Golas antifumo. PJ faz buscas na Proteção Civil e no MAI

(dr) Beira Alta TV

Após o inquérito aberto pelo Ministério Público em julho, estão, esta manhã de quarta-feira, a ser feitas buscas na Proteção Civil e no Ministério da Administração Interna devido à compra das golas antifumo.

A Polícia Judiciária e o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) estão, esta manhã, a fazer buscas nos gabinetes do secretário de Estado da Proteção Civil, Artur Neves, e do presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), Mourato Nunes, e também a empresas e Centros Distritais de Operações de Socorro (CDOS).

Em causa está a compra das golas antifumo, alegadamente inflamáveis, que levaram o Ministério Público a abrir um inquérito em julho. As autoridades suspeitam de fraude na obtenção de fundos europeus que financiaram a compra das golas e que custaram o dobro do valor de mercado, explica o DN. O programa Poseur atribuiu um subsídio de 1,65 milhões de euros.

Além disso, está a ser investigado se foi cometido o crime de participação económica em negócio por parte de responsáveis do Governo ou da Proteção Civil.

Segundo o Observador, a empresa Foxtrot Aventuras e o seu proprietário, Ricardo Nuno Peixoto Fernandes, também estão a ser alvos de buscar da Polícia Judiciária.

Estas golas antifumo estão no centro de uma polémica aberta depois de alegações indicarem que eram inflamáveis. O caso já levou à demissão do adjunto do secretário de Estado da Proteção Civil, Francisco Ferreira, após ter sido noticiado o seu envolvimento na escolha das empresas para a produção das golas e dos kits de emergência para o programa “Aldeias Seguras”.

Em situações normais, a aquisição de bens e serviços pelo Estado deve ser feita através de um concurso público. No entanto, o contrato assinado entre a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e a Foxtrot Aventura foi com recurso a consulta prévia e ajuste direto.

Apenas em situações excecionais é possível fazer isto, sendo necessário satisfazer uns requisitos estabelecidos — que não se verificaram no negócio das golas e kits. O contrato tem de corresponder a um valor inferior a 75 mil euros e apenas pode ser feito após o concurso público não ter recebido candidaturas ou em caso de urgência.

O contrato com a Foxtrot Aventura não preenche nenhum destes requisitos, já que o negócio superou os 200 mil euros e não era urgente, já que o cronograma da Aldeia Segura foi criado em outubro de 2017 e os serviços da empresa só foram contratados em maio e junho do ano seguinte.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma confirmação da ladroagem deste Governo TUDO EM FAMÍLIA. A judiciária entrou em ação e, hoje, o Secretário de Estado “DAS GOLAS” foi constituído arguido e DEMITIU-SE. Este vigarista, tinha sido, 12 anos,
    o Presidente da Câmara de Arouca, pelo partido socialista. Hoje, muitos dos arouquenses, devem estar pasmados, por terem votado num corrupto destes, durante tanto tempo.

RESPONDER

Reino Unido. Dados sobre assassinos e violadores não foram enviados para a UE

A condenação no Reino Unido de 109 assassinos, 81 violadores e um indivíduo que cometeu ambos os crimes não foi transmitida aos países da União Europeia (UE) devido a uma falha informática e ao consequente encobrimento …

Vaga de frio no Texas. Mulher processa empresa de energia depois de receber conta de 9.000 dólares

Uma mulher residente no estado do Texas, nos Estados Unidos, avançou com uma ação coletiva de mil milhões de dólares contra o seu fornecedor de energia depois de a empresa apresentar uma conta de eletricidade …

Sérgio Conceição elogia SC Braga e fala de pessoas "subservientes" que querem "tachinhos"

Na antevisão do jogo com o SC Braga, marcado para esta quarta-feira, a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, Sérgio Conceição referiu-se a algumas incidências do último dérbi, mostrou-se desagradado …

Arábia Saudita. Repórteres sem Fronteiras pedem acusação do príncipe herdeiro pela morte de Khashoggi

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) entrou com uma ação judicial na Alemanha, na qual pede a acusação do príncipe herdeiro saudita Mohammed Bin Salman por crimes contra a humanidade, incluindo o assassinato do jornalista …

População prisional reduziu 18% nos últimos quatro anos

A ministra da Justiça salientou hoje que, nos últimos quatro anos, a população prisional baixou de 13.779, no final de 2016, para 11.300 no final de 2020, o que traduz uma redução de cerca de …

"A rebeldia de João Félix". Imprensa espanhola destaca o temperamento do avançado

João Félix volta a ser o centro das atenções da imprensa desportiva espanhola, depois de na última jornada da La Liga o internacional português celebrar o seu golo com recurso a alguns palavrões em direção …

Debaixo de fogo devido a comparações a Hitler, Amazon altera ícone da sua aplicação

A Amazon mudou o novo logótipo da sua aplicação de smartphone depois de várias vozes críticas terem comparado a imagem ao ditador alemão Adolf Hitler. A gigante do comércio eletrónico lançou o novo ícone em janeiro …

Este ano não vai haver NOS Primavera Sound. Festival regressa em 2022

Após já ter sido adiada de 2020 para 2021, a 9ª edição volta a ser reagendada e já tem novas datas. O NOS Primavera Sound é o primeiro grande festival de verão português a anunciar …

Vice-presidente do Zimbabué demite-se após acusações de abuso sexual

O vice-presidente do Zimbabué, Kembo Mohadi, acusado de assédio sexual, anunciou esta segunda-feira a sua demissão do cargo, tendo reafirmado a sua inocência. "Demito-me do cargo de vice-presidente da República do Zimbabué com efeito imediato", escreveu …

Variante inglesa em 29 países europeus. Estirpe do Brasil mais transmissível (e ilude sistema imunitário)

A variante britânica do SARS-CoV-2, presente em 29 países da União Europeia, é responsável por mais de metade das infeções totais. A estirpe detetada no Brasil, apesar de pouco prevalecente na Europa, pode ter uma …