“Ficar com o bolo e comê-lo”: planos secretos do Brexit apanhados por paparazzo

surreynews / Flickr

Theresa May, primeira-ministra britânica

Theresa May, primeira-ministra britânica

Um fotógrafo apanhou, graças a uma lente de grande alcance, um documento escrito à mão que terá rabiscados os planos do Reino Unido para a saída da União Europeia, o chamado Brexit.

Os supostos planos foram fotografados nas mãos de uma assistente do vice-presidente do Partido Conservador, Mark Field, à saída de uma reunião com elementos do chamado Departamento do Brexit.

“Qual é o modelo? Ficar com o bolo e comê-lo“, é uma das frases que a comunicação social britânica realça deste documento. A expressão é equiparável a algo como “ficar com o burro e o dinheiro do burro”, que seria mais usada em Portugal, neste contexto.

A BBC explica que “ficar com o bolo e comê-lo” é uma referência a uma frase de Boris Johnson, elemento do Partido Conservador e Secretário de Estado do Reino Unido para os Assuntos Externos, e ilustra a intenção de participar plenamente no mercado único europeu, sem ter que cumprir as obrigações quanto à imigração e à liberdade de circulação dos cidadãos europeus.

Mas, das notas escrevinhadas à mão, fica ainda patente a ideia de que “é improvável” que o Reino Unido consiga manter-se no mercado único europeu, depois do Brexit.

Há também referências às dificuldades nas negociações em Bruxelas, relevando-se especialmente que a equipa da União Europeia é “muito francesa” e que é preciso “garantir um processo justo”.

“Serviços mais difíceis porque os franceses esperam por negócios”, nota o documento, sublinhando que “os franceses serão provavelmente os mais difíceis” nas negociações.

Governo de May distancia-se do documento

O governo de Theresa May já veio negar que estas notas sejam, de facto, os planos oficiais para o Brexit.

“Estas notas individuais não pertencem a representantes do governo ou a um conselheiro especial. Não reflectem a posição do governo em relação às negociações do Brexit”, salienta uma nota oficial divulgada pela BBC.

Certo é que a oposição já está a aproveitar o caso para atacar o governo e Keir Starmer, do Partido Trabalhista, destaca que “estas revelações são significativas porque sugerem que o governo não vai sequer lutar pelo mercado único ou pela união de alfândegas nas negociações”.

“Se for esse o caso, haverá implicações enormes para a economia, os negócios e os empregos no Reino Unido”, sustenta Starmer, apelando ao governo para “publicar um plano claro para o Brexit” para “acabar com esta incerteza desnecessária”.

Entretanto, as repercussões também já se sentem no seio da União Europeia, com o primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, a lamentar a postura britânica.

Eles querem ter o seu bolo, comê-lo e receber um sorriso do pasteleiro, mas não as outras coisas… Há valores europeus que não se podem separar. Não se podem escolher as cerejas”, frisa Bettel, citado pelo jornal The Independent.

Pelas redes sociais, também há muitas referências ao caso e há quem note que tudo isto parece uma “lamentável porcaria” ou que é, antes, um “estratagema ardiloso para fingir que [os britânicos] não têm ideia” como concretizar o Brexit.

https://twitter.com/mkpdavies/status/803554799862038528

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Com tudo isto os ingleses uma vez mais irão comandar as negociações como bem entenderem e os restantes europeus acabarão por assinar como de costume.

RESPONDER

As rãs de cristal revelaram uma nova forma de camuflagem

As rãs de cristal são bem conhecidas pela sua pele transparente, mas, até agora, o motivo desta curiosa característica não tinha recebido atenção experimental. Uma equipa de cientistas da Universidade de Bristol, no Reino Unido, da …

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …