Governo admite empréstimo adicional ao Novo Banco em 2018

O secretário de Estado adjunto e das Finanças sabe que o Novo Banco deverá ter prejuízos em 2017 e que, caso venha a ser necessária a intervenção do Estado, “não deverá haver nenhum impacto adicional” na dívida pública.

O Novo Banco ainda não apresentou as contas finais de 2017 mas, em entrevista à TSF e Dinheiro Vivo, o secretário de Estado adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, admite que o Estado possa ser chamado, já este ano, para ajudar a instituição.

“Tudo indica que terá prejuízos”, afirma o número dois da equipa de Mário Centeno. “Se o Fundo de Resolução não tiver os meios financeiros, recorrendo a todos os meios que tem disponíveis, então poderá, ao abrigo do acordo-quadro, pedir um financiamento ao tesouro”, disse ainda o governante na entrevista.

Esta semana, o Jornal de Negócios já tinha avançado que os prejuízos na instituição bancária devem ascender entre 1,6 e 1,8 mil milhões de euros no exercício transacto.

As contas do banco só deverão estar fechadas em março mas, a confirmarem-se os números, será o quarto ano consecutivo de prejuízos. Desde 2014, o Novo Banco acumulou “mais de três mil milhões de euros em provisões e imparidades”, refere o mesmo jornal, frisando que mais de dois mil milhões tinham como objectivo cobrir eventuais perdas futuras em empréstimos concedidos.

Como recorda o Público, o acordo para a venda da instituição que resultou da separação de ativos do antigo BES prevê uma injeção de capital pelo Fundo de Resolução de até 850 milhões de euros por ano.

No entanto, perante esse cenário, o secretário de Estado acredita que o financiamento previsto é suficiente e que uma intervenção do Estado só viria a ter impacto na dívida pública caso o tesouro precisasse de recorrer ao mercado, o que, acredita, não será necessário. “Daquilo que temos no plano de financiamento, consideramos que isso é acomodável e portanto não deverá haver nenhum impacto adicional“.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha esta telenovela do BES / Banco Novo.
    Os dirigentes deste país continuam a dispor do dinheiro que coletam aos cidadãos para tapar buracos resultantes de má gestão roubo e corrupção.
    São empresas privadas e há uma solução que há muito deveria ter sido aplicada : FALÊNCIA !

  2. O problema é que a torneira está sempre aberta e eles não param de gastar e fazer má gestão económica e financeira!! Oh pah…acabem de uma vez com BES/ NOVO BANCO! Já chega de dar dinheiro..Aquilo não era privado?!!! Então porque o público está sempre a dar dinheiro!! Tudo à mama…fonix..

  3. Então mas este Banco não foi oferecido a uma entidade americana? Agora vamos nós ainda dar mais dinheiro para manter o defunto de pé? Que dizem os parceiros da geringonça, estarão ou não de acordo?

  4. “É um fenómeno curioso:

    O pais ergue-se indignado, moureja o dia
    inteiro indignado, come, bebe e diverte-se
    indignado, mas não passa disto.

    Falta-lhe o romantismo cívico da agressão.

    Somos, socialmente uma colectividade
    pacífica de revoltados”

    Miguel Torga

RESPONDER

EUA. Casos de covid-19 podem ter sido subestimados em 60%

O número de casos de covid-19 nos Estados Unidos (EUA) pode ter sido subestimado em até 60%, com as infeções relatadas a representarem "apenas uma fração do número total estimado". Esta é a conclusão de um …

Portugal com mais seis mortes e 2316 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais seis mortes e 2316 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2316 novos …

Um quarto dos processos às companhias aéreas por falta de testes à covid já resultou em multas pagas

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) instaurou, entre 2020 e a semana passada, 539 processos a 40 companhias aéreas por transportarem passageiros para o território nacional sem o respetivo teste negativo à covid-19. Cerca …

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …

Quase 70% dos internados em UCI têm menos de 59 anos

Quase 70% dos doentes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos (UCI) têm menos de 59 anos, revelou a Ordem dos Médicos, indicando que em enfermaria os doentes abaixo dessa faixa etária são cerca de …

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco. Portugal não está em condições de …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …