Cristiano Ronaldo acusado de fraude de quase 15 milhões de euros

-

O Ministério Público de Madrid acusa o futebolista português de ter, de forma “consciente”, criado uma sociedade para defraudar o Fisco espanhol em 14,7 milhões de euros, segundo a agência de notícias espanhola EFE.

O jogador do Real Madrid é acusado de quatro delitos contra os cofres do Estado, cometidos entre 2011 e 2014, que contabilizam uma fraude tributária global de 14,7 milhões de euros.

Numa declaração enviada ao Tribunal de Instrução de Alarcón, em Madrid, o Ministério Público cita a recente sentença do Supremo Tribunal contra o futebolista Lionel Messi, do Barcelona, e escreve que Ronaldo se aproveitou de uma sociedade criada em 2010, para ocultar ao Fisco as receitas geradas em Espanha pelos seus direitos de imagem.

Isto, para o Fisco espanhol, supõe um incumprimento “voluntário” e “consciente” das suas obrigações fiscais em Espanha.

Ronaldo arrisca pena de prisão até 5 anos

O El País refere que estão em causa “1,39 milhões de euros em 2011; 1,66 milhões em 2012; 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014”.

De acordo com o jornal espanhol, os valores “superam os 120 mil euros anuais que convertem a fraude fiscal em delito” criminal, pelo que Cristiano Ronaldo arrisca vir a ser condenado a uma pena de prisão de um a cinco anos.

As suspeitas do Fisco começam logo depois da sua contratação pelo Real Madrid, em 2008. O El País transcreve o Ministério Público espanhol que nota que, “com a intenção de obter um benefício fiscal ilícito quando chegasse a Espanha“, Ronaldo “simulou ceder os seus direitos de imagem a uma sociedade chamada Tollin Associates LTD, domiciliada nas Ilhas Virgens Britânicas e da qual era sócio único”.

Essa sociedade cedeu então a exploração dos direitos de imagem de Ronaldo à sociedade Multisports&Image Management LTD, com sede na Irlanda. O MP espanhol entende que essa cessão era “completamente desnecessária e tinha somente como finalidade a interposição de uma tela para ocultar à Agência Estatal da Administração Tributária a totalidade dos rendimentos obtidos” com os seus direitos de imagem, refere o El País.

De acordo com os números avançados pelo Fisco espanhol, Ronaldo terá declarado apenas 11,5 milhões de euros, alusivos a direitos de imagem obtidos em Espanha, durante 2011 e 2014, quando, na verdade, terá recebido quase 43 milhões de euros.

Segundo o Fisco, o capitão da seleção portuguesa também classificou estes rendimentos como sendo provenientes de capital mobiliário, o que lhe permitiu reduzir “consideravelmente” a base obrigatória para declarar, aponta o El País.

O processo contra Ronaldo cita concretamente o caso que foi despoletado, por fraude fiscal, contra Messi e contra o pai do argentino e que acabou com a condenação do jogador a 21 meses de prisão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. O Jorge Mendes devia estar preso há muito tempo, ele é que gere as fortunas desses artista da bola, mas com um cérebro minúsculo… e cobra uma fatia gorda, podem estar certos!

  2. Para quem em 2015 pagou ao estado Espanhol cerca de 60 milhoes de euros ,é caso para dizer foge Ronaldo que é só ladroes atrás de ti ..phodasse o gajo ganha o dinheiro com o seu talento e roubam-no assim??? E se paga-se impostos em Portugal a taxa de IRS era de 56 ,ou seja mais 8 % que em Espanha% ,eu sei que ele ganha milhoes ,mas pagar uma taxa de 56 %aposto que qualquer um se sente ROUBADO e com uma VONTADINHA DE FUGIR OU ROUBO,56% É ROUBO estou ao lado do Ronaldo e de outros que sejam taxados a 56 %,até os gatunos roubam menos isso!

    • Então não queres que a grandes fortunas paguem mais?
      Queres portanto que seja o pequeno contribuinte a pagar forte e feio…
      Muito inteligente….

  3. Acho muito bem que o estado espanhol obrigue os grandes rendimentos a pagar grandes impostos, é esse um dos fins da politica fiscal. A que me custa a compreender para esta gente (jogadores de futebol) que ganham milhões se deixam sujar por uma ninharia dos seus rendimentos, não ficam mais pobres por pagarem o que a lei exige.
    A sociedade tem de ser solidária ninguém faz fortuna fora dela.

  4. No final da notícia vocês utilizam a palavra ‘despoletar’ em relação ao Messi, quer dizer que o caso terminou e nem sequer começou?! Se quiserem dizer que foi originado, começado, escrevam espoletar que é a forma correcta! A origem militar desta palavra tem a ver com tirar ou meter a cavilha ou espoleta duma granada, sendo que espoletar é tirar a cavilha e originar a explosão da mesma, despoletar é voltar a meter a cavilha para evitar a sua explosão. Linguistas já avisaram desta incorrecção na televisão e no rádio há muito tempo e pelos vistos não adianta, a classe jornalística continua a insistir no mesmo e a pôr a generalidade das pessoas a falar mal, irra!

    • Caro Fiscal de Português,

      Obrigado pelo seu reparo.

      O termo “despoletar” tem dois significados: “tirar a espoleta a um artefacto militar”, e “provocar”. É neste segundo sentido que é (correctamente) usado no nosso texto.

      Despoletar
      verbo transitivo
      1. Desarmar a espoleta ou o detonador, impedindo a explosão (ex.: despoletar uma granada). ≠ ESPOLETAR
      2. [Figurado] Retirar aquilo que permite uma acção (ex.: despoletar um movimento de contestação). = ANULAR, TRAVAR
      3. [Portugal] Fazer surgir (ex.: o artigo despoletou reacções violentas). = DEFLAGRAR, DESENCADEAR, OCASIONAR, PROVOCAR

      in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

    • Pois, quando se corrige, e ainda por cima se faz com tanta severidade e arrogância, convém pelo menos estarmos certos daquilo que dizemos, só para não fazermos figura de ursos, pois a imagem de arrogância dificilmente desaparecerá.
      Espoleta nada tem a ver com cavilha de segurança, pois se assim fosse despoletar (tirar a espoleta) não ofereceria qualquer dúvida quando ao significado de iniciar alguma coisa. Quando se tira a cavilha está-se a permitir deflagrar um engenho explosivo, está-se portanto a iniciar alguma coisa.
      A razão para o termo espoletar ser mais correcto (para os puristas) do que despoletar é precisamente porque espoleta não corresponde à cavilha de segurança, mas antes a uma carga explosiva pequena que permite activar um engenho explosivo (mais ou menos como o fulminante de uma bala ou de um cartucho). Sendo assim, despoletar (tirar a espoleta) impede a explosão ou o início de um evento, e espoletar (colocar a espoleta) permite a explosão ou o início de um acontecimento.
      Dizem, e é um facto, que a língua é um processo dinâmico e evolutivo. Ainda não percebi bem quem e como se decide que os significados se alteraram, mas se despoletar já está dicionarizado como iniciar alguma coisa, então já se pode utilizar com esse sentido (até porque a maioria da população sempre o fez).
      Apesar de tudo, e pelo que disse, eu continuo a usar espoletar, com humildade e sem arrogância.

  5. Caro representante do aeiou, nesse dicionário pode reparar qual a origem da palavra e que também o seu sentido figurado indicam o mesmo sentido do significado da palavra, ou seja, impedir que algo aconteça e não originar algo. O uso generalizado do significado errado da palavra, transmitido essencialmente pelos meios de comunicação social, é que tomou esta dimensão, e alguns dicionários entraram na moda, aproveitando a onda do novo acordo ortográfico. Aconselho-o a ler este artigo, http://linguamodadoisec.blogspot.pt/2008/03/sobre-o-verbo-despoletar.html, bem como os comentários por baixo, vai ficar mais esclarecido. Obrigado pela atenção.

  6. Pois, parece que o Fiscal de Português leu o artigo, memorizou a regra, mas não a percebeu…e isso é triste…ainda para mais quando depois se dispõe a apontar o dedo aos outros.
    Se a explicação fosse aquela que deu, que espoleta era a cavilha de uma granada, então o termo despoletar estava correctíssimo no sentido de iniciar alguma coisa e seria o único aceitável. É por muita gente pensar que espoleta é a cavilha que o termo despoletar se generalizou.
    O que eu acho incrível é alguém pensar que espoleta é a cavilha de segurança e depois encontrar lógica no uso do termo espoletar no sentido de iniciar alguma coisa…

    • Sim, realmente enganei-me, a cavilha é o que activa ou não a espoleta, não são a mesma coisa. Não me custa admitir. Se pareci arrogante é pela irritação que provococa o uso errado desta palavra, que não deixa de ser verdade. Se espoletar origina uma explosão (excluindo engenhos com pólvora seca!) e despoletar origina também qualquer coisa, a confusão entre os dois antónimos na posse dum real engenho explosivo pode dar asneira! Cabum!

RESPONDER

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …

Nem escondido num porta-bagagens Puigdemont vai poder regressar a Espanha

Espanha montou um sistema de vigilância para assegurar a prisão do líder independentista Carles Puigdemont no caso de este tentar regressar à Catalunha, mesmo que tente voltar escondido num porta-bagagens. O ministro da Administração Interna espanhol, …

Papa Francisco pede desculpa por ter "magoado" vítimas de abusos sexuais

Esta segunda-feira, Papa Francisco pediu desculpa às vítimas por ter usado uma expressão menos feliz ao exigir que apresentem provas de que o bispo chileno Juan Barros encobriu um sacerdote condenado por abusos sexuais. Durante a …