“Não estão despertos”. Ginásios enviaram um voucher para os deputados fazerem exercício físico

A associação de ginásios de Portugal enviou uma carta com um voucher a todos os deputados para treinarem gratuitamente durante seis semanas num dos seus clubes por considerar que “não estão ainda suficientemente despertos” para os benefícios do exercício.

A iniciativa faz parte da campanha “Let’s Be Active” promovida pela Associação AGAP — Portugal Ativo, que começa hoje, mas também é uma reação à “insensibilidade demonstrada às várias propostas apresentadas” pela associação no parlamento aquando da elaboração do Orçamento do Estado para 2020.

“A insensibilidade demonstrada às várias propostas apresentadas pela Portugal Ativo/AGAP parecem indicar que os parlamentares não estão, ainda, suficientemente despertos para os benefícios que a atividade física tem na sua saúde”, refere a associação na carta.

Considerando que “a esmagadora maioria” dos deputados será também “inativa fisicamente”, a associação envia-lhes um voucher e sublinha que o valor oferecido “está perfeitamente dentro dos valores definidos pela Comissão da Transparência da Assembleia da República para as ofertas aos deputados”.

“Fazemos votos de que aceite este convite e se torne fisicamente mais ativo, incorporando também na sua atuação política a defesa de uma sociedade com melhores índices de prática desportiva, mais saudável e mais ativa”, lê-se na carta, a que a agência Lusa teve acesso.

Com o intuito de melhorar a saúde dos portugueses, a AGAP apresentou propostas ao parlamento, como benefícios em sede de IRS para os utilizadores de clubes de fitness e saúde, benefícios no IRC para empresas que comparticipem os custos da prática de desporto aos seus colaboradores e a descida do IVA do exercício físico, que “foram ignoradas”.

“O que nós vemos é que há uma grande hipocrisia a nível de todos os partidos. Todos acham que é muito importante melhorar a saúde das pessoas e que o exercício faz bem, mas não é tomada sistematicamente nenhuma medida para aumentar a prática de exercício físico no país”, disse à Lusa o presidente da associação, José Carlos Reis.

José Carlos Reis adiantou que a carta “é mais uma atitude de tentar despertá-los [os deputados] para a necessidade de haver medidas e leis para aumentar a atividade física dos portugueses”.

Segundo dados do último Eurobarómetro da Atividade Física (2017), Portugal encontra-se entre os três países da Europa com piores resultados com 68% de pessoas inativas, números que José Carlos Reis considera assustadores.

“Devia ser um desígnio nacional trazer mais pessoas para o exercício físico que tem benefício diretos na saúde” e nos custos do Serviço Nacional de Saúde, mas será “uma luta sem tréguas”, enquanto os governos não apostarem a nível da prevenção da saúde.

Para ajudar neste desígnio, a associação lançou a campanha nacional “Let’s Be Active” que será divulgada nos media, nos ginásios e nos centros de saúde e que desafia cinco mil pessoas inativas a utilizarem um ginásio gratuitamente por um período de seis semanas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Chegou ao fim a "missão espinhosa coroada de sucesso" da task force

A task force responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19 confirmou, esta terça-feira, o fim da missão no contexto da pandemia e a transição para um núcleo de coordenação. Tal como tinha sido avançado pelo …

Pizzi nunca jogou tão pouco como esta época

Nunca Pizzi jogou tão pouco como esta temporada ao serviço do SL Benfica. O médio era uma das peças mais importantes do plantel, mas tem vindo a perder relevância. "Ele não tem entrado tanto de início, …

Marcelo recusa crises políticas e defende discussão de reforma do Estado até às legislativas de 2023

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu esta segunda-feira que o país deve manter-se livre de crises políticas até 2023, mas considera difícil deixar de se fazer uma discussão sobre a reforma do …

Arqueólogos encontram o primeiro geoglifo do mundo em forma de touro

Um geoglifo em forma de touro foi encontrado num sítio arqueológico localizado no sul da Sibéria, informou o Instituto de História e Cultura Material da Academia de Ciências da Rússia. Apesar do touro ser um símbolo …

"O BE teve um mau resultado." Catarina Martins assume derrota, mas deixa aviso a Moedas

No day after, e já com a notícia consolidada da vitória de Carlos Moedas em Lisboa, Catarina Martins não hesitou em assumir a derrota do Bloco de Esquerda. Lisboa era a Câmara mais relevante para o …

Voto útil pode explicar vitória de Moedas (que precisa da esquerda para governar Lisboa)

Carlos Moedas está forçado a fazer acordos para governar a Câmara de Lisboa que tem uma maioria de esquerda de 10 vereadores contra 7 dos partidos à direita. O novo autarca da capital já disse …

É uma práctica comum dos atletas - mas será verdade que os banhos de gelo ajudam os músculos?

Os banhos de gelo trazem benefícios para atletas que treinem a resistência, mas podem ser prejudiciais para quem se dedica a treinar a força. É uma práctica recorrente entre os atletas e até entre pessoas comuns …

Sem maioria absoluta, Moreira começa a fazer contas à vida - mas acordo com a oposição pode estar longe

Rui Moreira voltou a garantir a liderança da autarquia portuense para os próximos quatro anos, mas sem maioria absoluta. Assim, terá de começar a pensar em possíveis acordos. PS e Bloco de Esquerda recusam compromissos. …

Twitter suspende conta de André Ventura

O presidente do partido Chega, André Ventura, tem desde segunda-feira a conta oficial no Twitter suspensa, facto que está a ser denunciado por páginas de movimentos ligados à extrema-direita naquela rede social. “Conta suspensa. O Twitter …

Governo britânico ordena ao Exército que ajude na crise dos combustíveis

O Reino Unido ordenou esta segunda-feira ao Exército que se prepare para ajudar na atual crise de combustíveis do país, depois de um fim de semana em que os britânicos acorreram aos postos de abastecimento, …