Fukushima está prestes a ficar sem espaço para armazenar a sua água radioativa

A limpeza da central nuclear de Fukushima está perante um grande obstáculo. Em apenas três anos, o projeto ficará sem espaço para conter as reservas cada vez maiores de água radioativa.

De acordo com o jornal japonês Asahi Shimbun, as autoridades agora estão a esforçar-se para saber o que fazer com a acumulação de água antes que seja tarde demais.

Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três reatores da central nuclear de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, sofreram colapsos catastróficos, no que se tornou o segundo desastre nuclear mais grave desde o evento de Chernobyl.

Embora agora seja estimado que até 96% da central elétrica possa ser acedida em segurança sem roupas de proteção, espera-se que sejam necessários mais 30 a 40 anos para descontaminar as áreas afetadas.

Como parte dessa limpeza contínua, cerca de mil tanques especializados foram construídos para armazenar as quantidades colossais de água que inundaram a partir da onda do tsunami ou foram usadas para arrefecer os reatores fundidos. Parte da água foi tratada através da remoção de césio, embora a maior parte permaneça radioativa devido à presença de trítio, um isótopo relativamente inofensivo de hidrogénio que é difícil separar da água.

Atualmente há mais de 1,15 milhão de toneladas dessa água radioativa armazenada nas instalações em 960 tanques e continua a acumular-se a uma taxa de cerca de 150 toneladas por dia, o que significa que os tanques podem atingir a sua capacidade plena até ao verão de 2022.

Autoridades japonesas e a Tokyo Electric Power Co. (TEPCO), que administra a fábrica e lidera o processo de limpeza, reuniram-se na semana passada para discutir as poucas opções em cima da mesa. O painel apresentou uma pequena quantidade de estratégias, incluindo a evaporação da água, a injeção no subsolo ou a construção de mais tanques de armazenamento a longo prazo.

Também houve a ideia de bombear gradualmente a água tratada para o Oceano Pacífico. Esta é a opção preferida pela Agência Internacional de Energia Atómica e pela Autoridade de Regulamentação Nuclear do Japão. No entanto, esta é uma escolha altamente impopular entre os moradores locais, pescadores e ambientalistas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Alemão de 84 anos multado por possuir arsenal de armas da Segunda Guerra Mundial

Na terça-feira, um tribunal alemão condenou um homem de 84 anos por porte ilegal de armas. O idoso possuía um arsenal pessoal que incluía um tanque, um canhão antiaéreo e vários outros itens de equipamento …

Nicarágua. Ex-rainha de beleza detida (e libertada) após se candidatar às eleições

As autoridades de Nicarágua detiveram na quarta-feira, libertando de seguida, a ex-rainha de beleza Berenice Quezada, dois dias após esta se registar como candidata nas eleições de 7 de novembro. Segundo a coligação Citizens for Liberty, …

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …

México processa fabricantes de armas dos EUA para tentar deter comércio ilegal

O Governo do México lançou uma ação civil num tribunal do Massachusetts, nos Estados Unidos (EUA), contra um conjunto de fabricantes por "comércio negligente", visando deter o "tráfico ilegal" de armas através da fronteira, destinadas …

Afinal, Messi não vai renovar com o Barcelona

O internacional argentino não vai renovar contrato com o FC Barcelona, confirmou, esta quinta-feira, o clube catalão. Em comunicado publicado no seu site oficial, o FC Barcelona explica que, "apesar de ter chegado a acordo" com …

A Guerra Fria eclodiu nas piscinas de Tóquio. E promete continuar pelos Olímpicos fora

Após a final dos 200 metros costas, o nadador norte-americano Ryan Murphy sugeriu que acabara de participar numa prova que "provavelmente não foi limpa". O comentário foi interpretado como uma acusação a Evgeny Rylov, medalhado …

Moderna admite a necessidade de terceira dose da vacina este ano

A empresa biotecnológica norte-americana Moderna admitiu esta quinta-feira que será necessária uma terceira dose da sua vacina contra a covid-19 antes do fim do ano, devido ao esperado aumento de contágios causado pela variante Delta …