/

Benfica vai chumbar compra de 25% da SAD por John Textor

A direção das águias vai “chumbar liminarmente” a compra de 25% da SAD pelo empresário norte-americano John Textor numa eventual Assembleia Geral.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Na terça-feira, a Benfica SAD comunicou à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que José António dos Santos, conhecido como “rei dos frangos”, celebrou um acordo para vender 25% do capital social da SAD ao norte-americano John Textor.

Um dia depois, em novo comunicado à CMVM, a sociedade encarnada informou que o clube tem direito de preferência sobre os 3,28% de capital detidos por Luís Filipe Vieira, direito concedido pelo agora ex-presidente.

“Esclarece-se que, através de uma carta com data de 11 de setembro de 2020, o Sr. Luís Filipe Vieira, titular de ações representativas de 3,28% do capital social da Benfica SAD cujos inerentes direitos de voto são imputáveis ao Sport Lisboa e Benfica, concedeu ao Sport Lisboa e Benfica um direito de preferência na aquisição daquelas ações caso decida transmiti-las a terceiro”, lê-se no comunicado, citado pelo jornal Record.

Relativamente à “possível aquisição de uma participação qualificada de 25% no capital social da Benfica SAD” pelo investidor norte-americano, a SAD encarnada detalhou que José António dos Santos detém um total de 23,1061% do capital social e esclareceu que aquisição está “sujeita à verificação de determinadas condições”, como a obrigatoriedade de aprovação em Assembleia Geral.

Segundo o jornal online ECO, a direção das águias vai “chumbar liminarmente” a entrada de John Textor no capital da SAD.

Nos termos dos estatutos da SAD, são “entidade concorrentes” qualquer entidade que desenvolva a sua atividade “na participação em competições profissionais de futebol, na promoção e organização de espetáculos desportivos ou no fomento ou desenvolvimento, ainda que indiretamente, de atividades relacionadas com a prática desportiva profissionalizada da modalidade de futebol em Portugal ou no estrangeiro”.

Como recorda a mesma publicação, o empresário norte-americano é considerado “uma entidade concorrente” porque é sócio maioritário da Fubo TV, plataforma que transmite eventos desportivos.

Esta quarta-feira, o clube também anunciou que Luís Filipe Vieira será afastado da SAD nos próximos 30 dias, justificando esta decisão com as medidas de coação que lhe foram impostas no âmbito da Operação Cartão Vermelho.

Na terça-feira, após reunião da direção, agora liderada por Rui Costa, o clube da Luz anunciou a intenção de convocar eleições para os órgãos sociais, que deverão “ocorrer até ao final do corrente ano“.

PUBLICIDADE

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.