicação do SIRESP, à reforma e criação da Protecção Civil e ao fim dos guardas florestais quando era ministro da Administração Interna, há 12 anos atrás, até à sucessão de erros de palmatória de Junho para cá. E a sua inabilidade é flagrante; veja-se os casos da demissão da Ministra da Administração Interna, do jantar no Panteão, passando pelo Infarmed e pelos ‘Focus Group’, pior é difícil… (PI)

  2. Ainda estou para saber… Para quando os proprietários que têm terrenos florestais e não cumprem as regras da limpeza, são constituídos arguidos de crimes de negligência. Para quando é que o Estado tem coragem de meter na jaula os cidadãos que fazem queimadas no período em que estas são proibidas. Atenção, não olhem para estas pessoas como coitadinhos. Ser proprietário de terrenos com árvores que lá foram plantadas para serem cortadas e obter rendimentos não é um coitadinho! Eu moro em cidade e há coisas que não posso fazer numa cidade. Quem vive no campo sabe que coisas não pode fazer no campo.

    • Desculpe Hugo, mas está a falar do proprietário do pinhal de Leiria? Ou será do proprietário dos inúmeros baldios que arderam? Talvez o pseudo-problema da limpeza não seja assim tão importante…

      • Boa tarde, tem razão caro Rui, as limpezas não são o principal problema, até porque nem sei se existe um principal problema ou… é tudo um conjunto de pequenos problemas que no conjunto de serem tantos apesar de pequenos, resultam num grande problema para resolver. Assim a juntar a esse pequeno problema que é ninguém querer saber de cumprir as leis, e não fazerem limpezas, fazerem queimadas fora de época, também temos o facto de haver eucaliptos por todo o território quando a árvore não é apropriada, não devia ser plantada em Portugal, muito menos na quantidade que se vê, também porque o que se planta é sem regra, sem corredores livres, junto a casas, etc, também que os contratos com privados para manutenção de equipamentos, venda, fornecimento e outros serviços de aluguer ou consultoria, propiciam a que haja fogo posto, também que se coloquem amigos nos lugares e posições de responsabilidade nas instituições de protecção ou combate a incêndios e isso não é a melhor opção, aquela que melhor serve… e tantos outros pequenos problemas, senhor Rui, que admito serem pequenos, são é muitos, que contribuem para este grande problema que urge ser resolvido. Todavia isto é só uma observação de quem, não sendo entendido, não se considera habilitado, admito, para apresentar soluções.

  3. Haverá alguma razão especial para, no texto da notícia, só serem nomeados dois arguidos? Os outros não têm nome? Ou estes dois não têm direito ao mesmo recato e consideração que os outros têm?

RESPONDER

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …