Figueira da Foz diz não a Santana nas autárquicas. IL quer caras novas, mas guarda fichas para apostar em Mayan

Mário Cruz / Lusa

Pedro Santana Lopes

As estruturas locais da Figueira da Foz rejeitaram Pedro Santana Lopes e a concelhia já escolheu outro candidato social-democrata para as autárquicas. O Iniciativa Liberal quer apostar as fichas todas em caras novas, mas deixa algumas para o desconhecido que conseguiu mais de 3% nas Presidenciais: Tiago Mayan.

Quer da parte da concelhia, quer da distrital, o nome Pedro Santana Lopes nunca esteve em cima da mesa. Em declarações ao Observador, Ricardo Silva, presidente da concelhia do PSD/Figueira da Foz, disse que “já decidiu, a comissão política distrital concordou, o candidato já aceitou e até já falou com a secretaria-geral”.

O responsável não revelou o nome do candidato para as autárquicas, mas o diário avança que é Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro desde 2008.

Rui Rio, líder do PSD, deixou claro que militantes de outros partidos não seriam candidatos nas listas do PSD, mas que aceitaria independentes. Santana Lopes resolveu esse problema, ao desfiliar-se do Aliança.

No entanto, da parte da Figueira da Foz, nunca houve abertura para Santana. Aliás, em junho, quando se candidatou, Ricardo Silva defendeu que o candidato à autarquia deveria ser Pedro Machado. O nome, agora, é consensual, já que a estrutura acredita que tem hipóteses de vencer e conquistar eleitorado ao PS.

Joaquim de Sousa, antigo presidente da câmara da Figueira da Foz (entre 1980-82), foi uma das vozes que se ergueu contra Santana Lopes. Ao diário, disse que colocar Santana como candidato do PSD seria uma”péssima ideia”, lembrando que a autarquia andou “20 anos a pagar a dívida que ele deixou”.

IL: Novos rostos e um desconhecido capaz

O Iniciativa Liberal já está a preparar a sua “estratégia autárquica”: ir “sozinho a todas as eleições locais”, com algumas exceções. João Cotrim Figueiredo revelou ao Observador que estão a ser preparadas candidaturas para 40 a 50 concelhos e “cabem no dedo de uma mão e talvez sobrem” os concelhos em que haverá acordos pré-eleitorais.

“Existir alguém independente ou ligado a outros partidos que tenha uma visão verdadeiramente liberal” ou um caso “em que seja possível acabar com a hegemonia de alguma força política que seja manifestamente pouco liberal” são as exceções – e o Porto pode ser uma delas.

Uma fonte do partido revelou ao matutino que Rui Moreira já está num segundo mandato e preside uma câmara onde “há muitos membros e simpatizantes que estão envolvidos no movimento liberal”, pelo que existe a “possibilidade de pessoas do IL estarem integradas na lista de Rui Moreira“.

Quanto a Tiago Mayan Gonçalves, não há certezas de que será um dos nomes escolhidos para o Porto. Ainda assim, Cotrim Figueiredo não tem dúvidas de que “não aproveitar esse ativo político” seria um desperdício, só falta decidir “em que batalhas”.

Se Mayan e Moreira se encontram nas autárquicas, ainda não se sabe. Certo é que o Iniciativa Liberal deixa a porta aberta a um entendimento no Porto com Rui Moreira, o que recusa noutros locais do país.

Em Lisboa, por exemplo, já está a ser cozinhada uma candidatura liberal. Fontes do partido avançaram ao Observador que a candidatura deve implicar “novos rostos” e não políticos conhecidos, “independentemente de serem membros do partido ou virem de fora”.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mas estes aventesmas não descolam do poder! Portugal precisa de sangue novo na política, a maior parte dos políticos de hoje , ou v~em desde o 25 de Abril ou então são notinhas que não passam das vozes do dono!

  2. Fundou um partido para sacar mais algum ao país sem fazer nada de útil e, como não correu bem, quer voltar à mama antiga…
    Este parasita é uma autêntica nulidade em tudo por onde passa… um verdadeiro dinossauro sem o mínimo de vergonha e com uma lata infinita!

  3. Este e vários outros que por aí andam de poleiro em poleiro não passam de troca-tintas e na Figueira da Foz só fizeram bem ter-lhe apontado o caminho merecido! Pena é não haver gente séria em cada partido capaz de apontar o caminho certo a estes oportunistas em vez de darem-lhes cobertura e por sua vez descredibilizarem ainda mais a política.

RESPONDER

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …

Reino Unido quer reconhecer animais como seres com sentimentos

O Governo britânico anunciou um amplo plano de defesa dos animais que inclui medidas como o reconhecimento dos animais como seres com sentimentos, a proibição da exportação de animais vivos e da importação de troféus …

PAN rejeita "via verde" para o Governo (e admite travar próximo Orçamento "se necessário")

O PAN não pretende oferecer “uma via verde para o Governo fazer o que bem entender” e admite mesmo travar o Orçamento de Estado "se for necessário". As palavras são da presidente do Grupo Parlamentar do …

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …