Há 50 anos, uma baleia explodiu numa praia (e essa história pode ajudar a combater o coronavírus)

Doncaster Council / Twitter

No condado de Doncaster, no Reino Unido, as autoridades querem chamar a atenção da população para que cumpra as normas de saúde, de forma a impedir a propagação do novo coronavírus.

De acordo com o jornal britânico Evening Standard, as autoridades procuravam uma forma criativa de destacar a importância de seguir as regras.

As autoridades decidiram recorrer ao Twitter e usar como exemplo um evento que ocorreu em novembro de 1970 numa praia em Oregon, nos Estados Unidos, quando as autoridades locais decidiram fazer explodir o cadáver de uma baleia de mais de 13 metros.

Inicialmente, houve um debate na comunidade sobre o que fazer com os restos mortais do enorme mamífero. Uma das soluções era deixá-lo a decompor-se, tentar cortá-lo e depois enterrá-lo, ou fazê-lo explodir com dinamite e esperar que os pássaros comessem as sobras.

Porém, as autoridades decidiram fazer explodir o cetáceo. Um dos especialistas, o engenheiro responsável pela operação, afirmou que “não tinha certeza da quantidade de dinamite necessária para destruir a baleia”, por isso decidiu usar meia tonelada.

A notícia chegou a um ex-membro das Forças Armadas, que alertou as autoridades que essa quantidade de dinamite era excessiva e que apenas alguns cartuchos seriam suficientes.

No entanto, o alerta foi ignorado pela equipa responsável pela operação e, diante de uma multidão de curiosos, o maior mamífero do mundo foi atingido com meia tonelada de dinamite.

Porém, o aviso do ex-militar estava correto. A enorme explosão causou pânico entre os participantes, que corriam entre as partes do cetáceo que voavam em todas as direções.

O problema não terminou aí. A parte principal da baleia permaneceu no local, enquanto milhares de pedaços foram espalhados a quilómetros do sítio da explosão.

Segundo as autoridades de Doncaster, a história deixa três ensinamentos: não ignorar os conselhos de especialistas; por vezes, é melhor ficar em casa; e, quando se ignora um conselho, mais pessoas são afetadas pelas ações erradas.

O Reino Unido tem mais de 55 mil casos de infeção por coronavírus e mais de seis mil britânicos morreram com a doença.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …