Google fez grandes donativos a dezenas de empresas que negam alterações climáticas

António Pedro Santos / Lusa

A empresa tecnológica Google realizou contribuições para algumas das mais notórias personalidades que negam as alterações climáticas, de Washington, apesar da empresa liderada por Sundar Pichai insistir que apoia as ações políticas contra a crise climática.

Na lista de doações divulgada pela própria Google, surgem nomes de organizações que realizaram campanhas contra a legislação climática e que questionaram publicamente a necessidade da criação da legislação ambiental e que procuraram reverter as proteções ambientais nos Estados Unidos que tinham sido criadas por Barack Obama, antigo presidente dos EUA.

Nessa lista aparece o Instituto de Empresas Competitivas, um dos grupos que convenceu Donald Trump a abandonar o Acordo de Paris, assinado pelo seu antecessor em 2015. A Google, apesar de admitir estar desapontada com a decisão do presidente norte-americano, continuou a apoiar financeiramente o grupo.

A empresa tecnológica defendeu-se e garantiu que a sua “colaboração” com organizações como este instituto “não significa que apoiamos toda a agenda das organizações” e que muitas vezes se opõem fortemente em relação a alguns assuntos. Um porta-voz da empresa assumiu que a posição da empresa é clara, uma vez que “desde 2007, operamos como uma companhia neutra em carbono e, pelo segundo ano consecutivo, atingimos 100% de energia renovável nas nossas operações globais”.

O jornal britânico The Guardian revela ainda que a Google apoia uma organização anti-ciência radical que criticou Greta Thunberg, que tem defendido o ambiente, afirmando que a adolescente apresentava “ilusões climáticas histéricas”.

Nos últimos anos, o Google tem desenvolvido várias iniciativas para tentar travar o impacto da crise climática global, recorda o jornal Público. Esta semana, a empresa disponibilizou uma ferramenta para as cidades europeias medirem níveis de poluição. Inclui dados sobre as emissões geradas pelos transportes públicos, edifícios e o potencial da energia solar. O objectivo é reunir dados para travar as mudanças meteorológicas.

Em agosto, a empresa também se comprometeu a usar material reciclável em todos os aparelhos com assinatura Google (“Made by Google”), como telemóveis, colunas inteligentes e acessórios.

Em setembro, centenas de membros do Google fizeram greve em protesto às alterações climáticas juntamente com milhares de outros trabalhadores de grandes empresas tecnológicas norte-americanas como a Amazon, a Microsoft e o Facebook. Na altura, o grupo de trabalhadores do Google queixou-se da política da empresa continuar a apoiar financeiramente membros do congresso norte-americano que votam contra legislação para travar o aceleramento do aquecimento global.

Não é a primeira vez que a tecnológica é alvo de atenção negativa devido ao tema. Em 2014, a empresa tinha sido criticada por apoios dados ao Conselho Legislativo de Intercâmbio Americano, uma organização que considera que o comportamento humano não tem influências no aquecimento global.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Como não pagam os devidos impostos, claro que sobra muito dinheiro o para apoiar tudo e o seu contrário!.. o que interessa é manter certos poderes entretidos/distraidos!…

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …