Há mais sete arguidos no processo judicial de Pedrógão Grande

António Cotrim / Lusa

Pelo menos mais sete pessoas vão ser constituídas arguidas no processo judicial relativo aos incêndios de Pedrógão. Nos novos arguidos figuram três autarcas dos concelhos afetados.

O processo judicial relativo aos incêndio de Pedrógão Grande vão contar com mais sete arguidos, conta a SIC. Desta nova lista, três são os presidentes da Câmara dos concelhos afetados pelas chamas – Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera – a 17 de junho de 2017 e que vitimaram mortalmente 64 pessoas.

Os sete arguidos são suspeitos de homicídio por negligência, assim como ofensas à integridade física, também por negligência.

Segundo o mesmo canal de televisão, a investigação ao incêndio foi dada como concluída e na origem do incêndio terá estado uma descarga elétrica.

A lista de arguidos conta então com nove nomes.

Dois altos dirigentes da Proteção Civil, a EDP e a Ascendi também serão constituídos arguidos e juntam-se ao segundo CDOS de Leiria, e ao comandante dos Bombeiros de Pedrógão – perfazendo então os nove arguidos – que tinham, já anteriormente, sido indiciados pelos crimes acima referidos.

As notificações já terão saído do tribunal. Agora é uma questão de tempo até que os arguidos as recebam.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. E o principal criminoso nao vai ser constituido arguido? Costa só fez asneiras, desde a compra dos helicópteros Kamov e a adjudicação do SIRESP, à reforma e criação da Protecção Civil e ao fim dos guardas florestais quando era ministro da Administração Interna, há 12 anos atrás, até à sucessão de erros de palmatória de Junho para cá. E a sua inabilidade é flagrante; veja-se os casos da demissão da Ministra da Administração Interna, do jantar no Panteão, passando pelo Infarmed e pelos ‘Focus Group’, pior é difícil… (PI)

  2. Ainda estou para saber… Para quando os proprietários que têm terrenos florestais e não cumprem as regras da limpeza, são constituídos arguidos de crimes de negligência. Para quando é que o Estado tem coragem de meter na jaula os cidadãos que fazem queimadas no período em que estas são proibidas. Atenção, não olhem para estas pessoas como coitadinhos. Ser proprietário de terrenos com árvores que lá foram plantadas para serem cortadas e obter rendimentos não é um coitadinho! Eu moro em cidade e há coisas que não posso fazer numa cidade. Quem vive no campo sabe que coisas não pode fazer no campo.

    • Desculpe Hugo, mas está a falar do proprietário do pinhal de Leiria? Ou será do proprietário dos inúmeros baldios que arderam? Talvez o pseudo-problema da limpeza não seja assim tão importante…

      • Boa tarde, tem razão caro Rui, as limpezas não são o principal problema, até porque nem sei se existe um principal problema ou… é tudo um conjunto de pequenos problemas que no conjunto de serem tantos apesar de pequenos, resultam num grande problema para resolver. Assim a juntar a esse pequeno problema que é ninguém querer saber de cumprir as leis, e não fazerem limpezas, fazerem queimadas fora de época, também temos o facto de haver eucaliptos por todo o território quando a árvore não é apropriada, não devia ser plantada em Portugal, muito menos na quantidade que se vê, também porque o que se planta é sem regra, sem corredores livres, junto a casas, etc, também que os contratos com privados para manutenção de equipamentos, venda, fornecimento e outros serviços de aluguer ou consultoria, propiciam a que haja fogo posto, também que se coloquem amigos nos lugares e posições de responsabilidade nas instituições de protecção ou combate a incêndios e isso não é a melhor opção, aquela que melhor serve… e tantos outros pequenos problemas, senhor Rui, que admito serem pequenos, são é muitos, que contribuem para este grande problema que urge ser resolvido. Todavia isto é só uma observação de quem, não sendo entendido, não se considera habilitado, admito, para apresentar soluções.

  3. Haverá alguma razão especial para, no texto da notícia, só serem nomeados dois arguidos? Os outros não têm nome? Ou estes dois não têm direito ao mesmo recato e consideração que os outros têm?

RESPONDER

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …

"A bola apenas bateu no peito". VAR admite erro no penálti do Portimonense-FC Porto

O vídeo-arbitro do encontro entre Portimonense e FC Porto, Vasco Santos, admitiu esta quarta-feira que não existiu razão para assinalar grande penalidade a favor do clube portista. "No momento em que o árbitro apita fiquei com …

Na Índia, usar cigarros eletrónicos já pode dar prisão

O Governo indiano anunciou esta quinta-feira a proibição de cigarros eletrónicos no país, de 1,3 mil milhões de pessoas, numa ação que pretende ser a favor da saúde e contra os vícios. "A decisão foi tomada …

Iñaki Urdangarín pode sair da prisão dois dias por semana

Detido na cadeia de Brieva, Ávila, há 15 meses, Iñaki Urdangarín, cunhado do rei de Espanha, soube esta terça-feira que poderá sair da prisão duas vezes por semana para fazer voluntariado numa instituição que ajuda …

Criança com anemia aplástica grave submetida a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …