Gémeas suspeitas de matar recém-nascido confessaram o crime

Tiago Henrique Marques / Lusa

A mãe e a tia da bebé recém-nascida, que foi encontrada morta num saco de plástico, com golpes de faca, num apartamento em Corroios, no Seixal, estão em prisão preventiva. As duas irmãs gémeas de 25 anos já confessaram o crime e são acusadas de homicídio qualificado.

O crime terá ocorrido na noite de segunda-feira em Corroios, no Seixal, quando Rafaela Cupertino terá dado à luz a filha, após ter sido assistida no parto pela irmã gémea Inês, relata o Diário de Notícias.

Rafaela terá escondido a gravidez, incluindo do seu companheiro e pai dos seus filhos gémeos de 20 meses. Inês Cupertino também alegou à Polícia Judiciária que não sabia da gravidez da irmã e que “só soube do que se passava” quando ela lhe pediu “para a ir ajudar a casa”, relata o DN.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse na terça-feira à Lusa que, segundo informação transmitida aos bombeiros, o crime terá sido praticado pela mãe da criança pouco depois do parto realizado em casa.

O alerta foi dado pouco depois da meia-noite, mas, de acordo com o CDOS, quando os Bombeiros Voluntários da Amora chegaram ao local a criança já não apresentava sinais de vida.

A bebé foi encontrada morta pela Polícia dentro de um saco de plástico, “golpeada com três facadas no peito” que terão sido alegadamente desferidas pela mãe.

A mãe da criança estava hospitalizada no Hospital Garcia de Orta, em Almada, também no distrito de Setúbal, desde segunda-feira e teve alta hospitalar esta quarta-feira. Logo nessa altura, foi detida e acusada de um crime de homicídio qualificado, tal como a irmã.

A mãe “estava perturbada”

O advogado das duas gémeas revela à SIC que elas confessaram o crime, que “foram claras, foram explícitas, deram as suas declarações com firmeza, colaboraram” com a Justiça. Sobre a mãe, que terá morto a criança, o advogado nota que “estava perturbada”.

A Polícia Judiciária de Setúbal refere, em comunicado, que há “fortes indícios da prática do crime de homicídio qualificado” contras as duas irmãs.

A mesma nota refere que o crime terá ocorrido por volta das 21:30 horas de segunda-feira, quando “na sequência do parto de uma menina, a progenitora, com a colaboração da irmã gémea, golpeou a recém-nascida com uma arma branca, provocando-lhe morte imediata”.

O director da PJ de Setúbal, Vítor Paiva, refere à Lusa que as provas recolhidas permitiram concluir que as facadas que vitimaram a criança recém-nascida foram desferidas pela mãe. Mas também acrescentou que a irmã gémea revelou igualmente “condutas relevantes em termos criminais”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Este crime nao consigo encaixar… como é que alguém espeta uma faca num bebé recém nascido?
    Espero que apodreçam na cadeia…

  2. E como de costume vão ser meiguinhos com estas mulheres que nem bichos são. Não há pena que compense o ato que cometeram. Inventem o pior, por favor!!!! Cortadas aos pedaços na praça publica?

  3. Tantas mulheres que não conseguem ter filhos, que dariam tudo para passar pela experiência da maternidade… e estas cabras do monte, além de todos os outros maus nomes possíveis que me passam pela cabeça, fazem uma coisa destas!!!???

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …

"Quando o PS é oposição, os sindicalistas são valiosos. Quando é poder, empecilhos"

José Abraão, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, deixou duras críticas ao Governo por não se sentir incluído no processo das decisões políticas. Para José Abraão, o Partido Socialista não valoriza o papel dos sindicatos. …

Governo admite gratuitidade em creches para 40 mil crianças

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social confirmou, esta quarta-feira, a intenção de criar sete mil novos lugares de creches e admitiu a gratuitidade da frequência para 40 mil crianças. Ana Mendes Godinho falava hoje …