Funcionários promovidos desde 2018 não vão recuperar tempo de serviço

António Cotrim / Lusa

Os trabalhadores das carreiras especiais – nomeadamente militares e magistrados – que tenham tido uma promoção desde janeiro de 2018 não vão recuperar qualquer tempo de serviço, dita o diploma do Governo que foi promulgado pelo Presidente da República e que entra esta terça-feira em vigor.

Esta notícia é avançada esta terça-feira pelo Jornal de Negócios. “Aos trabalhadores que, após o dia 1 de janeiro de 2018, tenham alteração do seu escalão ou posicionamento remuneratório, em resultado de promoção, não é contabilizado o período de tempo de serviço previsto no artigo anterior”, lê-se no diploma.

Além disso, o decreto-lei também confirma que ninguém recupera mais de 50% dos últimos sete anos anos de congelamento.

A versão final do decreto-lei para a recuperação do tempo de serviço é mais drástica do que as versões preliminares que chegaram às mãos dos sindicatos, há dois meses. Nestas, estava previsto que qualquer promoção diminuísse o tempo a recuperar, uma vez que só seria considerado o tempo desde essa data.

Em declarações ao Jornal de Negócios, César Nogueira, da Associação dos Profissionais da Guarda (GNR), disse considerar que todo o diploma é negativo, mas que esta norma vai ajudar a evitar “sobreposições”.

Questionado pelo jornal, o Ministério das Finanças não esclareceu quantas pessoas tiveram promoções desde o início de 2018.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A questão do descongelamento do tempo de serviço nas carreiras da função pública nunca foi de todo pacífica, tendo a dos professores a que mais tinta tem feito correr, como se sabe. O governo tratou do problema preferindo dar a ideia de que a equidade tinha de estar em linha de conta em relação a todo o funcionalismo e, sobretudo, tentar ficar bem visto ante uma opinião pública que, à margem do problema, acaba por lhe dar razão, apoiando-se em comparações, em comparações sem sentido por não poderem ser justificadas.
    Parece ter havido e continuar a haver falta de honestidade política em todo o processo, com habilidades nem sempre toleráveis para quem acabe por ver frustradas as expectativas de ter direito aos seus direitos.
    No caso dos professores, é de lembrar a treta dos 70% a que o governo se agarrou para levar a “sua” por diante, atirando areia para os olhos da opinião pública, e de também de perguntar o que é que esses 70%, arrancados a ferros ao módulo de progressão das carreiras gerais, têm que ver com o tempo descongelado dos professores? É que se o tempo a descongelar é de 9 anos, 4 meses e 2 dias, o tempo agora efectivamente descongelado de 2 anos, 9 meses e 18 dias corresponde apenas a pouco menos de 23% do total a descongelar.
    Que contas fez e faz o governo?
    Por fim, com o diploma cá fora, verifica-se mais uma rasteira em relação a todas as carreiras. Com que então, quem estava às portas de mudar de escalão ou tenha sido “promovido” (não estou a ver em que possam ter consistido essas promoções) perde o direito ao tão propalado descongelamento. A propósito de quê, é de perguntar.
    Fica-se com a impressão que tudo não tem passado de trafulhice. Enfim, é o que temos. Mas ninguém pense que há por aí melhor.

RESPONDER

As penas surgiram milhões de anos antes dos pássaros

A velha questão do ovo e da galinha estende-se agora aos pássaros e às penas. Quem surgiu primeiro? As penas, sugere uma recente investigação. Os pássaros são famosos pela sua imensa variedade de penas que usam …

Muro, fake news e Obamacare. Trump anuncia oficialmente a recandidatura à Casa Branca

O Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a sua recandidatura à Casa Branca, num comício em Orlando, Flórida, e voltou a acusar os jornalistas de serem "fake news" e disse que o país tem a …

Platini saiu em liberdade depois de muitas horas de interrogatório

O antigo presidente da UEFA Michel Platini saiu esta quarta-feira em liberdade, depois de várias horas a ser ouvido, no âmbito da atribuição da organização do Mundial de futebol de 2022 ao Qatar. ”A custódia é …

Descoberta bactéria que pode ajudar a criar uma vacina para o stress. Estava escondida na terra

Cientistas isolaram um padrão molecular único que pode, um dia, permitir a criação de uma vacina para o stress. Este padrão estava escondida dentro de uma bactéria que vive na terra. O Mycobacterium vaccae é uma …

Cientistas descobrem uma família de partículas imortais

Desafiando as leis que regem o universo da Física, uma equipa de cientistas acaba de descobrir uma família de partículas (quasipartículas) que, em sistemas quânticos, é capaz de se desintegrar e voltar a renascer numa …

A Via Láctea pode já ter colidido com outra galáxia

Astrónomos predizem que a Via Láctea está em rota de colisão com a Andrómeda e teremos apenas uns milhares de milhões de anos para nos prepararmos para esse impacto. Por outro lado, a nossa galáxia pode …

Teegarden B e C. Descobertos mais dois planetas que podem albergar vida

Cientistas de vários países identificaram mais dois planetas que consideram poder albergar vida, com climas temperados, semelhantes à Terra e que podem conter água líquida à superfície. A equipa da universidade alemã de Göttingen utilizou vários …

Ministério Público abre investigação a Juan Guaidó por corrupção

O Ministério Público da Venezuela anunciou a abertura de uma investigação penal contra Juan Guaidó por suspeita de corrupção relacionada com fundos para assistência a cidadãos venezuelanos na Colômbia. O anúncio foi pelo procurador-geral designado pela …

Cientistas descobrem no veneno de escorpião antibiótico contra tuberculose

Químicos no veneno podem combater estirpes resistentes da tuberculose e a bactéria causadora da pneumonia e septicemia. Veneno pode ainda travar o crescimento de células cancerígenas. Cientistas descobriram no veneno de escorpião antibióticos contra a tuberculose …

Câmara de Lisboa já cobrou 17 mil euros por trotinetas mal-estacionadas

A Polícia Municipal de Lisboa cobrou 17.145 euros em coimas por trotinetas mal-estacionadas, entre fevereiro e o início de junho, tendo removido 1.820 veículos do centro da cidade nos últimos cinco meses. "A verificação das infrações …