Família holandesa vivia há 9 anos numa cave à espera “do fim dos tempos”

A policia holandesa encontrou uma família de seis pessoas na cave de uma quinta no nordeste do país, onde viviam em isolamento há nove anos e, segundo a imprensa, esperavam “o fim dos tempos”.

A polícia indicou ter encontrado seis adultos, sobre os quais a imprensa local especula tratar-se de um homem e cinco filhos.

Nunca vi nada parecido antes”, afirmou em conferência de imprensa ao final do dia Roger de Groot, o presidente do município de Ruinerwold, a vila em que se situa a quinta, perdida no meio dos campos e cercada por árvores.

Através das redes sociais, a polícia informou que foram encontrados “seis adultos, atualmente em tratamento”. “Todos os cenários estão em aberto e há uma investigação em andamento”, acrescentou a força local.

Foi um dos filhos, com cerca de 25 anos, que tornou possível a descoberta. Sujo, vestido com roupas velhas e despenteado, foi a um bar da vila em estado “confuso” na noite de domingo, pedir ajuda, revelou o gerente do café, Chris Westerbeek, em declarações à televisão local RTV Drenthe.

O jovem disse que não saía de casa “há nove anos”, segundo o proprietário. “Disse que nunca tinha estudado e parecia muito confuso, estava a falar de maneira infantil. Disse-me de onde vinha, que tinha fugido e precisava de ajuda urgente”, acrescentou Westerbeek, que chamou a polícia depois do encontro com o jovem.

Na chegada ao local, a polícia prendeu um homem de 58 anos, inquilino da fazenda, “por não cooperar com a investigação”. Contudo, não foi possível perceber qual era a sua ligação com a família, sendo que a polícia garante não ser o pai. Frisa o jornal britânico The Independent que a polícia não sabe ainda qual o “papel” deste homem na história.

As pessoas descobertas tinham um “estilo de vida autista” na propriedade e muitas das crianças, agora adultas, “não foram registadas no registo civil”, de acordo com o autarca. Segundo a televisão local, a família vivia na cave “à espera do final dos tempos” e alguns dos membros “não faziam ideia da existência de outras pessoas” no mundo.

De acordo com a mesma fonte, a família possuía uma horta e uma cabra.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Caro Eu!,
      Obrigado pelo reparo.
      Uma quinta é uma pouco maior que um quintal, mas bastante mais pequena que uma fazenda.
      “Fazenda” é um termo português pt_PT correcto, se bem que pouco usado.
      A alternativa mais adequada seria herdade, não quinta.

      • Se e termo é pouco usado, é porque caiu em desuso (tal como muitos outros que ainda são usados, por exemplo, no Brasil) e por isso acho que se deve usar os termos mais comuns.
        Não concordo que “quinta” seja uma “coisa pequena” e continuo a achar que o termo mais correcto é mesmo “quinta”, mas tudo bem…
        .
        “Quinta é como é frequentemente chamada uma propriedade rural de grandes dimensões em Portugal e em outros países lusófonos[1], normalmente com casa de habitação. O termo pode ser usado para uma grande propriedade ou herdade.”
        pt.wikipedia.org/wiki/Quinta_(propriedade)

Responder a Eu! Cancelar resposta

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …

Polícia de Hong Kong desativa bombas artesanais escondidas em escola

As autoridades de Hong Kong desativaram duas bombas artesanais numa escola esta terça-feira. Os engenhos foram descobertos por um guarda e desconhece-se se estão associados à crise política que se vive no país. A líder de …

Tancos. Carlos Alexandre quer ouvir António Costa presencialmente

O juiz Carlos Alexandre quer ouvir o primeiro-ministro, António Costa, presencialmente durante a fase de instrução do processo de Tancos, recusando assim que o seu testemunho seja feito apenas por escrito. De acordo com a …

Orçamento de 2020 sem verba para pré-reformas na Função Pública

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e Administração Pública, esclareceu que a proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano não deverá reservar qualquer verba para financiar pré-reformas na função pública. Segundo o Diário …