Nova adversária de Guterres “entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona” na ONU

EU2016NL / Flickr

Kristalina Georgieva, comissária europeia para o Orçamento e Recursos Humanos

Kristalina Georgieva, comissária europeia para o Orçamento e Recursos Humanos

A Bulgária mudou a sua candidata ao cargo de secretário-geral da ONU, substituindo Irina Bokova por Kristalina Georgieva, anunciou o primeiro-ministro do país, citado pela AFP. Marcelo Rebelo de Sousa considera que a candidata entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona.

Kristalina Georgieva, candidata apoiada pela chanceler alemã, Angela Merkel, é considerada a mais difícil adversária do ex-primeiro-ministro português António Guterres na corrida à liderança das Nações Unidas.

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro búlgaro Boiko Borissov hoje em Sofia.

“Nós acreditamos que é uma candidatura de sucesso”, disse o chefe do governo de centro-direita aos jornalistas na capital búlgara referindo-se à atual comissária europeia para o Orçamento e Recursos Humanos.

Kristalina Georgieva foi comissária europeia para a Cooperação Internacional, Ajuda Humanitária e Resposta à Crise, entre 2010 e 2014, e pertence ao partido conservador Cidadãos pelo Desenvolvimento Europeu da Bulgária, ligado ao Partido Popular Europeu (ao qual pertencem PSD e CDS).

O nome de Irina Bokova tinha sido proposto pelos socialistas da Bulgária.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, comparou a candidatura de Kristalina Georgieva às Nações Unidas a um concorrente que entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona, sublinhando que António Guterres é um “maratonista natural”.

“Por princípio, Portugal respeita e saúda todas as candidaturas. No entanto, tive aquela sensação de estar a ser corrida uma maratona e de repente aparecer um concorrente que entra nos últimos 100 metros para tentar ganhar a maratona“, afirmou o chefe de Estado em declarações aos jornalistas à saída do congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações, que decorre em Lisboa.

O Governo português, por seu lado, disse ver “com serenidade” a entrada de Kristalina Georgieva na corrida à liderança das Nações Unidas, hoje anunciada pela Bulgária, reiterando o valor da candidatura de António Guterres, que foi “transparente e a tempo”.

Em declarações à TSF, Augusto Santos Silva lembra que esta é apenas mais uma candidatura e não acredita que vá tornar “mais difícil” o processo avançado por Portugal.

“Apresentámos a candidatura do engenheiro António Guterres no fim do mês de fevereiro. Fizemo-lo a tempo, com toda a transparência e de forma a que António Guterres fosse sujeito a todas as provas e passos que o processo de seleção a secretário-geral das Nações Unidas hoje exige”, algo que considerou ser “um comportamento exemplar”, afirmou ainda o ministro dos Negócios Estrangeiros.

AF, ZAP / Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Está tudo podre. Só jogos de bastidores.
    O Centro-Direita não quer perder o comando da “Europa” com a porca do costume a comandar…

    • Sem duvida. É uma autentica vergonha e revela bem os jogos de bastidores.
      É uma vigarice pegada e só mesmo compreensível na lógica que referiu, e bem.
      Não faz qualquer sentido, nem devia ser autorizado, esta senhora entrar na corrida, nesta altura do “campeonato”. É um tratamento desigual face a todos os outros candidatos.
      Quanto a Guterres, espero que ganhe, não apenas por ser português. Trata-se de uma pessoa extremamente humana, condição fundamental para organizações deste tipo, que lidam com a miséria, a falta de dignidade e a desumanização cada vez maior no Mundo. Trata-se ainda dum homem honesto, sério, de quem nunca se ouviu falar em trafulhices, contraraiamente a muitos outros que têm passado pela politica.
      A mim interessam-me dados oficiais, os do INE. Conversa de chácha há muita, geralmente oriunda daqueles que não são da côr politica dele ( a clubite ás vezes tem destas coisas e, provavelmente alguns até acham que Durão Barroso foi um grande presidente da comissão europeia, só porque é da cor), mas enfim.

    • Seria melhor para Portugal, Europa e restante mundo que Guterres fosse afastado. Guterres é um brinde para o Daesh, que tem na invasão dos refugiados islâmicos uma forma de introduzir os seus operacionais nos países “infiéis”.
      Guterres é um fraco em liderança e um incompetente em gestão e … contas. “…é só fazer a conta ! ”
      Ser português, não é argumento suficiente para todos lhe colocar-mos a mão debaixo.
      Guterres é um socialista terceiro-mundista. Não é um líder realista e pragmático.
      Espero que fique em 2º lugar !

  2. Mais uma vez a direita bafienta que controla a UE com os desastrosos resultados que estão á vista tenta á revelia das boas práticas e regras de conduta que devem ser observadas por pessoas de bem, tenta afastar um candidato que cumpriu todos o requesitos, mesmo informais, normais neste tipo de assunto, propondo uma candidata tirada da cartola na ultima fase do processo.
    Uma vergonha.

Responder a joao Cancelar resposta

Ucrânia insiste na entrega das caixas negras do avião abatido pelo Irão

Kiev vai insistir para que Teerão lhe entregue as caixas negras do avião abatido pelo Irão em negociações, esta segunda-feira, com um ministro iraniano em visita à Ucrânia. O ministro dos Transportes iraniano, Mohammad Eslami, chegou …

Mota Soares. CDS tem de dialogar preferencialmente com o PSD

Pedro Mota Soares acredita que é do melhor interesse do CDS estabelecer diálogo com o PSD. Além disso, considera que o partido não deve permitir que seja eleito um Chefe de Estado mais à esquerda.  O …

Sporting chega a acordo para contratação de Sporar

O Sporting chegou a acordo com os eslovacos do Slovan Bratislava para a contratação do avançado esloveno Andraz Sporar, disse à Lusa fonte oficial dos leões. Andraz Sporar, de 25 anos, vai assinar um contrato até …

Aumentos da Função Pública acima dos 0,3% deverão ser nominais

Os aumentos que estão a ser estudados pelo Governo deverão ser nominais e contemplar as duas categorias remuneratórias mais baixas: os assistentes operacionais e os assistentes técnicos. Na semana passada, a ministra da Modernização do Estado e …

PSD de Loures pede demissão de Marta Temido por causa da não renovação de PPP

O PSD de Loures pediu, este domingo, a demissão da ministra da Saúde, num comunicado em que manifesta "profunda preocupação" com a não renovação da parceria público-privada (PPP) no Hospital Beatriz Ângelo. Para a concelhia do …

Ex-bombeiro e ex-militar entre os detidos pela morte de Giovani

Um ex-bombeiro e um ex-militar estão entre os cinco suspeitos que se encontram em prisão preventiva, acusados da morte do cabo-verdiano Luís Giovani Rodrigues. São todos naturais de Bragança, têm entre 22 e 35 anos …

Dois mil bilionários têm mais riqueza do que 60% do resto do mundo

Os 2.153 bilionários do mundo tinham em 2019 mais riqueza do que 4,6 mil milhões de pessoas, 60% da população mundial, alerta esta segunda-feira a Oxfam, segundo a qual a desigualdade económica e de género …

Liverpool vence Manchester United e vê o título cada vez mais perto

O Liverpool continua imparável na rota do título de campeão que lhe foge há três décadas, depois de ter vencido por 2-0 na receção ao Manchester United, este domingo, em jogo da 23.ª jornada da …

Novo mapa das freguesias na gaveta do Governo há dois anos

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, voltou a garantir, na passada sexta-feira, que o Governo quer reverter a fusão de algumas das 1168 freguesias que se extinguiram em 2013. …

Juventus reforça liderança em Itália com bis de Ronaldo

Dois golos de Cristiano Ronaldo deram a vitória à Juventus, este domingo, na receção ao Parma (2-1), na 20.ª jornada da Liga italiana, com os campeões em título a reforçarem a liderança no campeonato. Frente à …