Ajuda humanitária em risco. Governo da Venezuela encerra parcialmente fronteira com a Colômbia

Cristian Hernandez / Lusa

O Governo da Venezuela vai encerrar parcialmente a fronteira com a Colômbia perante “as ameaças” contra a sua soberania, a poucas horas da esperada entrada de ajuda humanitária internacional através da cidade de Cúcuta.

Numa publicação divulgada na rede social Twitter, na sexta-feira (madrugada deste sábado, em Lisboa), a vice-Presidente venezuelana, Delcy Rodríguez, afirmou que o Governo vai “fechar temporariamente” as pontes Simón Bolívar, Santander e Unión.

A medida surge depois do Presidente, Nicolás Maduro, ter encerrado a fronteira com o Brasil, onde, no mesmo dia, confrontos entre o exército e uma comunidade indígena deixaram pelo menos dois mortos.

A entrada de ajuda humanitária, especialmente os bens fornecidos pelos Estados Unidos, no território venezuelano tem sido um dos temas centrais nos últimos dias do braço-de-ferro entre o autoproclamado Presidente interino, Juan Guaidó, e Nicolás Maduro.

O Governo venezuelano tem insistido em negar a existência de uma crise humanitária no país, afirmação que contradiz os mais recentes dados das Nações Unidas, que estimam que o número atual de refugiados e migrantes da Venezuela em todo o mundo situa-se nos 3,4 milhões. Maduro encara a entrada desta ajuda humanitária como o início de uma intervenção militar por parte dos norte-americanos e tem justificado a escassez com as sanções aplicadas por Washington.

Washington condena uso de força contra civis

A Casa Branca condenou o exército venezuelano pelo “uso da força” contra civis, depois de confrontos no sul da Venezuela, na fronteira com o Brasil. “Os Estados Unidos condenam veementemente o uso da força pelo exército venezuelano contra civis desarmados, voluntários e inocentes na fronteira da Venezuela com o Brasil”, lê-se num comunicado.

“Os Estados Unidos convocam o exército venezuelano a respeitar o seu dever constitucional de proteger os cidadãos da Venezuela. O exército deve permitir que a ajuda humanitária entre pacificamente no país”, sublinhou a Casa Branca.

Na sexta-feira, duas pessoas foram mortas e outras 15 ficaram feridas em confrontos com o exército no sudeste da Venezuela, na fronteira com o Brasil, enquanto tentavam impedir que militares bloqueassem a entrada de ajuda humanitária.

O ministro dos Negócios Estrangeiros venezuelano, Jorge Arreaza, rejeitou, no mesmo dia, que o Exército esteja ligado aos acontecimentos. “O que aconteceu nada tem a ver com as versões divulgadas (…) É fácil, se há mortos na Venezuela, perto da fronteira, dizer que foi o Exército venezuelano, que foi (Nicolás) Maduro que mandou matar o povo”, disse, em Nova Iorque, na sede das Nações Unidas (ONU).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …