Fim das taxas moderadoras custa mais de cem milhões de euros por ano

O diploma aprovado, na última semana, no Parlamento para acabar com a maioria das taxas moderadoras vai custar ao Estado mais de cem milhões de euros por ano.

O projeto de lei do Bloco do Esquerda fará com que só se mantenham em vigor as taxas moderadoras cobradas nas urgências hospitalares, acabando as que são pagas nos centros de saúde e em atos prescritos dentro do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

De acordo com os dados da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), aos quais a TSF teve acesso, revelam que em 2018 os proveitos com taxas moderadoras provenientes das urgências ascenderam a 20 milhões de euros.

Por outro lado, as receitas “dos cuidados de saúde primários, excluindo as urgências, foram de 86,5 milhões de euros” e “os proveitos dos hospitais, sem urgências, foram de 54,5 milhões de euros”, ou seja, somando, bem mais que os tais cem milhões de euros.  Para 2019, o Orçamento de Estado previa cerca de 160 milhões de euros de receitas totais com taxas moderadoras.

Na passada sexta-feira, o Parlamento aprovou na generalidade, com votos contra do CDS-PP, um projeto de lei do BE que põe fim às taxas moderadoras nos cuidados de saúde primários e em todos os atos prescritos por profissionais do SNS. O fim das taxas moderadoras vai incluir também as consultas de especialidade nos hospitais que são prescritas pelos médicos de família, as consultas de seguimento decididas pelos profissionais dos hospitais ou exames prescritos pelos médicos do SNS.

Acabam ainda as taxas moderadoras no atendimento, consultas e outras prestações de saúde no âmbito dos cuidados de saúde primários, bem como em “consultas, atos complementares prescritos e outras prestações de saúde, se a origem de referenciação para estas for o SNS“.

Esta cobrança só irá existir no caso das urgências hospitalares, sendo que já estão dispensados os utentes encaminhados para a urgência pelo centro de saúde, pelo INEM ou pelo centro de atendimento SNS 24.

A proposta do BE, aprovada na generalidade, será agora detalhada na comissão parlamentar de Saúde e só entra em vigor depois desta discussão e de ser definitivamente aprovada. A cobrança de taxas moderadoras representa cerca de 2% do orçamento do SNS, sendo que a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares já disse que quer saber como é que os hospitais vão ser compensados pela perda desta receita.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Se não quer que a Alexa e a Siri ouçam a sua vida privada, basta usar uma "pulseira do silêncio"

Uma equipa de professores de ciência da computação da Universidade de Chicago inventou uma pulseira especial que interfere com todos os microfones próximos, incluindo os dos altifalantes e assistentes inteligentes. As câmaras de segurança e altifalantes …

Algoritmo analisa textos de Edgar Allan Poe e indica que autor pode não ter cometido suicídio

Através de um algoritmo que identifica marcadores linguísticos de depressão e cognição suicida, investigadores norte-americanos que o escritor Edgar Allan Poe pode não ter cometido suicídio. Nesta análise, investigadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos …

Mudanças climáticas estão a secar um rio que fornece água a milhões de pessoas nos Estados Unidos

As mudanças climáticas reduziram drasticamente o fluxo do rio Colorado, nos Estados Unidos, deixando em risco o abastecimento de cerca de 40 milhões de pessoas e milhões de hectares de terrenos agrícolas. O alerta consta …

Trump vai vender helicópteros militares à Índia no valor de 2,7 mil milhões de euros

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, anunciou na segunda-feira que vai vender helicópteros militares à Índia no valor de 2,7 mil milhões de euros, à chegada à cidade de Ahmedabad, para uma visita …

Vale e Azevedo livre de processo de desvio de fundos do Benfica

O Tribunal Judicial de Lisboa declarou a prescrição do processo em que o antigo presidente do Benfica João Vale e Azevedo era acusado de ter desviado dinheiro do clube. O Tribunal Judicial de Lisboa declarou, na …

O Pentágono acabou de simular uma guerra nuclear com a Rússia

O Pentágono realizou um exercício de treino na semana passada, no qual simulou uma guerra nuclear com a Rússia. Apesar de ser comum passar por conflitos simulados, é incomum divulgá-los.  De acordo com a National Defense …

Novo passaporte britânico é desenhado em França e feito na Polónia

A ministra do Interior britânica, Priti Patel, apresentou no sábado os novos passaportes. Começam a ser emitidos em março e recuperam a cor azul que tinham antes de 1988, quando o Reino Unido se juntou …

Confirmados resultados das presidenciais da Guiné-Bissau e vitória de Sissoco Embaló

A Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau confirmou os resultados das eleições presidenciais e a vitória de Umaro Sissoco Embaló. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Guiné-Bissau confirmou esta terça-feira os resultados das eleições presidenciais …

Multimilionário Warren Buffett revela qual é "o melhor negócio do mundo"

O investidor e empresário norte-americano Warren Buffett revelou que, para ele, a Apple é "o melhor negócio do mundo" na segunda-feira, durante uma entrevista ao canal da CNBC. Em declarações ao canal, o multimilionário de 89 …

"Até Ronaldinho foi melhor do que Lionel Messi", diz antigo guarda-redes argentino

O ex-guarda-redes argentino Hugo Gatti disse que Lionel Messi "está muito longe" em comparação com os jogadores que viu jogar. O antigo guarda-redes argentino Hugo Gatti falou sobre Lionel Messi e comparou o internacional albiceleste com …