Governo admite que o preço da água pode subir

SXC

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, admitiu esta quinta-feira que o preço da água pode vir a subir, mas garante que as tarifas se vão manter no próximo ano, porque “já estão aprovadas”.

À margem da conferência anual do BCSD – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável Portugal, o ministro João Matos Fernandes disse aos jornalistas que “é fundamental falar em eficiência hídrica, e o preço é um fator quando se fala em eficiência”.

O ministro lembrou que “as tarifas da água de 2018 já estão aprovadas”, mas que é preciso repensar o seu preço “em tempos de escassez”.

“Nos últimos anos tem-se falado muito em eficiência energética, este é o tempo de percebemos que tem se de falar de eficiência hídrica”, sublinhou o governante, lembrando que o país vive tempos de escassez e que “não há maneira de produzir mais energia”.

O ministro falava aos jornalistas à margem da conferência anual do BCSD Portugal, que este ano tem como tema “Como crescer e criar emprego numa economia neutra em carbono? Pensar Portugal em 2030”. João Matos Fernandes saudou a missão do BCSD e a forma como esta associação “consegue agir para transformar mentalidades”.

Governo admite reduzir quantidade de água que empresas podem captar

Vamos reavaliar todas as licenças. É um trabalho que se faz uma a uma”, afirmou o ministro João Pedro Matos Fernandes, acrescentando que “em janeiro ou fevereiro o trabalho deverá estar concluído”.

“Em algumas licenças, em alguns setores e em algumas zonas mais críticas, as empresas podem ter que reduzir a quantidade de afluentes que podem rejeitar ou reduzir a quantidade de água que podem captar, afirmou.

O ministro sublinhou que as licenças passadas a estas empresas têm em conta “um dia, uma semana ou um mês padrão” e que, por isso, preveem a possibilidade de serem revistas em baixa em caso de seca ou fenómenos climáticos excecionais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Então pois… a pretexto da necessária racionalização do consumo vamos mas é aumentar esta m**** para encher os bolsos à custa dos contribuintes. É à socialista. O bem comum como desculpa para roubar o contribuinte e partilhar pela quadrilha.

  2. O Estado é o que mais desperdiça água nos diversos serviços que tutela.
    Sei de muitos exemplos ao nível hospitalar , que gastam 30 a 40% mais do necessitam.
    Agora apela ás pessoas para pouparem , mas mais uma vez não dá o exemplo, avançando com a hipótese do aumento.
    Esquece é que esse aumento também será para o Estado , pois também paga a água que consome .
    Só para se ter uma ideia o Centro Hospitalar de Coimbra , gasta mais de 100000€ de água por mês , quando com medidas práticas poderia gastar menos de 70000€, mas ninguém quer saber, porque quem paga é o Ministério da Saúde, que é financiado por todos nós.

  3. Estava a ver que essa gente dos “cleptopolíticos” não se aproveitava da deixa para ir sacar mais algum, o mal é falar-se.
    Se os lagos e fontanários com repuxos ostensivos pararem deixa de haver um brutal consumo de água por evaporação. Se os serviços repararem as rupturas nas condutas principais e nos ramais de abastecimento, a poupança é abismal. Se as regas dos jardins públicos e espaços verdes, seja lá isso o que for, passarem a ter regas dentro daquilo que as “QUERCUS” tentam impingir ao povo (regas nocturnas, gota a gota, acabar com os relvados, etc.), as poupanças podem ser inimagináveis…
    Mas é muito mais fácil aumentar o “imposto”, ou seja, o preço da água que nos é imposto.
    É o país que temos e esta é apenas a minha opinião.

  4. Canalhas. Aproveitarem-se de um episódio de seca para sacar mais dinheiro aos pobres dos portugueses. Povo passivo deveria revoltar-se e apertar o gasganete a esses crápulas.

  5. Ainda não disseram quais os custos (de tratamento) que aumentaram para justificar um “ansiado” aumento de preço da água.
    O que sei é que existe uma política europeia global para as “elites” aumentarem o preço dos serviços e dos produtos que os “profanos” pagantes não podem substituir ou não consumir.

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …