“Ficar com o bolo e comê-lo”: planos secretos do Brexit apanhados por paparazzo

surreynews / Flickr

Theresa May, primeira-ministra britânica

Theresa May, primeira-ministra britânica

Um fotógrafo apanhou, graças a uma lente de grande alcance, um documento escrito à mão que terá rabiscados os planos do Reino Unido para a saída da União Europeia, o chamado Brexit.

Os supostos planos foram fotografados nas mãos de uma assistente do vice-presidente do Partido Conservador, Mark Field, à saída de uma reunião com elementos do chamado Departamento do Brexit.

“Qual é o modelo? Ficar com o bolo e comê-lo“, é uma das frases que a comunicação social britânica realça deste documento. A expressão é equiparável a algo como “ficar com o burro e o dinheiro do burro”, que seria mais usada em Portugal, neste contexto.

A BBC explica que “ficar com o bolo e comê-lo” é uma referência a uma frase de Boris Johnson, elemento do Partido Conservador e Secretário de Estado do Reino Unido para os Assuntos Externos, e ilustra a intenção de participar plenamente no mercado único europeu, sem ter que cumprir as obrigações quanto à imigração e à liberdade de circulação dos cidadãos europeus.

Mas, das notas escrevinhadas à mão, fica ainda patente a ideia de que “é improvável” que o Reino Unido consiga manter-se no mercado único europeu, depois do Brexit.

Há também referências às dificuldades nas negociações em Bruxelas, relevando-se especialmente que a equipa da União Europeia é “muito francesa” e que é preciso “garantir um processo justo”.

“Serviços mais difíceis porque os franceses esperam por negócios”, nota o documento, sublinhando que “os franceses serão provavelmente os mais difíceis” nas negociações.

Governo de May distancia-se do documento

O governo de Theresa May já veio negar que estas notas sejam, de facto, os planos oficiais para o Brexit.

“Estas notas individuais não pertencem a representantes do governo ou a um conselheiro especial. Não reflectem a posição do governo em relação às negociações do Brexit”, salienta uma nota oficial divulgada pela BBC.

Certo é que a oposição já está a aproveitar o caso para atacar o governo e Keir Starmer, do Partido Trabalhista, destaca que “estas revelações são significativas porque sugerem que o governo não vai sequer lutar pelo mercado único ou pela união de alfândegas nas negociações”.

“Se for esse o caso, haverá implicações enormes para a economia, os negócios e os empregos no Reino Unido”, sustenta Starmer, apelando ao governo para “publicar um plano claro para o Brexit” para “acabar com esta incerteza desnecessária”.

Entretanto, as repercussões também já se sentem no seio da União Europeia, com o primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, a lamentar a postura britânica.

Eles querem ter o seu bolo, comê-lo e receber um sorriso do pasteleiro, mas não as outras coisas… Há valores europeus que não se podem separar. Não se podem escolher as cerejas”, frisa Bettel, citado pelo jornal The Independent.

Pelas redes sociais, também há muitas referências ao caso e há quem note que tudo isto parece uma “lamentável porcaria” ou que é, antes, um “estratagema ardiloso para fingir que [os britânicos] não têm ideia” como concretizar o Brexit.

https://twitter.com/mkpdavies/status/803554799862038528

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Com tudo isto os ingleses uma vez mais irão comandar as negociações como bem entenderem e os restantes europeus acabarão por assinar como de costume.

Responder a Vasco Cancelar resposta

Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Um campeão categórico, Ronaldo fora do pódio e uma equipa a pé até ao estádio

O FC Porto goleou o vizinho Boavista, o Benfica ficou a lamentar tanto desperdício e o Sporting entrou a ganhar no campeonato. Destaque ainda para o Santa Clara, Rúben Dias, João Félix, Ronaldo e Messi... e …

A mais longa quarentena do mundo vai ser prolongada mais um mês

A quarentena em Manila devido à covid-19, a mais longa do mundo atualmente, será prolongada por mais um mês até 31 de outubro, anunciaram esta terça-feira as autoridades. Mais um mês significa que número total de …

Media Capital. Mário Ferreira apresenta queixa na ERC contra a Cofina

O empresário, acionista da Media Capital, entregou, esta segunda-feira, uma queixa na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) contra o grupo Cofina pelo ataque de que considera ser vítima. De acordo com Mário Ferreira, nos …

Uber vence batalha judicial e prolonga licença para operar em Londres

A Uber ganhou, esta segunda-feira, um recurso legal sobre a revogação da sua licença para operar em Londres, garantindo por enquanto a continuação da empresa num dos seus maiores mercados. De acordo com o Wall Street …

Ordenados "não podem ser cortados", diz comissário. Proposta sobre salário mínimo apresentada em outubro

O comissário europeu do Emprego e Direitos Sociais, Nicolas Schmit, reconheceu as limitações da Comissão Europeia quanto a salários, defendendo que o sistema que no qual está a trabalhar permitirá que os rendimentos aumentem na Europa. Em …

Chega quer expulsar autor de moção pela remoção de ovários a mulheres

A direção do Chega vai propor a “suspensão imediata” do militante Rui Roque que defendia a extração dos ovários numa moção de estratégia que foi rejeitada em congresso, informou esta segunda-feira o partido. Mais de uma …

Precários à espera de apoio extraordinário estão a receber multas do fisco

A Associação de Combate à Precariedade denunciou que a Autoridade Tributária (AT) está a aplicar multas de 75 euros a trabalhadores precários que ficaram sem rendimento e estão a recorrer ao novo apoio extraordinário a …

Portugal regista mais seis óbitos e 688 novos casos

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 688 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

Novo lay-off é para "aguentar o emprego e as empresas" (mas agrava cortes dos trabalhadores)

O novo regime de lay-off anunciado pelo Governo, para apoiar as empresas com "perdas mais significativas", nomeadamente na área do turismo, visa "aguentar o emprego e as empresas", segundo o ministro da Economia, Siza Vieira, …

Jornal "The Guardian" sugere que Portugal é um país racista e compara Ventura a Bolsonaro

O jornal britânico "The Guardian" noticiou, esta segunda-feira, alguns dos mais recentes acontecimentos racistas que têm ocorrido no país, afirmando no seu título que "Portugal regista um aumento da violência racista com ascensão da extrema …