Há 50 anos, uma baleia explodiu numa praia (e essa história pode ajudar a combater o coronavírus)

Doncaster Council / Twitter

No condado de Doncaster, no Reino Unido, as autoridades querem chamar a atenção da população para que cumpra as normas de saúde, de forma a impedir a propagação do novo coronavírus.

De acordo com o jornal britânico Evening Standard, as autoridades procuravam uma forma criativa de destacar a importância de seguir as regras.

As autoridades decidiram recorrer ao Twitter e usar como exemplo um evento que ocorreu em novembro de 1970 numa praia em Oregon, nos Estados Unidos, quando as autoridades locais decidiram fazer explodir o cadáver de uma baleia de mais de 13 metros.

Inicialmente, houve um debate na comunidade sobre o que fazer com os restos mortais do enorme mamífero. Uma das soluções era deixá-lo a decompor-se, tentar cortá-lo e depois enterrá-lo, ou fazê-lo explodir com dinamite e esperar que os pássaros comessem as sobras.

Porém, as autoridades decidiram fazer explodir o cetáceo. Um dos especialistas, o engenheiro responsável pela operação, afirmou que “não tinha certeza da quantidade de dinamite necessária para destruir a baleia”, por isso decidiu usar meia tonelada.

A notícia chegou a um ex-membro das Forças Armadas, que alertou as autoridades que essa quantidade de dinamite era excessiva e que apenas alguns cartuchos seriam suficientes.

No entanto, o alerta foi ignorado pela equipa responsável pela operação e, diante de uma multidão de curiosos, o maior mamífero do mundo foi atingido com meia tonelada de dinamite.

Porém, o aviso do ex-militar estava correto. A enorme explosão causou pânico entre os participantes, que corriam entre as partes do cetáceo que voavam em todas as direções.

O problema não terminou aí. A parte principal da baleia permaneceu no local, enquanto milhares de pedaços foram espalhados a quilómetros do sítio da explosão.

Segundo as autoridades de Doncaster, a história deixa três ensinamentos: não ignorar os conselhos de especialistas; por vezes, é melhor ficar em casa; e, quando se ignora um conselho, mais pessoas são afetadas pelas ações erradas.

O Reino Unido tem mais de 55 mil casos de infeção por coronavírus e mais de seis mil britânicos morreram com a doença.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nao penses e obedece sem questionar.

    O que aconteceu foi que uma equipa de especialistas ignorou outra equipa de especialistas.

RESPONDER

Governo dá 19,8 milhões às escolas para testes rápidos. Ensino privado também quer

O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução que permite às escolas e ao setor solidário efetuar despesa na realização de testes rápidos de antigénio à covid-19, num montante global de 19,8 milhões de …

Afinal, abandonar Montijo não obriga a indemnizar ANA (e há quem defenda opção Beja)

A alteração do local do novo aeroporto na sequência da avaliação ambiental estratégica não obriga ao pagamento de qualquer indemnização à ANA. De acordo com o esclarecimento do Ministério das Infraestruturas, uma eventual alteração do local …

Descoberta nova relação entre a biodiversidade dos animais e das florestas

Uma análise ao registo de imagens de 15 reservas de vida selvagem em florestas tropicais revelou uma relação até então desconhecida entre a biodiversidade de vários mamíferos e as florestas em que vivem. As florestas tropicais …

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas, este domingo, num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades. De acordo com dados do Ministério da …

Marques Mendes antecipa desconfinamento a 15 de março. Creches e 1º ciclo são os primeiros a abrir

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes revelou, este domingo, que as creches, pré-escolar e 1º ciclo deverão abrir já a 15 de março. Segundo o comentador, o plano que vai ser …

Olivier Dassault, deputado bilionário francês, morre em acidente de helicóptero

O deputado francês Olivier Dassault, neto do fundador da Dassault Aviation, morreu este domingo, aos 69 anos, num acidente de helicóptero, no nordeste de França, avança a Agência France-Press (AFP). O acidente aconteceu este domingo perto …

Teoria ensinada na escola pode estar errada. Há um "núcleo mais interno" no centro da Terra

Uma equipa de investigadores da Universidade Nacional da Austrália confirmou, rastreando milhares de modelos numéricos, a existência do "núcleo mais interno" nas profundezas da Terra.  Na escola, os estudantes costumam aprender que o planeta Terra é …

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …