Filho do inventor do aspirador sem saco lançou lâmpada que dura a vida inteira

Jake Dyson Lighting

Lâmpada CSYS

Jake Dyson conseguiu criar uma lâmpada com durabilidade praticamente infinita, capaz de durar por mais de 40 anos, que pode ser a luz mais inteligente, mais barata e mais amiga do ambiente já desenvolvida.

Dyson é o fundador da Jake Dyson Lighting, nascida em 2004 e incorporada recentemente nos negócios do pai, James Dyson, que inventou o Dual Cyclone, o primeiro aspirador sem saco.

Até ao momento, a empresa vende apenas dois modelos de lâmpadas: a CSYS, uma lâmpada de chão e mesa, e a Cu-Beam, de teto. Ambos os modelos contam com LEDs que Dyson projetou para durar uma vida inteira.

De acordo com o criador, as luzes tradicionais não são desenvolvidas com a proteção de calor necessária aos seus LEDs, e por isso resolveu investir em tecnologia capaz de aumentar a longevidade das lâmpadas.

A diferença está em apenas uma peculiaridade na sua fabricação: a otimização da dissipação de calor. O segredo da grande duração do produto é fazer com que a temperatura dos LEDs não se mantenha muito alta.

Jake Dyson Lighting

Sem os danos causados pelo calor, os LEDs de Dyson podem durar, pelo menos, 40 anos a brilhar plenamente.

O mais interessante é que, mesmo depois disso, a lâmpada não deixará de funcionar. Segundo o inventor, os LEDs continuarão em atividade, mas com cerca de 70% de sua intensidade original.

O que separa a empresa de Dyson dos seus concorrentes é que a maioria das empresas simplesmente deixa que as lâmpadas aqueçam. Mesmo podendo poupar aos clientes a tarefa de substituí-las através da tecnologia de dissipação de calor, os fabricantes ainda optam por trabalhar com baixos investimentos.

Dyson explica que “o mercado de lâmpadas descartáveis ​​vale milhares de milhões de dólares por ano em todo o mundo, e por isso alguns fabricantes não estão interessados ​​na criação de produtos de iluminação que duram uma vida”.

O inventor revela que o seu objetivo mais ambicioso não é apenas reinventar a lâmpada, mas sim mudar a forma como as pessoas pensam sobre a iluminação em geral, principalmente porque a redução do desperdício também ajudaria na construção de um planeta mais verde e sustentável.

Canal Tech

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Se ler bem, o tópico da notícia, refere que foi o “(…) inventor do aspirador sem saco…” e não do aspirador.

      A ver: ” TECNOLOGIA ENERGIA, INOVAÇÃO
      FILHO DO INVENTOR DO ASPIRADOR SEM SACO LANÇOU LÂMPADA QUE DURA A VIDA INTEIRA “

  1. A descrição que fazem desta suposta criação de uma lâmpada infinita…a meu ver não é mais do que uma correcta utilização e dimensionamento térmico da utilização do LED, que qualquer fabricante pode fazer e muitos fabricantes fazem. Na verdade não se pode nem se deve falar em anos sem indicar quantas horas de funcionamento diário de utilização. O correcto é falar em horas somente e em que tipo de regime se está a usar a fonte de iluminação…na verdade não percebo porque é que este assunto é noticia!

  2. O maior problema das lâmpadas LED, e das economizadoras, costuma ser na eletrónica de controlo e é esta que falha mais. (Claro que é necessário dissipar o calor gerado nos Leds). Um LED branco individual funciona com cerca de 3 volts de tensão contínua. A nossa alimentação elétrica é de 240 V AC, isto é varia aproximadamente de -340 a +340 volts, cinquenta vezes por segundo, é na eletrónica de conversão das tensões e de controlo da corrente de funcionamento que há mais falhas.
    Todos os construtores podem fabricar lâmpadas com mais durabilidade mas à custa do aumento substancial do preço. Esta é a informação que falta na notícia! Qual é o preço?

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …