Filho do inventor do aspirador sem saco lançou lâmpada que dura a vida inteira

Jake Dyson Lighting

Lâmpada CSYS

Jake Dyson conseguiu criar uma lâmpada com durabilidade praticamente infinita, capaz de durar por mais de 40 anos, que pode ser a luz mais inteligente, mais barata e mais amiga do ambiente já desenvolvida.

Dyson é o fundador da Jake Dyson Lighting, nascida em 2004 e incorporada recentemente nos negócios do pai, James Dyson, que inventou o Dual Cyclone, o primeiro aspirador sem saco.

Até ao momento, a empresa vende apenas dois modelos de lâmpadas: a CSYS, uma lâmpada de chão e mesa, e a Cu-Beam, de teto. Ambos os modelos contam com LEDs que Dyson projetou para durar uma vida inteira.

De acordo com o criador, as luzes tradicionais não são desenvolvidas com a proteção de calor necessária aos seus LEDs, e por isso resolveu investir em tecnologia capaz de aumentar a longevidade das lâmpadas.

A diferença está em apenas uma peculiaridade na sua fabricação: a otimização da dissipação de calor. O segredo da grande duração do produto é fazer com que a temperatura dos LEDs não se mantenha muito alta.

Jake Dyson Lighting

Sem os danos causados pelo calor, os LEDs de Dyson podem durar, pelo menos, 40 anos a brilhar plenamente.

O mais interessante é que, mesmo depois disso, a lâmpada não deixará de funcionar. Segundo o inventor, os LEDs continuarão em atividade, mas com cerca de 70% de sua intensidade original.

O que separa a empresa de Dyson dos seus concorrentes é que a maioria das empresas simplesmente deixa que as lâmpadas aqueçam. Mesmo podendo poupar aos clientes a tarefa de substituí-las através da tecnologia de dissipação de calor, os fabricantes ainda optam por trabalhar com baixos investimentos.

Dyson explica que “o mercado de lâmpadas descartáveis ​​vale milhares de milhões de dólares por ano em todo o mundo, e por isso alguns fabricantes não estão interessados ​​na criação de produtos de iluminação que duram uma vida”.

O inventor revela que o seu objetivo mais ambicioso não é apenas reinventar a lâmpada, mas sim mudar a forma como as pessoas pensam sobre a iluminação em geral, principalmente porque a redução do desperdício também ajudaria na construção de um planeta mais verde e sustentável.

Canal Tech

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Se ler bem, o tópico da notícia, refere que foi o “(…) inventor do aspirador sem saco…” e não do aspirador.

      A ver: ” TECNOLOGIA ENERGIA, INOVAÇÃO
      FILHO DO INVENTOR DO ASPIRADOR SEM SACO LANÇOU LÂMPADA QUE DURA A VIDA INTEIRA “

  1. A descrição que fazem desta suposta criação de uma lâmpada infinita…a meu ver não é mais do que uma correcta utilização e dimensionamento térmico da utilização do LED, que qualquer fabricante pode fazer e muitos fabricantes fazem. Na verdade não se pode nem se deve falar em anos sem indicar quantas horas de funcionamento diário de utilização. O correcto é falar em horas somente e em que tipo de regime se está a usar a fonte de iluminação…na verdade não percebo porque é que este assunto é noticia!

  2. O maior problema das lâmpadas LED, e das economizadoras, costuma ser na eletrónica de controlo e é esta que falha mais. (Claro que é necessário dissipar o calor gerado nos Leds). Um LED branco individual funciona com cerca de 3 volts de tensão contínua. A nossa alimentação elétrica é de 240 V AC, isto é varia aproximadamente de -340 a +340 volts, cinquenta vezes por segundo, é na eletrónica de conversão das tensões e de controlo da corrente de funcionamento que há mais falhas.
    Todos os construtores podem fabricar lâmpadas com mais durabilidade mas à custa do aumento substancial do preço. Esta é a informação que falta na notícia! Qual é o preço?

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …