Fukushima vai gerar 560 mil metros cúbicos de resíduos radioativos até 2027

Ministério da Administração Interna e Transportes do Japão / Wikimedia

Vista aérea da central nuclear de Fukushima

Vista aérea da central nuclear de Fukushima

A central de Fukushima irá gerar até 2027 mais de 560.000 metros cúbicos de resíduos radioativos, mais do dobro do que acumulou desde que foi destruída pelo sismo que assolou o nordeste do Japão em março de 2011.

O valor foi avançado na segunda-feira pela empresa responsável pela gestão do complexo nuclear, a Tokyo Electric Power (Tepco), durante uma reunião com representantes do governo nipónico para avaliar o desenvolvimento dos trabalhos de desmantelamento da central e os problemas de contaminação de águas, divulgou hoje o diário japonês Asahi.

Apesar de a estratégia passar pela reutilização ou pela reciclagem dos materiais menos contaminados, a Tepco estima que terá de armazenar cerca de 160 mil metros cúbicos de resíduos radioativos, operação que irá precisar de um espaço equivalente a 200 piscinas olímpicas.

Segundo a empresa, e em comparação com os atuais 250.000 metros cúbicos registados, a quantidade de matérias contaminadas irá duplicar durante os próximos 13 anos, porque muitos dos resíduos gerados após explosões nos prédios e nos reatores do complexo nuclear permanecem intactos.

A Tepco está a coordenar a complexa operação de desmantelamento da central nuclear de Fukushima Daiichi, processo que poderá prolongar-se durante quatro décadas.

A central, localizada a cerca de 220 quilómetros a nordeste de Tóquio, foi destruída pelo sismo e pelo tsunami que assolaram o nordeste do Japão a 11 de março de 2011.

O desastre nuclear em Fukushima Daiichi foi considerado o pior desde o acidente da central ucraniana de Chernobil, em 1986, tendo contaminado com a radioatividade libertada o ar, solo e águas da região.

Mais de 50 mil pessoas que viviam nos arredores da central nuclear foram obrigadas a deixar a zona devido às emissões libertadas, que também afetaram gravemente os sectores da agricultura, da pecuária e da pesca.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Austrália não quer que turistas caminhem na famosa rocha sagrada Uluru (nem no Google Maps)

A Austrália pediu ao Google que remova do seu serviço Maps fotografias tiradas do topo de Uluru, o monólito aborígine sagrado que os visitantes estão proibidos de escalar desde o ano passado. De acordo com a …

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …