Governo admite mais restrições (e anuncia 750 milhões a fundo perdido para a restauração)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, revelou, em entrevista na SIC, que o Governo não exclui “restrições suplementares” nos municípios mais atingidos pela pandemia.

Em entrevista no programa da SIC Polígrafo, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, disse que há alguns municípios onde o nível de novos contágios por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias é elevado e que será necessário “fazer uma constrição mais geral” e “algumas restrições suplementares”.

Porém, o ministro não adiantou quais: “Ainda estamos a avaliar”.

Certo é que, “neste momento, não temos ideia de um confinamento geral“, segundo o governante, indo ao encontro da ideia passada várias vezes pelo primeiro-ministro António Costa, que defende que “o país não pode parar”.

Confrontando com os protestos contra a falta de apoio ao setor da restauração, Siza Vieira avançou que estão previstos apoios de 750 milhões de euros a fundo perdido como resposta aos restaurantes e cafés.

“Estamos mesmo convencidos que é preciso apoiar bem, de forma extraordinária, neste momento e depois esperar que a retoma da economia surja em função da normalização da situação sanitária”, disse.

Questionado sobre a hipótese de isentar a TSU da restauração e baixar o IVA durante o próximo ano, o ministro remeteu a resposta para o Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), lembrando que cabe “ao Governo e à Assembleia da República traçar aquilo que são as opções orçamentais”.

Não estou a dizer que sim, nem que não. Estou a dizer que tivemos um grande cuidado em acompanhar o esforço deste setor”, disse.

Relativamente ao congresso do PCP, agendado para 26, 27 e 28 de novembro, o ministro disse tratar-se de um “direito político” previsto no decreto do estado de emergência. O governante considera que se devem “respeitar os limites”, “tal como respeitamos o direito de o Dr. André Ventura se juntar a uma manifestação no fim de semana passado no contexto em que estávamos”.

Já sobre as declarações do antigo ministro das Finanças Mário Centeno, que defendeu que as políticas públicas de resposta à crise devem ser temporárias e atuar essencialmente nas margens, Siza Vieira respondeu tratar-se de “uma reflexão pública” – e não de um condicionamento às decisões do Governo.

“Acho que está a dar uma chamada de atenção para todos os decisores políticos”, comentou Siza Vieira, acrescentando que estão a ser ouvidas várias opiniões sobre o OE2021 e a de Centeno é “mais uma”, mas tem “o peso significativo de ser da autoridade de supervisão e que tem a capacidade da supervisão macroprudencial em Portugal”.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …