/

Luanda Leaks. Gestor do EuroBic encontrado morto em Lisboa

6

(dr)

Nuno Ribeiro da Cunha, gestor do EuroBic

Nuno Ribeiro da Cunha, o diretor do private banking do EuroBic e gestor da conta da Sonangol que efetuou algumas das transferências suspeitas no Luanda Leaks, foi encontrado sem vida na noite desta quarta-feira no Restelo, em Lisboa. 

De acordo com o Correio da Manhã, que avança a notícia, o alerta foi dado às 22h05 e no local estiveram os bombeiros, a Polícia de Segurança Pública e a Polícia Judiciária.

O Eco confirmou a informação, precisando que o corpo foi encontrado numa garagem. Ao que apurou o Sol, trata-se de uma morte por enforcamento. Ao semanário Expresso, a PSP adianta que todos os indícios apontam para um suicídio.

No passado dia 7 de janeiro, o gestor de conta da empresária angolana Isabel dos Santos foi encontrado com ferimentos graves nos pulsos e no abdómen numa casa de férias da sua família, em Vila Nova de Milfontes, noticiou a TVI esta quarta-feira.

Em declarações à estação de televisão, Nuno Ribeiro da Cunha garantiu que se tratou de uma tentativa de suicídio relacionada com um episódio de depressão, descartando qualquer ligação deste episódio com a sua vida profissional.

A PJ, contudo, mostrou dúvidas quanto à versão do gestor para o sucedido, estando a investigar duas hipóteses: tentativa de homicídio ou uma simulação de suicídio. Por este mesmo motivo, autoridades terão apreendido o telemóvel do gestor bancário, para tentar perceber se estaria a ser coagido para apresentar aquela versão.

Ao jornal Observador, fonte da PJ precisou que as autoridades estão a investigar três cenários: tentativa de suicídio, como indica Nuno Ribeiro da Cunha, mas também simulação de tentativa de suicídio e até tentativa de homicídio.

Nuno Ribeiro da Cunha foi constituído arguido esta quarta-feira, juntamente com a empresária angolana, no caso da alegada má gestão e desvio de fundos durante a passagem desta pela petrolífera estatal Sonangol.

  ZAP //

6 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.