Fisco espanhol aceita acordo de 18,8 milhões de euros com Cristiano Ronaldo

Peter Powell / EPA

Cristiano Ronaldo

A autoridade tributária aprovou o acordo alcançado por Cristiano Ronaldo com as autoridades espanholas, que prevê o pagamento de cerca de 18,8 milhões de euros por parte do craque português e a condenação a dois anos de prisão.

Fontes jurídicas disseram à agência EFE que o acordo de Cristiano Ronaldo exclui a prisão do avançado mediante a declaração de culpa por quatro delitos fiscais.

O acordo para pôr fim ao processo movido contra o jogador português por alegada fuga aos impostos foi assinado pelos advogados de Ronaldo e por representantes da administração fiscal, mas requeria ainda ratificação do Fisco, que tem agora novos responsáveis em função do novo Governo de Espanha.

CR7 estava acusado de ter, de forma “consciente”, criado empresas na Irlanda e nas Ilhas Virgens britânicas, para defraudar o fisco espanhol em 14.768.897 euros, cometendo quatro delitos contra os cofres do Estado espanhol, entre 2011 e 2014.

O acordo final revê a importância para 5,7 milhões de euros, mas o montante global, aos quais acrescem multa e juros, ascende a quase 19 milhões de euros. O capitão da seleção portuguesa também fica responsável pelo pagamento das custas judiciais, segundo as mesmas fontes.

Entre as posições do Fisco e do Ministério Público existia um desacordo sobre a condenação penal por uma multa, uma vez que a agência tributária rejeitava essa possibilidade, defendendo a manutenção da condenação e que, apesar de não cumprir pena de prisão, esta conte como antecedente e o impossibilite de reincidir.

Esta divergência deverá ser resolvida na presença do jogador, no tribunal de Pozuelo de Alarcón, onde foi ouvido em 31 de julho do ano passado, quando Ronaldo afirmou que “nunca” ocultou rendimentos, nem teve “intenção de fugir aos impostos”.

O português sublinhou que o fisco conhece todos os seus rendimentos porque nunca escondeu “nada, nem intenção de fugir aos impostos”.

Cristiano Ronaldo, de 33 anos, assinou recentemente um contrato válido por quatro temporadas com os italianos da Juventus, depois de nove épocas no Real Madrid.

PARTILHAR

RESPONDER

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …