Fukushima causa uma morte por dia

Uma pessoa morre por dia em consequência do acidente nuclear na central de Fukushima, no Japão, especialmente devido aos efeitos psicológicos e físicos, revelou o ex-presidente da Comissão de Investigação do Acidente na Usina de Fukushima, Yotaro Hatamura.

Em março de 2011, um terramoto seguido de tsunami atingiu o Japão, causando explosões e fugas radioactivas  na região da central. Áreas inteiras tiveram que ser evacuadas e a comercialização de produtos agro-pecuários da região foi proibida.

Na altura do tsunami e terramoto, o sistema de refrigeração dos reactores foi desligado, fazendo com que três deles fundissem.

Os índices de radiação desse líquido, que fica contaminado ao entrar em contacto com o exterior dos tanques que armazenam a água usada no arrefecimento dos reactores, eram 24 vezes superiores ao limite permitido pelas autoridades japonesas em relação a derrames.

Segundo Yotaro Hatamura, 180 pessoas morreram nos últimos seis meses devido ao acidente de março de 2011. Para o ex-presidente da comissão, também investigador  e professor universitário, a crise nuclear no país tem causado stress, ansiedade e perturbações psicológicas, que, em muitos casos, são piores do que o dano físico.

Outro impacto que, de acordo com Hatamura, afecta muito a população, é a saída das famílias de suas casas, que gera mudanças repentinas. Estima-se que mais de 150 mil pessoas tenham sido recolocadas.

“Não se sabe quando parará de morrer gente, nem todos os efeitos que o acidente terá na saúde das pessoas”, disse Hatamura, que acredita que as autoridades japonesas se têm  concentrado mais em trabalhar dentro da central do em resolver as consequências que o acidente teve fora da área directamente atingida.

O relatório da Comissão de Investigação, presidido por Hatamura, determinou que a central nuclear não tinha planos de emergência e não estava preparada para reagir a um acidente da magnitude do que ocorreu. De acordo com o ex-presidente da comissão, a má gestão do acidente é uma das causas da contaminação continuada.

Recentemente, a passagem de um tufão pela região, no Nordeste do país, causou fugas nos tanques de contenção de água contaminada. Técnicos da central nuclear de  trabalharam em contra-rrelógio para que fosse possível conter a grande quantidade de água da chuva esperada nas instalações com a chegada de um segundo tufão num intervalo de apenas dez dias.

Suspeita-se de que o solo poderá ter sido contaminado.

Actualmente, o maior desafio da empresa Tokyo Electric Power (Tepco) é armazenar a grande quantidade de água usada para refrigerar os reactores, que com frequência vaza e desagua no Oceano Pacífico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Exilados sauditas sentem-se em perigo após dissidente desaparecer no Canadá

Exilados sauditas no Canadá temem que o dissidente que está de volta ao país de origem tenha sido forçado a revelar informações sobre a comunidade exilada. De acordo com o jornal Público, os exilados sauditas no …

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …

Apoio à família vai ser alargado a mais pais em teletrabalho. Tudo graças à oposição

Esta quarta-feira, vai subir a plenário o texto final que altera o apoio excecional à família para que chegue a mais portugueses. O alargamento do universo de potenciais beneficiários está no horizonte, nomeadamente com a …