Cristiano Ronaldo acusado de fraude de quase 15 milhões de euros

-

O Ministério Público de Madrid acusa o futebolista português de ter, de forma “consciente”, criado uma sociedade para defraudar o Fisco espanhol em 14,7 milhões de euros, segundo a agência de notícias espanhola EFE.

O jogador do Real Madrid é acusado de quatro delitos contra os cofres do Estado, cometidos entre 2011 e 2014, que contabilizam uma fraude tributária global de 14,7 milhões de euros.

Numa declaração enviada ao Tribunal de Instrução de Alarcón, em Madrid, o Ministério Público cita a recente sentença do Supremo Tribunal contra o futebolista Lionel Messi, do Barcelona, e escreve que Ronaldo se aproveitou de uma sociedade criada em 2010, para ocultar ao Fisco as receitas geradas em Espanha pelos seus direitos de imagem.

Isto, para o Fisco espanhol, supõe um incumprimento “voluntário” e “consciente” das suas obrigações fiscais em Espanha.

Ronaldo arrisca pena de prisão até 5 anos

O El País refere que estão em causa “1,39 milhões de euros em 2011; 1,66 milhões em 2012; 3,2 milhões em 2013 e 8,5 milhões em 2014”.

De acordo com o jornal espanhol, os valores “superam os 120 mil euros anuais que convertem a fraude fiscal em delito” criminal, pelo que Cristiano Ronaldo arrisca vir a ser condenado a uma pena de prisão de um a cinco anos.

As suspeitas do Fisco começam logo depois da sua contratação pelo Real Madrid, em 2008. O El País transcreve o Ministério Público espanhol que nota que, “com a intenção de obter um benefício fiscal ilícito quando chegasse a Espanha“, Ronaldo “simulou ceder os seus direitos de imagem a uma sociedade chamada Tollin Associates LTD, domiciliada nas Ilhas Virgens Britânicas e da qual era sócio único”.

Essa sociedade cedeu então a exploração dos direitos de imagem de Ronaldo à sociedade Multisports&Image Management LTD, com sede na Irlanda. O MP espanhol entende que essa cessão era “completamente desnecessária e tinha somente como finalidade a interposição de uma tela para ocultar à Agência Estatal da Administração Tributária a totalidade dos rendimentos obtidos” com os seus direitos de imagem, refere o El País.

De acordo com os números avançados pelo Fisco espanhol, Ronaldo terá declarado apenas 11,5 milhões de euros, alusivos a direitos de imagem obtidos em Espanha, durante 2011 e 2014, quando, na verdade, terá recebido quase 43 milhões de euros.

Segundo o Fisco, o capitão da seleção portuguesa também classificou estes rendimentos como sendo provenientes de capital mobiliário, o que lhe permitiu reduzir “consideravelmente” a base obrigatória para declarar, aponta o El País.

O processo contra Ronaldo cita concretamente o caso que foi despoletado, por fraude fiscal, contra Messi e contra o pai do argentino e que acabou com a condenação do jogador a 21 meses de prisão.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. O Jorge Mendes devia estar preso há muito tempo, ele é que gere as fortunas desses artista da bola, mas com um cérebro minúsculo… e cobra uma fatia gorda, podem estar certos!

  2. Para quem em 2015 pagou ao estado Espanhol cerca de 60 milhoes de euros ,é caso para dizer foge Ronaldo que é só ladroes atrás de ti ..phodasse o gajo ganha o dinheiro com o seu talento e roubam-no assim??? E se paga-se impostos em Portugal a taxa de IRS era de 56 ,ou seja mais 8 % que em Espanha% ,eu sei que ele ganha milhoes ,mas pagar uma taxa de 56 %aposto que qualquer um se sente ROUBADO e com uma VONTADINHA DE FUGIR OU ROUBO,56% É ROUBO estou ao lado do Ronaldo e de outros que sejam taxados a 56 %,até os gatunos roubam menos isso!

    • Então não queres que a grandes fortunas paguem mais?
      Queres portanto que seja o pequeno contribuinte a pagar forte e feio…
      Muito inteligente….

  3. Acho muito bem que o estado espanhol obrigue os grandes rendimentos a pagar grandes impostos, é esse um dos fins da politica fiscal. A que me custa a compreender para esta gente (jogadores de futebol) que ganham milhões se deixam sujar por uma ninharia dos seus rendimentos, não ficam mais pobres por pagarem o que a lei exige.
    A sociedade tem de ser solidária ninguém faz fortuna fora dela.

  4. No final da notícia vocês utilizam a palavra ‘despoletar’ em relação ao Messi, quer dizer que o caso terminou e nem sequer começou?! Se quiserem dizer que foi originado, começado, escrevam espoletar que é a forma correcta! A origem militar desta palavra tem a ver com tirar ou meter a cavilha ou espoleta duma granada, sendo que espoletar é tirar a cavilha e originar a explosão da mesma, despoletar é voltar a meter a cavilha para evitar a sua explosão. Linguistas já avisaram desta incorrecção na televisão e no rádio há muito tempo e pelos vistos não adianta, a classe jornalística continua a insistir no mesmo e a pôr a generalidade das pessoas a falar mal, irra!

    • Caro Fiscal de Português,

      Obrigado pelo seu reparo.

      O termo “despoletar” tem dois significados: “tirar a espoleta a um artefacto militar”, e “provocar”. É neste segundo sentido que é (correctamente) usado no nosso texto.

      Despoletar
      verbo transitivo
      1. Desarmar a espoleta ou o detonador, impedindo a explosão (ex.: despoletar uma granada). ≠ ESPOLETAR
      2. [Figurado] Retirar aquilo que permite uma acção (ex.: despoletar um movimento de contestação). = ANULAR, TRAVAR
      3. [Portugal] Fazer surgir (ex.: o artigo despoletou reacções violentas). = DEFLAGRAR, DESENCADEAR, OCASIONAR, PROVOCAR

      in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

    • Pois, quando se corrige, e ainda por cima se faz com tanta severidade e arrogância, convém pelo menos estarmos certos daquilo que dizemos, só para não fazermos figura de ursos, pois a imagem de arrogância dificilmente desaparecerá.
      Espoleta nada tem a ver com cavilha de segurança, pois se assim fosse despoletar (tirar a espoleta) não ofereceria qualquer dúvida quando ao significado de iniciar alguma coisa. Quando se tira a cavilha está-se a permitir deflagrar um engenho explosivo, está-se portanto a iniciar alguma coisa.
      A razão para o termo espoletar ser mais correcto (para os puristas) do que despoletar é precisamente porque espoleta não corresponde à cavilha de segurança, mas antes a uma carga explosiva pequena que permite activar um engenho explosivo (mais ou menos como o fulminante de uma bala ou de um cartucho). Sendo assim, despoletar (tirar a espoleta) impede a explosão ou o início de um evento, e espoletar (colocar a espoleta) permite a explosão ou o início de um acontecimento.
      Dizem, e é um facto, que a língua é um processo dinâmico e evolutivo. Ainda não percebi bem quem e como se decide que os significados se alteraram, mas se despoletar já está dicionarizado como iniciar alguma coisa, então já se pode utilizar com esse sentido (até porque a maioria da população sempre o fez).
      Apesar de tudo, e pelo que disse, eu continuo a usar espoletar, com humildade e sem arrogância.

  5. Caro representante do aeiou, nesse dicionário pode reparar qual a origem da palavra e que também o seu sentido figurado indicam o mesmo sentido do significado da palavra, ou seja, impedir que algo aconteça e não originar algo. O uso generalizado do significado errado da palavra, transmitido essencialmente pelos meios de comunicação social, é que tomou esta dimensão, e alguns dicionários entraram na moda, aproveitando a onda do novo acordo ortográfico. Aconselho-o a ler este artigo, http://linguamodadoisec.blogspot.pt/2008/03/sobre-o-verbo-despoletar.html, bem como os comentários por baixo, vai ficar mais esclarecido. Obrigado pela atenção.

  6. Pois, parece que o Fiscal de Português leu o artigo, memorizou a regra, mas não a percebeu…e isso é triste…ainda para mais quando depois se dispõe a apontar o dedo aos outros.
    Se a explicação fosse aquela que deu, que espoleta era a cavilha de uma granada, então o termo despoletar estava correctíssimo no sentido de iniciar alguma coisa e seria o único aceitável. É por muita gente pensar que espoleta é a cavilha que o termo despoletar se generalizou.
    O que eu acho incrível é alguém pensar que espoleta é a cavilha de segurança e depois encontrar lógica no uso do termo espoletar no sentido de iniciar alguma coisa…

    • Sim, realmente enganei-me, a cavilha é o que activa ou não a espoleta, não são a mesma coisa. Não me custa admitir. Se pareci arrogante é pela irritação que provococa o uso errado desta palavra, que não deixa de ser verdade. Se espoletar origina uma explosão (excluindo engenhos com pólvora seca!) e despoletar origina também qualquer coisa, a confusão entre os dois antónimos na posse dum real engenho explosivo pode dar asneira! Cabum!

RESPONDER

Encontrada a primeira prova de experimentação cirúrgica num animal

O crânio de uma vaca do período Neolítico é agora considerado como a primeira evidência de experimentação cirúrgica num animal. Há mais de 30 anos, foi encontrado o crânio de uma vaca num sítio arqueológico do …

Estoril vs Benfica | Salvio em cima do gongo

O Benfica arrancou um suado triunfo por 2-1 na visita ao Estoril Praia. A formação benfiquista marcou primeiro, foi superior no primeiro tempo, mas no segundo, os “canarinhos” deram a volta ao texto e justificaram …

Cientistas criam "tatuagem biomédica" para detetar vários tipos de cancro

Cientistas suíços desenvolveram uma "tatuagem biomédica" que escurece quando deteta mudanças no corpo que podem indicar a presença de cancro. Os investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, desenvolveram uma "tatuagem biomédica" …

Vinho tinto e frutos vermelhos podem prevenir doenças mentais

As substâncias presentes nos frutos vermelhos e no vinho tinto podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas. Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que as substâncias …

Karl Lagerfeld: "Se não querem que vos baixem as calças, não sejam modelos"

O designer não ficou calado e fez declarações sobre queixas de assédio sexual na indústria do cinema e da moda à revista francesa Número Magazine. Karl Lagerfeld, designer de moda e responsável pela Fendi e Chanel, …

Descobertas acidentalmente ossadas humanas com mil anos enterradas duas vezes

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico Nacional do México descobriu restos mortais de antigos indígenas que datam do ano de 1100 d.C.. Fósseis humanos com cerca de mil anos foram encontrados na praia de El …

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …