Governo pode voltar atrás na transferência do Infarmed

Tiago Petinga / Lusa

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes

Ministro da Saúde diz que será preciso “inteligência e humildade ” na análise do relatório do grupo de trabalho que avalia a mudança e que é liderado por antigos presidentes do Infarmed.

É a bem da descentralização que Adalberto Campos Fernandes defende a transferência da Autoridade Nacional do Medicamento, o Infarmed, para o Porto. Mas o ministro da Saúde não põe de parte a possibilidade de o Executivo recuar, de acordo com a TSF.

“O Governo admite uma coisa muito simples, que é olhar para as conclusões do grupo de trabalho e tê-las em atenção com inteligência e com humildade“, disse, no parlamento, à saída de uma audição na Comissão de Saúde, garantindo assim que ainda nada é definitivo.

Quanto aos protestos dos trabalhadores que dizem ter sido apanhados de surpresa pelo anúncio da decisão, o ministro entende que seriam semelhantes, mesmo em caso de divulgação de um estudo prévio sobre a transferência.

“Se porventura este anúncio tivesse sido feito antes, ou mais tarde, já com algum estudo a suportá-lo, a reação era seguramente a mesma. E, sabem porquê? Porque as pessoas não querem mudar. Há, de facto, uma visão central do país, uma visão egoísta“, afirmou.

Além disso, Campos Fernandes admite que, depois do Infarmed, outras agências e organismos públicos podem vir a ser transferidos. “Estamos com vontade até dos trabalhadores e dirigentes de algumas agências, a equacionar outro tipo de transferências e relocalizações”.

Os deputados da Comissão de Saúde aprovaram, por unanimidade, a audição de Adalberto Campos Fernandes sobre a decisão de transferir o Infarmed para o Porto.

O requerimento para audição do ministro da Saúde sobre esta matéria foi apresentado pelo grupo parlamentar do PSD, que solicitou a audição com caráter de urgência para perceber “os fundamentos da decisão governamental“.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Se quiserem descentralizar, não transfiram coisas de Lisboa para o Porto mas sim para zonas interiores do país. Transferir agências ou departamentos de Lisboa para o Porto não se chama descentralizar, mas sim servir clientelas politicas ou outras .. Quando houverem novas agências que as instalem no Porto. Acredito que Lisboa possa ter muito mais que o Porto, mas todo o resto do país têm muito menos que o Porto : mudem para lá.

  2. Mais uma vez a macrocefalia da capital a impor-se, se bem que para que é que servia transferir a sede para o Porto se os serviços essenciais teriam que ficar em Lx.
    Este governo precisa de se pôr fino, pois com tanta confusão, arrisca-se a perder a credibilidade já granjeada.

  3. Toda a gente sabe que que isso já não vai acontecer. Toda a gente sabe há muito que o costa e sua camarilha roeram a corda. Desde que disseram que foi sempre e apena, um plano de intenções. A partir daí já se sabia que tudo ficava em águas de bacalhau!!

RESPONDER

Viúva de Kobe Bryant avança para tribunal contra empresa que operava helicóptero

Vanessa Bryant avançou com uma ação por homicídio involuntário contra a empresa que operava o helicóptero que caiu, causando a morte do seu marido, Kobe Bryant, da filha Gianna e de outras sete pessoas. A queixa …

Covid-19: Confirmado primeiro caso de infeção na Catalunha

A Espanha anunciou hoje o primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus na Catalunha, subindo assim para quatro o número de infetados em território espanhol. Os pormenores sobre este novo caso agora na comunidade catalã serão …

Traficante perde códigos de contas com 53,6 milhões de euros em bitcoins

Um traficante irlandês, que acumulou uma fortuna de 55 milhões de euros em bitcoins, perdeu os códigos para aceder às contas depois de os esconder no estojo onde estava guardada a sua vara de pescar, …

Morreu Katherine Johnson, a matemática que ajudou a levar o Homem à Lua

A matemática norte-americana Katherine Johnson, que trabalhou para a agência espacial norte-americana (NASA), morreu esta segunda-feira aos 101 anos. A informação foi avançada no fim da tarde desta segunda-feira pelo administrador da NASA, Jim Bridenstine, …

Asia Bibi quer obter asilo político em França

A cristã paquistanesa Asia Bibi, condenada à morte por blasfémia em 2010 e absolvida oito anos depois, antes de se refugiar no Canadá, referiu esta segunda-feira pretender obter asilo político em França. Asia Bibi disse à …

Covid-19. Itália com 50 novos casos e Portugal com novo suspeito

Em Portugal, a DGS confirmou um novo caso suspeito de infeção. Por sua vez, as autoridades italianas anunciaram a existência de 50 novos casos de infetados com Covid-19. A Direção-Geral de Saúde confirmou, esta terça-feira, …

Benfica também está interessado em Rúben Amorim

O Benfica junta-se ao Sporting na corrida pela contratação do treinador do Sporting de Braga, Rúben Amorim. O jovem técnico tem impressionado ao serviço dos bracarenses. Depois de se falar do interesse do Sporting CP em …

15 anos após gravação sem autorização, Estado condenado a indemnizar Sá Fernandes

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 3 mil euros ao advogado Ricardo Sá Fernandes. Em causa está um acórdão assinado pelo juiz Rui Rangel em …

Contribuintes têm até esta terça-feira para validar faturas (e podem valer até 2.500 euros no IRS)

Os contribuintes que, no ano passado, colocaram o seu NIF em faturas devem verificar se todas estão corretamente associadas à tipologia de despesas a que correspondem para efeitos de IRS, terminando esta terça-feira o prazo …

Plácido Domingo diz "assumir toda a responsabilidade dos seus erros"

O tenor também desistiu de se apresentar na Ópera Metropolitana de Nova Iorque, enquanto outras óperas americanas cancelaram as suas atuações, que no entanto continuam na Europa. O tenor espanhol Plácido Domingo, acusado nos Estados Unidos …