Fukushima está prestes a ficar sem espaço para armazenar a sua água radioativa

A limpeza da central nuclear de Fukushima está perante um grande obstáculo. Em apenas três anos, o projeto ficará sem espaço para conter as reservas cada vez maiores de água radioativa.

De acordo com o jornal japonês Asahi Shimbun, as autoridades agora estão a esforçar-se para saber o que fazer com a acumulação de água antes que seja tarde demais.

Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três reatores da central nuclear de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, sofreram colapsos catastróficos, no que se tornou o segundo desastre nuclear mais grave desde o evento de Chernobyl.

Embora agora seja estimado que até 96% da central elétrica possa ser acedida em segurança sem roupas de proteção, espera-se que sejam necessários mais 30 a 40 anos para descontaminar as áreas afetadas.

Como parte dessa limpeza contínua, cerca de mil tanques especializados foram construídos para armazenar as quantidades colossais de água que inundaram a partir da onda do tsunami ou foram usadas para arrefecer os reatores fundidos. Parte da água foi tratada através da remoção de césio, embora a maior parte permaneça radioativa devido à presença de trítio, um isótopo relativamente inofensivo de hidrogénio que é difícil separar da água.

Atualmente há mais de 1,15 milhão de toneladas dessa água radioativa armazenada nas instalações em 960 tanques e continua a acumular-se a uma taxa de cerca de 150 toneladas por dia, o que significa que os tanques podem atingir a sua capacidade plena até ao verão de 2022.

Autoridades japonesas e a Tokyo Electric Power Co. (TEPCO), que administra a fábrica e lidera o processo de limpeza, reuniram-se na semana passada para discutir as poucas opções em cima da mesa. O painel apresentou uma pequena quantidade de estratégias, incluindo a evaporação da água, a injeção no subsolo ou a construção de mais tanques de armazenamento a longo prazo.

Também houve a ideia de bombear gradualmente a água tratada para o Oceano Pacífico. Esta é a opção preferida pela Agência Internacional de Energia Atómica e pela Autoridade de Regulamentação Nuclear do Japão. No entanto, esta é uma escolha altamente impopular entre os moradores locais, pescadores e ambientalistas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …