Governo diz que não há indícios de perigo em carne importada do Brasil

european_parliament / Flickr

O ministro da Agricultura Capoulas Santos

O ministro da Agricultura Capoulas Santos

O ministro da Agricultura assegurou, esta terça-feira, que não há “notícia de que algum produto adulterado tenha entrado em Portugal”, sendo inexistente qualquer desconformidade na carne importada do Brasil no último ano.

Na conferência de imprensa do Conselho de Ministros extraordinário de hoje, Capoulas Santos foi questionado pelos jornalistas sobre o caso que envolve 21 estabelecimentos de produção de carne implicados numa fraude com origem no Brasil, no dia em que o Público avançou que Portugal importou 500 toneladas de carne brasileira que estão sob suspeita.

“Não temos notícia de que algum produto adulterado tenha entrado em Portugal e temos um sistema de vigilância que funciona e demos instruções, sobretudo aos instrumentos de fiscalização, para reforçarem as ações de fiscalização por forma a que sobre essa questão não subsistam quaisquer dúvidas”, respondeu o ministro da Agricultura.

De acordo com o ministro, “não foi detetado no último ano nenhuma desconformidade”.

“As irregularidades, no que a importação de carne do Brasil diz respeito, tiveram a ver com questões de rotulagem e não com questões de qualidade da carne”, explicou.

O responsável pela tutela referiu ainda que, “no que à carne diz respeito, Portugal, inserido na União Europeia, um sistema de rastreabilidade muitíssimo evoluído, em que é possível detetar todo o circuito da carne, desde a origem ao seu destino e a identificação dos operadores em todos os momentos dessa escala”.

“O que lhe posso dizer é que no que diz respeito a Portugal nós importamos pouca carne do Brasil. A carne brasileira será 3,5 a 4% das nossas importações de carne, portanto é relativamente pequena apesar de nós sermos grandes importadores de carne, sobretudo nas espécies em que não somos autossuficientes”, observou.

Capoulas Santos lembrou ainda que “existe um sistema de alerta em todos os estados da União Europeia” que avisa todos os países quando são detetadas irregularidades.

O diretor-geral de Alimentação e Veterinária já tinha afirmado hoje não haver indícios de perigo para a saúde na carne importada do Brasil, mas disse que os produtos em armazém serão objeto de um controlo reforçado por parte da ASAE.

“Todos os produtos que entraram em Portugal apresentavam características absolutamente normais, portanto não há necessidade alguma de desencadear uma ação para os retirar do mercado”, afirmou Fernando Bernardo aos jornalistas.

Do Brasil, veio apenas 3,7% do total das carnes que Portugal importa, referiu. “Não vamos tomar nenhuma medida no sentido de proibir a importação de carne do Brasil”, esclareceu, indicando que as quatro empresas autorizadas a exportar para a Europa identificadas num caso de fraude já estão “bloqueadas”.

“A exposição dos portugueses a qualquer eventual risco que pudesse existir nestes produtos é extremamente baixa”, garantiu.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …