Governo vai continuar a reduzir Função Pública

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa e Mário Centeno, ministro das Finanças

O Governo continua a controlar a admissão de funcionários públicos e só em 2020 será admitida uma entrada por cada saída.

Foi esta uma das medidas avançadas esta quinta-feira pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, depois da reunião do Conselho de Ministros para aprovar o Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas.

O Governo vai manter assim um controlo apertado na entrada de funcionários para o setor público, pelo menos até 2019, avança o Diário de Notícias.

Ainda este ano e também em 2017 vai manter-se a regra do “dois por um”, que consiste em permitir a entrada de um funcionário por cada dois que saiam do setor.

Nos anos seguintes, a ideia é que a situação seja ajustada de forma a que, em 2020, se possa estabilizar os recursos humanos da Função Pública, permitindo uma entrada por uma saída.

Desta forma, de acordo com o DN, o previsto é que em 2018 se verifiquem três entradas por quatro saídas e quatro entradas por cinco saídas em 2019.

Durante o encontro com os jornalistas, o ministro reafirmou ainda que o descongelamento das carreiras só acontecerá a partir de 2018, tal como já estava previsto no Orçamento do Estado.

Centeno deixou claro que não está nos planos do Governo fazer aquilo a que se classifica de “austeridade” e, por isso, garantiu que não vai haver “cortes salariais, aumento de impostos diretos sobre os rendimentos do trabalho e das empresas, aumento do IVA ou cortes nas pensões”.

O governante também assegurou que não pretende “qualquer revisão da Lei de Bases da Segurança Social” nem “qualquer alteração ao sistema de subsídios de desemprego”.

O Programa de Estabilidade e o Programa Nacional de Reformas vão ser discutidos no Parlamento no próximo dia 27 e não há intenção governamental para que os dois documentos sejam votados.

O próximo passo será enviá-los para Bruxelas, antes de serem discutidos com os parceiros sociais, uma fase que o ministro acredita que vai ser bem sucedida.

De acordo com o diário, Centeno considera que os primeiros meses de rigorosa execução orçamental vão funcionar como “um cartão de visita” e que todo o programa assenta num cenário “prudente”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Anthony Fauci prevê "explosão" de casos nos EUA após Dia de Ação de Graças

O epidemiologista norte-americano Anthony Fauci alertou este domingo para um forte aumento do número de contaminações por covid-19, após o feriado de Ação de Graças, marcado pelo movimento de milhões de pessoas em todo o …

Irão diz que cientista nuclear foi assassinado remotamente por Israel

O Irão despediu-se hoje, com um funeral digno dos maiores "mártires" do país, do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que segundo um responsável iraniano foi assassinado remotamente por Israel com recurso a "aparelhos eletrónicos". Mohsen Fakhrizadeh, que segundo …

Trump insiste em rejeitar vitória de Biden. Bolsonaro diz que tem "informações" sobre "fraude"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse este domingo que não desiste da rejeição da vitória do Presidente eleito Joe Biden, um democrata, insistindo nas acusações de suposta “fraude” eleitoral, apesar de os tribunais terem desvalorizado …

Lei da eutanásia pode ficar pronta em dezembro e seguir para Marcelo antes das presidenciais

A lei da eutanásia deverá estar concluída, na especialidade, em dezembro, podendo ser aprovada este ano e enviada para decisão do Presidente antes das eleições presidenciais de janeiro, disseram à Lusa fontes parlamentares. À Lusa, a …

90% dos docentes têm medo de serem infetados. Diretores das escolas ponderam abandonar o cargo

Nove em cada dez professores estão preocupados ou têm medo de estar nas escolas por considerarem que estão a ser ignoradas regras que garantem higienização e distanciamento correto em tempo de pandemia, revela um inquérito …

Rui Pinto fala em "tortura psicológica na prisão" (e critica António Costa)

O alegado pirata informático Rui Pinto criticou este domingo o primeiro-ministro António Costa no Twitter, acusando-o de desvalorizar “as questões de Estado de direito” . Numa mensagem publicada no Twitter, Rui Pinto acusou António Costa de …

Polónia avisa que mecanismo de condicionalidade pode ser usado contra Portugal

O Governo polaco avisou esta segunda-feira que o mecanismo de condicionalidade do pacote financeiro europeu, que vincula a distribuição de fundos ao Estado de Direito, poderia também ser usado no futuro contra Portugal, Espanha ou …

Apesar do apelo das autoridades, centenas de pessoas saíram à rua para fazer a festa em Guimarães

Foram muitos os nicolinos que se juntaram, na manhã deste domingo, no Centro Histórico de Guimarães. O típico cortejo do Pinheiro deveria ter-se realizado ontem à noite mas devido às restrições aplicadas no âmbito do …

"Ainda tem muito a oferecer". Poiares Maduro vê Passos a suceder a Ursula von der Leyen na Comissão Europeia

Miguel Poiares Maduro, ex-ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, disse, em entrevista à TSF, que Pedro Passos Coelho "tem qualidades políticas que lhe permitem aspirar a qualquer cargo político em Portugal". Em entrevista à TSF, o …

"Ou o Governo nos recebe ou levam-nos de ambulância ou caixão". Ljubomir e mais 8 em greve de fome

Nove elementos do movimento "A pão e a água" estão em greve de fome desde a passada sexta-feira, 27 de Novembro. São empresários da restauração e da animação nocturna, entre os quais se encontra o …