“Estão a morrer com dor”. Faltam medicamentos para 55 mil pessoas com cancro na Venezuela

Elza Fiúza / ABr

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela

Na Venezuela há mais de 55.000 pacientes com cancro que estão sem tratamento por falta de medicamentos, denunciou esta segunda-feira a ONG Codevida.

“Mais de 55.000 pessoas com cancro não têm medicamentos oncológicos e as pessoas que têm cancro em fase terminal não têm medicamentos paliativos, estão a morrer com dor e isso é indigno”, denunciou o presidente da Codevida.

Em declarações aos jornalistas, Francisco Valência insistiu que aos pacientes que estão em “fase final”, há “que dar-lhes pelo menos uma morte digna”.

“Senhor ministro da saúde, Carlos Alvarado González, senhor Presidente da República, Nicolás Maduro, vocês são responsáveis pela saúde dos venezuelanos”, frisou. Segundo Francisco Valência estão “sobrelotadas” as unidades de diálise para pacientes com insuficiência renal.

Não há materiais para diálise. Todos os dias estão a morrer pessoas. Cada dia há menos máquinas para diálise. Este ano já morreram 11 pessoas transplantadas e há mais de 90 rejeições”, frisou.

A Codevida é uma organização não-governamental composta por uma aliança de organizações dedicadas à defesa e ao direito à saúde dos venezuelanos.

No início de junho, a Fundação de Ajuda ao Menino com Cancro denunciou que dez crianças do Estado venezuelano de Carabobo estavam em perigo de vida, também por falta de tratamento para o cancro. Realçando ainda que nesta localidade já tinham morrido 22 crianças desde o início do ano.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Não sei, mas é sem duvida um dos que está a causar mais males ao seu povo/país!!
      Deve haver bem pior do que este louco pelo mundo fora, só que, ou não tem poder, ou tem assessores para os “controlar” de alguma maneira!…

  1. E ainda há quem esteja contra o Trump. Deviam-se virar era para este maduro. Para este é que se deviam virar contra.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Metro do Porto compra 18 novos veículos e assegura mais 60 mil lugares por dia

A Metro do Porto assinou esta terça-feira o contrato para a aquisição, por 49,6 milhões de euros, de 18 composições à empresa chinesa CRC Tangsthan que permitirão disponibilizar mais 60 mil lugares diários, estima a …

Catarina Martins diz que Carlos Costa "não tem condições" para ser governador

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, disparou contra aqueles que considera serem "cúmplices" do "assalto ao povo angolano". Tanto a Justiça como o Governo português têm de agir, considera o Bloco de Esquerda, na sequência …

Pedro Sánchez vai reunir-se com líder do governo regional catalão

O primeiro-ministro espanhol e líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, anunciou na segunda-feira que se reunirá com o líder do governo regional da Catalunha, Quim Torra, no início de fevereiro. Em entrevista à televisão …

Governo confirma que nunca avaliou impacto dos vistos gold. Só 5% foram recusados

O Ministério da Administração Interna (MAI) confirmou que não foram realizadas avaliações ao impacto dos vistos gold e que não cabe ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlar as origens do capital investido em …

Conselho de Finanças Públicas alerta para "risco de desvio significativo" no ritmo de ajustamento estrutural

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alerta para um "risco de desvio significativo" do ritmo de ajustamento estrutural da economia portuguesa em 2020, avisando que a evolução programada da despesa no OE2020 "não cumpre o …

Carolina Salgado condenada a pena de quatro meses de prisão, substituída por multa de 600 euros

Carolina Salgado não cumpriu sentença do processo de difamação a Pinto da Costa. Além das 300 horas de trabalho comunitário devia ter publicado o texto da sentença no jornal e não o fez. Carolina Salgado foi …

Taiwan deteta primeiro paciente com pneumonia originária da China

A Agência Central de Notícias de Taiwan disse que uma mulher, que esteve recentemente na cidade chinesa de Wuhan, está a ser tratada e foi colocada sob quarentena, depois de se ter dirigido voluntariamente aos …

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …