Governo escondeu relatório que revela falhas graves em mortes de bombeiros

Nuno André Ferreira / Lusa

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

Um relatório que o Governo PSD/CDS e o actual Governo PS decidiram manter secreto aponta falhas graves na morte de vários bombeiros, durante o ano de 2013. As lacunas são a vários níveis, da formação aos equipamentos, passando pela desobediência às ordens.

Este relatório intitulado “Os grandes incêndios florestais e os acidentes mortais ocorridos em 2013” é divulgado, esta quarta-feira, pelo Jornal de Notícias.

O diário atesta que o documento revela “lacunas na formação, desobediências “que não são toleráveis” no teatro das operações, falta de coesão e de comunicação e o não uso de equipamentos de protecção no combate aos fogos”.

Encomendado a especialistas do departamento de Engenheira Mecânica da Universidade de Coimbra, o relatório surgiu no âmbito dos grandes incêndios, ocorridos em 2013, na serra do Caramulo, que causaram a morte a nove pessoas, entre as quais oito bombeiros.

Este documento esteve nas mãos de responsáveis do anterior Governo e também do actual, mas nenhum dos Executivos o tornou público, provavelmente pelas duras críticas que aponta à actuação dos bombeiros.

O relatório conclui que parte das culpas pelas mortes é dos próprios bombeiros, nomeadamente por não terem conhecimento suficiente para avaliarem como o fogo evoluirá, em função da movimentação do vento.

Avaliando o caso concreto de um incêndio em Tondela, a 29 de Agosto de 2013, que tirou a vida a dois bombeiros, os especialistas da UC consideram que houve “uma clara subestimação das condições de propagação que o fogo podia adquirir” por parte dos bombeiros, cita o JN.

No relatório, ainda se destaca que a corporação dos dois bombeiros que morreram não obedeceu a uma ordem de retirada, comunicada repetidamente pelo comandante via rádio.

Noutro incêndio, ocorrido alguns dias antes, também na zona de Tondela, e onde morreram outros dois bombeiros, os especialista da UC apontam o dedo ao equipamento dos operacionais, sublinhando que as solas das botas derreteram e que isso os forçou a fugirem do local de gatas.

Além disso, o relatório constata que os bombeiros estavam há várias horas sem comer e que se refugiaram do fogo numa zona já queimada, procedimento a evitar por causa do risco de reacendimento (como veio a acontecer).

A primeira parte deste relatório foi divulgada logo em 2013, mas esta segunda parte, agora reportada pelo JN, nunca chegou a ser publicada.

O então ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, disse, na altura, que era preciso fazer uma “ponderação muito bem feita” sobre essa divulgação, considerando as “consequências” das conclusões aí expressas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …