Governo escondeu relatório que revela falhas graves em mortes de bombeiros

Nuno André Ferreira / Lusa

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

Um relatório que o Governo PSD/CDS e o actual Governo PS decidiram manter secreto aponta falhas graves na morte de vários bombeiros, durante o ano de 2013. As lacunas são a vários níveis, da formação aos equipamentos, passando pela desobediência às ordens.

Este relatório intitulado “Os grandes incêndios florestais e os acidentes mortais ocorridos em 2013” é divulgado, esta quarta-feira, pelo Jornal de Notícias.

O diário atesta que o documento revela “lacunas na formação, desobediências “que não são toleráveis” no teatro das operações, falta de coesão e de comunicação e o não uso de equipamentos de protecção no combate aos fogos”.

Encomendado a especialistas do departamento de Engenheira Mecânica da Universidade de Coimbra, o relatório surgiu no âmbito dos grandes incêndios, ocorridos em 2013, na serra do Caramulo, que causaram a morte a nove pessoas, entre as quais oito bombeiros.

Este documento esteve nas mãos de responsáveis do anterior Governo e também do actual, mas nenhum dos Executivos o tornou público, provavelmente pelas duras críticas que aponta à actuação dos bombeiros.

O relatório conclui que parte das culpas pelas mortes é dos próprios bombeiros, nomeadamente por não terem conhecimento suficiente para avaliarem como o fogo evoluirá, em função da movimentação do vento.

Avaliando o caso concreto de um incêndio em Tondela, a 29 de Agosto de 2013, que tirou a vida a dois bombeiros, os especialistas da UC consideram que houve “uma clara subestimação das condições de propagação que o fogo podia adquirir” por parte dos bombeiros, cita o JN.

No relatório, ainda se destaca que a corporação dos dois bombeiros que morreram não obedeceu a uma ordem de retirada, comunicada repetidamente pelo comandante via rádio.

Noutro incêndio, ocorrido alguns dias antes, também na zona de Tondela, e onde morreram outros dois bombeiros, os especialista da UC apontam o dedo ao equipamento dos operacionais, sublinhando que as solas das botas derreteram e que isso os forçou a fugirem do local de gatas.

Além disso, o relatório constata que os bombeiros estavam há várias horas sem comer e que se refugiaram do fogo numa zona já queimada, procedimento a evitar por causa do risco de reacendimento (como veio a acontecer).

A primeira parte deste relatório foi divulgada logo em 2013, mas esta segunda parte, agora reportada pelo JN, nunca chegou a ser publicada.

O então ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, disse, na altura, que era preciso fazer uma “ponderação muito bem feita” sobre essa divulgação, considerando as “consequências” das conclusões aí expressas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Marine Le Pen e Anne Hidalgo lançam-se nas presidenciais francesas de 2022

Anne Hidalgo e Marine Le Pen anunciaram as suas respetivas candidaturas à presidência de França nas eleições do próximo ano. A campanha presidencial em França registou esta segunda-feira uma aceleração com a candidatura da responsável socialista …

Messi não saiu por motivos económicos: "O presidente da Liga tem uma obsessão pelo Barcelona"

  O melhor de sempre, segundo o presidente da Liga, poderia ter continuado em Barcelona, se a direção catalã quisesse. Presidente do clube já reagiu. Como se esperava, a saída de Lionel Messi do Barcelona continua a …

Task force não quer reabrir centro de vacinação do Queimódromo no Porto

A task force que coordena o plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal adiantou hoje que não se justifica a reabertura do centro de vacinação do Queimódromo, no Porto, face ao “baixo ritmo” de …

Na Hungria, Papa Francisco alerta para o anti-semitismo "à espreita" na Europa

Discrepância entre o tempo de estadia do Papa na Hungria (sete horas) e na Eslováquia (três dias) está a ser vista como um sinal que o responsável da igreja Católica quer enviar às autoridades húngaras. Numa …

Suspeito de violação viveu cinco anos como falso refugiado (e chegou a receber apoios do Estado)

O homem, natural de Marrocos, terá usado identidade para pedir proteção em Portugal. O Ministério Público (MP) acusa-o agora de violação. O cidadão marroquino está a ser acusado pelo Ministério Público de ter violado uma sem-abrigo, …

Polícia italiana desmantela poderoso clã mafioso do sul de Itália (e evita homicídio)

A polícia italiana desmantelou um poderoso clã da máfia na Sicília, no sul de Itália, após a prisão de oito dos seus membros, e evitou ainda um homicídio planeado pelo grupo, informaram esta segunda-feira as …

A mentira de Mourinho e os dois milagres de Patrício

José Mourinho venceu no seu milésimo jogo enquanto treinador de futebol. O encontro com o Sassuolo foi especial, ao contrário do que o próprio Mourinho tinha dito.  Passaram 21 anos e 999 jogos desde a sua …

Cantinas escolares começam a ser fiscalizadas. Maioria deixa de servir refeições em take away

As cantinas das escolas começam hoje a ser alvo de ações de fiscalização para garantir a qualidade das refeições fornecidas aos alunos, revelou o ministro da Educação, anunciando um novo plano de controlo de qualidade. “A …

Portugal tem quatro mestrados em gestão entre os melhores do mundo — e há uma surpresa

Portugal tem quatro mestrados de gestão entre os 100 melhores do mundo, indica o ranking do Financial Times de 2021 divulgado hoje. À Nova SBE, Católica-Lisbon e ISCTE Business School, que regressa este ano ao ranking, …

Coreia do Norte efetua teste com "novo míssil de longo alcance”. É uma "ameaça" à comunidade internacional

A Coreia do Norte efetuou com sucesso um teste com um novo “míssil de cruzeiro de longo alcance” durante este fim de semana, anunciou este domingo a agência oficial KCNA. Os disparos do teste, efetuado no …