Ferro repreende Ventura no Parlamento. Deputado pede audiência urgente a Marcelo

João Relvas / Lusa

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, fez esta quinta-feira uma advertência ao deputado do Chega por utilizar com “demasiada facilidade” as palavras “vergonha” e “vergonhoso” nas suas intervenções no parlamento.

André Ventura intervinha no debate sobre a remoção de amianto de edifícios públicos e estava a terminar o seu discurso quando criticou que o Governo tenha verbas para subsídios vitalícios, mas não ter para a remoção daquele material.

Uma vergonha”, afirmou o deputado do Chega, já entre alguma vozearia dos deputados.

Ferro Rodrigues afirmou então que Ventura “usa muitas vezes” as palavras “vergonha” e “vergonhoso”, quando se dirige à câmara. “O senhor deputado utiliza com demasiada facilidade as palavras vergonha e vergonhoso, o que ofende muitas vezes este parlamento e ofende-o a si também”, afirmou Ferro Rodrigues, aplaudido pela bancada do PS.

Após a repreensão de Ferro Rodrigues, toda a ala esquerda do hemiciclo aplaudiu. A bancada da direita pareceu não ter gostado da intervenção, tendo os deputados centristas manifestado-se contra a reprimenda através de gestos.

André Ventura pediu então a palavra para “defesa da honra” (uma figura regimental): “Penso que um deputado usa as expressões que são legítimas no contexto que entender legítimo” em nome da liberdade de expressão. Ferro respondeu: “Não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade dos outros, que é o que o senhor faz”.

E informou-o que já tinha esgotado o tempo. “É uma vergonha o que se está a passar neste parlamento”, respondeu André Ventura.

Em declarações ao jornal Observador, Ferro Rodrigues disse não querer “alimentar polémicas” com o deputado único do Chega, justificando a sua intervenção com com o facto de já não ser a primeira vez que o deputado do Chega “qualificou de vergonhosa ou insinuou tal, referindo-se à atividade da Assembleia da República”.

Se voltar a fazê-lo, será novamente repreendido”, garantiu Ferro Rodrigues.

Números do mesmo jornal apontam que André Ventura usou mais de vinte vezes a palavra “vergonha” e/ou derivados desta palavra nas nove sessões parlamentares em que interveio. Esta quinta-feira, depois de ser repreendido respondeu com mais quatro.

Audição urgente com Marcelo

No final da sessão parlamentar, André Ventura convocou os jornalistas para uma conferência de imprensa nos passos perdidos do Palácio de São Bento, em Lisboa, na qual acusouFerro Rodrigues,de o ter mandado calar durante e anunciou um pedido de audiência urgente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O parlamentar do Chega disse ainda que espera um pedido de desculpa formal por parte do segundo magistrado da nação. “Os factos que hoje ocorreram nesta casa são de uma tremenda e extraordinária gravidade. Além de o Presidente da Assembleia da República, a segunda figura do Estado português, ter mandado calar um deputado eleito por um partido e pelo povo português, não lhe permitiu depois o direito ao exercício da defesa da honra, quebrando e coartando esse direito”, lamentou Ventura.

“O Presidente da Assembleia da República manda calar quem ele quiser, no PS, na casa dele, como ele entender. O Chega não se vai calar nem perante o presidente da Assembleia da República nem por nenhuma outra figura do PS”, assegurou.

Ventura disse que o Chega pesquisou quantas vezes a palavra “vergonha” foi utilizada noutras legislaturas e chegou à conclusão de que foi “imensas, de todos os partidos, desde o BE ao PS” e queixou-se ainda de a deputada bloquista Joana Mortágua, no mesmo debate parlamentar, ter recorrido, em seguida, à mesma expressão e de não ter sido alvo de qualquer sanção por parte de Ferro Rodrigues.

Sobre a intervenção da bloquista, Ferro Rodrigues explicou ao jornal Observador que Mariana Mortágua não se referia ao Parlamento quando usou a palavra “vergonha”. “A deputada não qualificou nem insinuou como sendo vergonhosa a atividade de nenhum órgão de soberania”, apontou, dizendo ainda que não se sente “acusado” por Ventura.

O chefe de Estado não vai receber Ventura por causa deste episódio no Parlamento, apurou o jornal Público. No entanto, dá conta o matutino, está marcada uma audiência para a próxima terça-feira com os partidos, a propósito do Orçamento do Estado para 2020.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

48 COMENTÁRIOS

    • Desde quando um burlao como o Ventura fala verdade? O amianto e seus problemas sao deveras conhecidos desde o inicio dos anos 80. Por onde andou o burlao? Fez ele alguma coisa? Falar e muito facil mas passar a acao nao e para todos.

    • este tipo de afirmação é um bocado pueril…

      é que o TC deu o ok para a formação do partido, como tal, se houve ou não problemas em algumas assinaturas isso neste momento é algo completamente irrelevante.

      foi uma pena o sr Ventura não ter respondido à letra a esse sr que nem sequer deveria estar na AR qto mais ser a 2ª figura do Estado Português.

      esse sr que a quando do caso de pedofília, afirmou “estou-me cagando para o ministério público”, são estas as palavras e respeito que merecem a esse sr instituições da RPortuguesa.

      [Escutas “Tou-me cagando para o segredo de Justiça” Casa Pia – YouTube](https://www.youtube.com/watch?v=y9yIDxJ2fE4)

      • Burlas nunca sao irrelevantes e portanto e segundo consta dos outros ex-membros do partido gatuno Chega houve falsificacao de assinaturas. Se voce tem provas do contrario apresente-as no MP se nao nao venha “cagar” aqui para tentar atirar areia aos olhos dos outros.
        Basta tambem olhar para a fuca do Ventura para se constatar que tem todo o ar de arruaceiro.

        • o ventura e o retrato digno de uma parte da sociedade rufia manhosa e mafiosa

          mas os outros partidos tb nao sao mto melhores que o vigarista ventura

          • Mas a avaliar por algum comentário por aqui ainda tem paspalho que defende o arruaceiro Ventura. Quem o quiser que o compre e leve-o para casa.

            • Pois, arruaça é sempre bem aceite desde que venha da extrema esquerda. O termo vergonha pronunciado pela Heloisa, Catarina, Mariana… tem sabor a “democracia”

            • Caro ou cara Democracia?Onde? Arruaceiros adoram arruaceiros. Nada de novo.
              Os patetas ainda continuam a julgar que o vigarista Ventura é uma espécie de salavador. Não é. Ele é o guru dos ignorantes e burgessos que adoram cuspir e escarrar.
              E ainda os patetas continuam a acreditar que existe direita, esquerda. O que existe é meia dúzia de colarinhos barncos que nos bastidoras mandam nesta m**** toda e os patetas ficam babando e aplaudindo.
              Se as eleições mudassem alguma coisa eram logo proibidas.

  1. O Ventura disse a verdade na sua intervenção sobre o amianto. É de fato uma vergonha que haja subsídios vitalícios para muitos, nomeadamente para burlões, ladrões e assassinos, alguns a ferros neste momento, e que o país tenha mais de de 100 mil toneladas de amianto, desde habitações, a escolas, fábricas, etc., que não é retirado por falta de verbas, doença crónica deste projecto de país. Se o Senhor Presidente da Assembleia da República, com o devido respeito, se irrita com a verdade, deve com certeza saber onde fica a porta…

  2. Ferro Rodrigues “Não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade dos outros”
    Aqui está a mentalidade fascista da Esquerda. Exactamente a liberdade de expressão existe para a possibilidade de se poder ofender os outros, senão não era necessária

    • Nem mais, e também é uma vergonha este FR estar na posição que está depois de ter tido influência em alguma decisões do caso vergonhoso de pedofilia da Casa Pia em que conseguiu ilibar um dos camaradas dele. Mas disso ninguém se lembra nem quer saber! Como os nossos irmãos brasileiros costumam dizer e muito bem dito “Pimenta no cú dos outros é refresco”, e como o problema foi com uns “putos” de que ninguém quer saber e que nem lhe são nada, tá-se bem. Ah pois é Sr. FR, o povo gosta muito de futebol mas o povo não esquece!

    • Sobre a noticia não tenho uma opinião formada, não escutei os discursos, á primeira vista, diria que o PS se ofende com facilidade, mas também sei que as noticias são dadas de muitas formas, assim que me reservo sobre uma opinião neste tema.

      Contudo, discordo do Joaquim e o uso da expressão “Não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade dos outros” para justificar falta de liberdade.

      A liberdade de cada um termina exactamente onde começa a do próximo. Liberdade de se exprimir não lhe dá o direito de ofender, ao contrario do que o Joaquim afirma, caso contrário, poderia dizer que o FR usou a sua liberdade de expressão para repreender o deputado, o que o Joaquim já não aceita e se sente ofendido porque feriu a sua liberdade.
      Não pode ter 2 pesos e 2 medidas, a democracia e liberdade significa também o respeito para aceitar a liberdade do próximo.

  3. É VERGONHOSO o que dito presidente da AR está a tentar fazer. Afinal não estamos em democracia mas sim numa DITADURA camuflada de democracia. Se se sentem incomodados c/ a palavra “VERGONHA” é porque lhes serve a carapuça. Ainda está possivelmente p/ nascer o politico que nos merece confiança, mas pelo menos este Ventura está a por os cabelos em pé dos que já cá andam á décadas a ROUBAR os portugueses.

      • Caro(a) Regie ZAP, “quartar” e “coarctar” (que conforme o famigerado último acordo ortográfico agora se grafa “coartar”) são palavras homófonas – com o mesmo som – e apenas o sentido da frase permite distingui-las em linguagem falada. Do meu ponto de vista e, presumo, do do senhor deputado, seria a última que faria mais sentido na frase que lhe atribuem. Penso que vos fica mal insistirem no erro.

  4. Depois do PS ter dito o que Maomé não disse do presunto no Governo de Passos Coelho, eis que Ferro Rodrigues teve um tique ditaturial e resolveu na própria casa da democracia cortar a liberdade de expressão de um deputado democraticamente eleito. O mesmo PS e Parlamento que recebeu quase em ombros Paulo Pedroso de pois de este ter sido indicado por uma das vitimas no Caso Casa Pia, e também Ferro Rodrigues foi envolvido pela mesma vitima, segundo se consegue ler on line, mas nada se tendo provado e estas duas pessoas não foram julgadas.

  5. Goste-se ou nao do deputado democraticamente eleito, onde está o problema de utilizar a palavra vergonha numa instituiçao que em o é?…
    E se o repreendido apontasse os dedos no ar em sinonimo de “corninhos”, ja seria permissivel?
    E se dissesse “tou-me gagando para o presidente da assembleia da republica” como o boizana disse relativam,ente ao segredo de justiça?
    Vao-se catar donos do parlamento!

    https://dicionario.priberam.org/boizana
    https://oinsurgente.org/2014/11/25/tou-me-cagando-para-o-segredo-de-justica/

  6. Até que enfim que se agitam as águas…. Esta ditadura da democracia dos eleitos por 50% dos portugueses, tem que ser “abanicada”….. Força Ventura, daqui a 4 anos tens mais de 10% ….. Se entretanto não aparecer alguém ainda mais “desenvergonhado”…… Mas esta atitude de prepotência, ditador, condicionador da palavra dos outros, muito comparável ao antigo regime, do Sr. Ferro Rodrigues, é comum a muitas autarquias deste país onde os Presidentes de Camara e Assembleias Municipais, usam e abusam do corte de palavra a cidadãos que reclamam, porque os que vão lá dizer bem (alguns encomendados), até lhes agradecem e enaltecem a participação… Tinha 12 anos quando foi o 25 de Abril (tenho hoje 57 ) mas, apesar de muito jovem na altura, ainda me lembro como eram tratados os que diziam mal…….

    • Este sujeito Ferro Rodrigues já não devia andar por aqui. Não tem categoria para ser presidente da AR. Se foi eleito pelo povo (com uma média de 25000 votos), André Ventura tem uma legitimidade ainda maior (cerca de 60000 votos) e não pode admitir que o oportunista Ferro Rodrigues tente uma estratégia de o silenciar. Mas o mais grave de tudo é que a seguir à intervenção de André Ventura, o Bloco de Esquerda usou igualmente a palavra “vergonha” e o Presidente do Parlamento calou-se como um rato. Este gajo não tem categoria, aliás na linha do que já havia demonstrado quando, em serviço militar, foi despromovido de oficial a soldado.

  7. Ferro Rodrigues foi hoje um grande aliado de André Ventura, que agradece o protagonismo e o motivo de vitimização.
    É uma vergonha esta intervenção e atitude do oportunista (para não chamar pedófilo) Ferro Rodrigues. Percebe-se bem que eles todos não podem com o André Ventura mas isso não legitima este tipo de lições de moral… já para não falar de quem vem, um homem perturbado ao longo da vida.
    Será que Ferro Rodrigues e a claque parlamentar que exultou com a sua repreensão a André Ventura não percebem mesmo quem ganha e com estes episódios é André Ventura e o Chega?

  8. Burlas nunca sao irrelevantes e portanto e segundo consta dos outros ex-membros do partido gatuno Chega houve falsificacao de assinaturas. Se voce tem provas do contrario apresente-as no MP se nao nao venha “cagar” aqui para tentar atirar areia aos olhos dos outros.
    Basta tambem olhar para a fuca do Ventura para se constatar que tem todo o ar de arruaceiro

  9. O senhor cara de ferro será assim tão rigoroso com a extrema-esquerda? Parece que alguém pretender impor democracia à sua maneira se transforma em autocracia.

  10. Algo me diz que com esta, e outros tiros nos pés que o governo e os políticos andam todos a dar diariamente, o Chega vai ter muitos, mas muitos votos, nas próximas eleições. Esperem para ver.

  11. quero lá saber ele é o prodigio , estou mortinho que venham novas eleições para votar neste menaço sem medo fala como o povo, e fora bucraçias incomóda muita gente é porque têm valor e melhor ainda é benfiquista vota André Ventura.

  12. Mas a avaliar por algum comentário por aqui ainda tem paspalho que defende o arruaceiro Ventura. Quem o quiser que o compre e leve-o para casa.

    • Bom comentário e no entanto deve saber que os gurus burgessos como esse DesVentura tem sempre seguidistas nem que seja por terem tiques de masoquismo.
      Depois tem sempre patetas que se deixam dividir em direitas e esquerdas como se isso mudasse fosse o que fosse.
      O dia que as eleições mudarem alguma coisa são logo proibidas.
      É apenas tetaro de todos esses atores num teatro folclórico chamado AR para os palhaços aplaudirem.
      Quanto esse guru cata ventos DesVentura, o dia que ele vir a casa a arder é a primeira ratazana a abandoná-la, vai uma aposta?

  13. Vergonha é esse Senhor Ferro Rodrigues e os seus seguidores que aplaudiam, sim é VERGONHA, e dizem que é democracia, pois onde está a democracia dos povos de esquerda? Eu sou de esquerda mas não sou burro e vejo André Ventura que é verdadeiro e até hoje não disse alguma mentira mas sim verdade, pois as verdades doem..
    O Presidente da Républica não recebe André Ventura porque é de Extrema Direita e o Presidente está solidário com o Partido Socialista e seus seguidores.

  14. CHEGA-lhes, André! Que, como vês, não estás assim tão só como alguns dos escribas agitados deste fórum gostariam. Ou como (in)disfarçam os fretes que lhes encomendam.
    Aguenta firme, André, e ataca-os sempre com as verdades acutilantes, oportunas e indesmentíveis. Fere-os com firmeza, com os seus próprios ferros ferrugentos e infectantes, até que este povo etilizado acorde do longo coma e perceba que o próximo passo é a limpeza profunda da lixeira parlamentar e a renovação. E que te reconheça a necessidade de uma equipa efectiva de pelo menos 20 a 30 parlamentares ao teu estilo.
    Chega-lhes, já que cada vez mais cidadãos estamos interessados em ver e perceber aonde encaixa aquele dixit de que “os lobos uivam mas a caravana passa”. Chega-lhes, André!…

  15. O Ferro(velho) caiu na esparrela e entrou no jogo do labaredas populista… para quem anda na política há tanto tempo (tempo a mais!), já devia saber mais…
    Agora que se aguente à bronca!…

  16. Este “deputado solitário” cumpre a sua função: atraír os meios de comunicação a pensar já nas próximas eleições etc. etc. Quanto ao resto… Quem não se lembra dos discursos “inflamatórios que fazia o deputado da UDP logo a seguir ao 25 de Abril? O Partido dos Reformados tb teve um deputado e depois desapareceu…”Felizmente a Democracia Portuguesa está amadurecida”! Temos a esquerda, Centro e Direita bem representados no nosso Parlamento…”Os extremistas não fazem falta nenhuma e acabam por ser voláteis…”

  17. Bom comentário e no entanto deve saber que os gurus burgessos como esse DesVentura tem sempre seguidistas nem que seja por terem tiques de masoquismo.
    Depois tem sempre patetas que se deixam dividir em direitas e esquerdas como se isso mudasse fosse o que fosse.
    O dia que as eleições mudarem alguma coisa são logo proibidas.
    É apenas tetaro de todos esses atores num teatro folclórico chamado AR para os palhaços aplaudirem.
    Quanto esse guru cata ventos DesVentura, o dia que ele vir a casa a arder é a primeira ratazana a abandoná-la, vai uma aposta?

  18. Se o senhor ferro tivesse vergonha estava calado O que se passa neste país é mesmo uma vergonha e um atentado ao bolso dos portugueses. Corrupção com fartura, políticos mal formados, interesseiros e agarrados à cadeira para ver se tiram mais algum ao país. Não acredito em nenhum politico, mas pelo menos este Ventura vai dizendo aquilo que muitos de nós gostariam de dizer em plena assembleia das comadres.

RESPONDER

PJ faz buscas na Madeira e em Lisboa por fraude na obtenção de fundos europeus

Cerca de duas dezenas de buscas foram efetuadas, esta terça-feira, na Madeira e na Grande Lisboa no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (MP) que investiga crimes de fraude na obtenção de fundos …

França em choque com ação da polícia em acampamento de migrantes

A atuação da polícia durante o desmantelamento de um acampamento improvisado de migrantes no centro de Paris, na noite de segunda-feira, está a gerar críticas e indignação. Na noite desta segunda-feira, a polícia francesa dispersou algumas …

Centro Europeu de Controlo de Doenças alerta: países que retirem medidas para o Natal terão aumento de internamentos

O Centro Europeu de Controlo de Doenças estima que se os países que em outubro e novembro tomaram novas medidas para controlar a pandemia as levantassem a 21 de dezembro, os internamentos hospitalares aumentariam na …

Pensilvânia certifica vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais

As autoridades da Pensilvânia certificaram, esta terça-feira, a vitória do democrata naquele estado nas eleições presidenciais norte-americanas. Na sua conta do Twitter, o governador local, o democrata Tom Wolf, escreveu que o Departamento de Estado da Pensilvânia …

Nos Países Baixos, há drive-ins para as crianças poderem visitar o Pai Natal em tempo de pandemia

Muito se tem falado de como será o Natal neste ano atípico. Contudo, há países que já começam a arranjar alternativas para a época festiva. Nos Países Baixos, os drive-ins estão a ser usados para …

Vereador da Educação de Lisboa ameaça autarca com “um par de murros”

O vereador da Educação da Câmara de Lisboa afirmou, num comentário no Facebook, em resposta a uma publicação de um vogal da Junta de Freguesia do Areeiro, estar disponível para lhe dar "um par de …

Papa Francisco critica negacionistas da covid-19 e fala da morte de George Floyd

O papa Francisco, num livro esta segunda-feira publicado, criticou os opositores ao uso de máscaras ou outras restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, sublinhando que nunca se manifestariam contra a morte do afro-americano …

Fenprof reconhece abertura da tutela do Ensino Superior para negociar apesar de divergências

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reconheceu esta segunda-feira a abertura do Governo para negociar algumas questões do Ensino Superior, depois de uma reunião em que a tutela e a organização sindical nem sempre estiveram …

Bombeiros vão receber verba adicional de três milhões de euros

As associações humanitárias de bombeiros vão receber uma verba adicional de três milhões de euros em 2021 para fazer face aos constrangimentos financeiros devido à pandemia de covid-19, segundo uma proposta do PS hoje aprovado. Este …

Media Capital desafia ERC e elege Mário Ferreira como presidente

Os acionistas da Media Capital elegeram, esta terça-feira, o empresário Mário Ferreira presidente da dona da TVI. A assembleia-geral esteve inicialmente convocada para 28 de outubro, tendo sido suspensa, retomando hoje os trabalhos e com uma …