Supremo confirma pena de 21 meses de prisão a Messi

O Tribunal Supremo espanhol confirmou, esta quarta-feira, a pena de 21 meses de prisão para o jogador do Barcelona e para o pai por delito fiscal.

Segundo o El Mundo, o Tribunal Supremo espanhol confirmou hoje a condenação imposta a Leonel Messi e ao seu pai, Jorge Horacio Messi, por delito fiscal. O craque argentino foi condenado, em julho do ano passado, a uma pena de 21 meses de prisão, e o progenitor acabou por ver a sua pena reduzida para 15 meses. O jogador do Barcelona e o pai também foram multados num total de 3,7 milhões de euros.

Em causa está o facto de os dois familiares terem escondido 4,1 milhões de euros relativos a direitos de imagem ao Estado espanhol em 2007, 2008 e 2009, através de uma estrutura de empresas em paraísos fiscais.

Logo depois da condenação, o jogador do Barcelona recorreu da sentença. Messi defendeu-se dizendo que “só jogava futebol” e que “assinava os contratos porque confiava no pai e nos advogados que tinha para tratar dessas coisas”.

De acordo com a decisão do Supremo, o jogador do Barça conhecia “inequivocamente” a sua obrigação de tributar os benefícios conseguidos com a exploração dos seus direitos de imagem.

Apesar da decisão do Supremo, os dois podem facilmente escapar à prisão porque em Espanha as penas inferiores a dois anos não são habitualmente cumpridas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os primeiros resultados dos Censos: Portugal perdeu população pela primeira vez desde 1970

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou, esta quarta-feira, os primeiros resultados dos Censos 2021, cujas respostas por via digital ultrapassaram os 99%. Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os …

Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma. O indicador destaca ainda que os portugueses …

Moedas fecha lista para a Câmara de Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, já fechou a equipa que o vai acompanhar nas próximas autárquicas. O anúncio de que a lista de Carlos Moedas para a Câmara de Lisboa está fechada será …

Abaixo-assinado apelida Bolsonaro de genocida após 550.000 mortes no Brasil

Dezenas de personalidades e organizações da sociedade civil portuguesa subscreveram um abaixo-assinado de solidariedade internacional para com o Brasil, no qual apelidam o Presidente, Jair Bolsonaro, de "genocida" após mais de 550.000 mortes devido à …

Jovens com 18 ou mais anos já podem agendar a vacina contra a covid-19

O autoagendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, esta quarta-feira, no portal da Direção-Geral da Saúde (DGS). "O auto-agendamento para os utentes com idade igual ou superior a …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …