Grupo pró-democracia propõe-se ocupar centro financeiro de Hong Kong

PeterThoeny / Flickr

O velho encontra o novo na baía de Hong Kong

O velho encontra o novo na baía de Hong Kong

Um grupo pró-democracia decidiu este domingo, após votação, assumir o controlo do centro financeiro de Hong Kong, depois de Pequim insistir na nomeação dos candidatos a líderes da região administrativa chinesa através de um comité especial.

O grupo, denominado Occupy Central with Love and Peace, (ocupar o centro com paz e amor), declarou que a decisão, por parte da China, de nomear os candidatos, retirou a esperança de se chegar a qualquer compromisso entre os activistas pró-democracia e as autoridades de Pequim.

“Lamentamos dizer que hoje todas as hipóteses de diálogo foram esgotadas e a ocupação do centro financeiro vai mesmo acontecer“, declarou o grupo num comunicado enviado por correio electrónico, mas sem especificar quando iria acontecer essa ocupação.

O chefe-executivo de Hong Kong será eleito em 2017 por sufrágio directo, pela primeira vez, mas os candidatos terão de ser nomeados por um “comité largamente representativo” do território, anunciou hoje a Assembleia Nacional Popular chinesa.

O modelo, contestado pelos partidos pró-democráticos de Hong Kong, que o consideram “uma limitação à verdadeira democracia”, foi aprovado em Pequim pelo Comité Permanente da Assembleia Nacional Popular da China, o “supremo órgão do poder de Estado” no país.

oclp.hk

Chu Yiu-ming , Benny Tai Yiu-ting , Chan Kin-man, da Occupy Central with Love and Peace, apresentam o seu Manifesto

Hong Kong, antigo protectorado britânico durante o século XX, foi integrada na República Popular da China em Julho de 1997, com o estatuto de Região Administrativa Especial e segundo a fórmula “um país, dois sistemas“, adoptada também em Macau em 1999, que garante às respectivas populações liberdades de expressão e organização políticas desconhecidas no resto do país.

Até agora, o chefe-executivo de Hong Kong tem sido eleito por um Comité de 1.200 membros seleccionados entre os chamados “quatro sectores” do território, nomeadamente líderes empresariais e delegados aos órgãos do poder central, em Pequim.

Considerada uma das economias mais livres do mundo, Hong Kong tem cerca de 7,2 milhões de habitantes, 72% dos quais com menos de 55 anos, e um Produto Interno Bruto per capita que ronda os 33.500 dólares (cerca de 25.500 euros), cinco vezes superior ao da China continental.

Excepto nas áreas da defesa e das relações externas, que são da competência do governo central, Hong Kong goza de “um alto grau de autonomia” e é “governada por pessoas” do território.

Mas como advertiu na sexta-feira passada um jornal do Partido Comunista Chinês (PCC), a China “não permitirá” que aquela Região Administrativa Especial do país seja governada por “uma personalidade anti-Pequim”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …

Portugueses que ganham até 660 euros mensais podem ficar isentos de IRS em 2020

Os portugueses que auferem até 660 euros mensais, num total de 14 meses, alcançando um máximo anual de 9.224,2 euros podem ficar isentos de IRS em 2020, avança o Jornal de Negócios. De acordo com o …

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …