FC Porto tenta desviar John Textor. Empresário só quer o Benfica

6

TechMediaEditor / Wikimedia

O empresário John Textor

O empresário John Textor

John Textor foi abordado várias vezes nos últimos meses por intermediários alegadamente com ligações ao FC Porto, que procuravam levar o empresário a investir na SAD azul e branca. Mas o empresário assegura que, em Portugal, só está interessado no Benfica.

Segundo revela a edição desta sexta-feira do o jornal Record, o empresário John Textor foi abordado por intermediários financeiros que alegam ter ligações ao FC Porto, com o objetivo de desviar o investimento que o empresário pretende fazer no Benfica para os cofres do clube azul e branco — que, apesar do recentes resultados positivos, com um lucro histórico de 33,4 milhões de euros, muito dele precisam.

Em declarações à CMTV, Textor assegurou não ter sido “sondado pelo FC Porto”, mas segundo o Record, era aos contactos destes intermediários que Textor se referia quando revelou, em reunião com a SAD do Benfica na última quinta-feira, ter tido uma  aproximação dos portistas.

Esta sexta-feira, Textor confirmou à CMTV, não ter “qualquer interesse” em avançar para o capital da SAD azul e branca. O empresário aposta na valorização da marca Benfica, que pretende levar à bolsa de Nova Iorque, e acredita que a mesma pode atingir um valor em bolsa de 4 mil milhões de euros.

Após a reunião com Textor, o clube encarnado informou apenas que o encontro “decorreu de forma cordial” e que fica à espera de “informação adicional sobre as intenções” que o empresário tem em relação ao Benfica.

John Textor, pioneiro de tecnologias holográficas e efeitos especiais, tem apostado em investimentos na área do futebol, sendo um dos proprietários do Crystal Palace. O investidor chegou a acordo com o empresário José António dos Santos para adquirir 25% do capital social da SAD do Benfica.

Em julho, a SAD benfiquista, então ainda liderada pelo ex-presidente Luís Filipe Vieira, vetou a compra de 25% da SAD por John Textor. Já em setembro, após dúvidas acerca dos dados apresentados por Luís Filipe Vieira sobre o direito de preferência do Benfica, o empresário suspendeu a compra das acções “até à realização de eleições”.

Na sequência deste impasse, diz o jornal Record, terão surgido nas últimas semanas

Os contactos de intermediários financeiros alegadamente ligados ao FC Porto, que terão visto neste impasse uma oportunidade de desviar o investimento da Luz para o Dragão, esbarraram no entanto na posição firme do empresário norte-americano de 56 anos: em Portugal, Textor só está interessado no Benfica.

  ZAP //

6 Comments

    • As cotações de clubes portugueses em bolsa, 25/10/2021; SCP, 0,90, FCP, 0,75. SLB, 5,40 €. Dá para entender a essa mente “viscondessa”? E se ações sem poder na SAD (não são mais de 5% do capital) atingem este valor, quanto valerão, de facto, os 25/30%” tão falados? E quanto valerá a maioria da SAD do Benfica?
      Sugiro que em vez de fazer comentários sobre o Benfica, vá jogar um jogo que até os macacos podem jogar: o berlinde.

  1. A ser verdade, é uma tristeza e só vem demonstrar o nível, ou a falta dele, que as pessoas que estão à frente do Frutabol Corrupto do Porto têm. Não valem nada!

    • Não concordo com a sua opinião. A serem verdadeiras as movimentações do FCP, são legítimas, de mercado. Se o Benfica recusa a oferta de Textor, é natural que outra entidade esteja disponível para discutir e considerar, trata-se do mundo real, já ouviu falar do proverbio “dá Deus as nozes a quem não tem dentes”? O FCP tem. Ou parece ter, se consegue morder ou não, é outra coisa. Ao contrário dos presunçosos “viscondes” do Lumiar, o FCP sabe quem é que está na frente da inovação do futebol em Portugal. O Benfica tem tudo o que têm os “colossos” europeus, excepto dinheiro. O que são PSG, Chelsea, Manchester City, por exemplo, que o Benfica não supere em história e prestígio? O FCP é um clube pragmático, ao contrário dos “viscondes” do Lumiar, não discute a sexualidade dos anjos, aceitam a superioridade organizativa do Benfica e não têm qualquer problema em explorar e aproveitar, as sobras da incompetência benfiquista.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.