Facebook está a criar (com sucesso) tecnologia capaz de ler mentes

Há cerca de dois anos, o Facebook começou a desenvolver uma tecnologia capaz de ler as mentes das pessoas. Agora, a empresa apresentou com sucesso os primeiros resultados da sua investigação.

O Facebook quer disponibilizar uma ferramenta capaz de descodificar pensamentos diretamente no cérebro e transformá-los em mensagens escritas, sem a intervenção da fala ou de um teclado. Com o apoio da Universidade da Califórnia, publicaram no mês passado os primeiros resultados na revista Nature Communication.

Esta pode constituir uma solução para pessoas com transtornos de comunicação ou uma inovação no campo da realidade aumentada. Capaz de traduzir sinais cerebrais em diálogo, o software utiliza eletrocorticografia (ECoG) de alta densidade, pelo que requer implantes cerebrais.

Apesar de inicialmente ter delimitado um prazo de dois anos para que a tecnologia estivesse disponível ao público em geral, o Facebook ainda está uns furos abaixo das expectativas traçadas.

“Aqui demonstramos a descodificação em tempo real da fala percebida e produzida a partir da atividade ECoG de alta densidade em humanos durante uma tarefa que imita o diálogo natural de pergunta e resposta”, lê-se no estudo. “Este representa um passo importante em direção a aplicações mais naturalistas”.

O Extreme Tech explica que, durante os testes feitos, os participantes deram respostas ao vivo a perguntas gravadas previamente e os investigadores usaram a informação dos sinais cerebrais para programar modelos que consigam percecionar aquilo que eles disseram e ouviram.

O software ainda está longe de infalível, tendo detetado corretamente 76% das perguntas percecionadas pelos participantes. No que toca às respostas, o software do Facebook teve uma taxa de sucesso a rondar os 61%.

O derradeiro objetivo passa por desenvolver um sistema capaz de descodificar as palavras na parte do cérebro que aloja o centro da linguagem e transcrevê-las diretamente num computador a uma velocidade de cem palavras por minuto, cinco vezes mais rápido que o tempo necessário para escrevê-las no ecrã de um smartphone.

As aspirações da empresa de Mark Zuckerberg levantam algumas preocupações devido aos contínuos escândalos relacionados com a invasão de privacidade dos utilizadores. A leitura dos pensamentos das pessoas parece ser uma fronteira que muitos não estão dispostos a conceder acesso.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Não chega lerem a nossa identidade, o que fazemos, o que desejamos, por onde andamos, ainda querem ler as nossas mentes? Ó Zuckas, és mesmo perverso, pá! É por isso que te dei com os pés há muito tempo!

  2. Histeria coletiva, part II, na sequela de Teorias da Conspiração 5a temporada. O Zuckas vai ler a mente dos idiotas que deixem que lhes introduza os implantes cerebrais, logo depois lhe serem introduzidos implantes das Caldas no sítio que não posso mencionar aqui!

RESPONDER

Derrocada em Borba. MP acusa oito arguidos de homicídio e violação de regras de segurança

A acusação contra oito arguidos envolvidos na derrocada da pedreira de Borba, em novembro de 2018, já foi deduzida pelo Ministério Público (MP). A informação foi divulgada, esta quarta-feira, pelo Departamento de Investigação e Ação …

Salários mais baixos da Função Pública sobem 10 euros. Férias não aumentam

Esta quarta-feira, o Governo revelou à Frente Comum que os salários mais baixos da Função Pública vão subir 10 euros, em vez de sete. Em relação aos dias de férias, não há abertura. O Jornal de …

Costa não é Alice no País das Maravilhas, mas levou os "óculos cor-de-rosa" ao debate quinzenal

No primeiro debate quinzenal do ano, António Costa lembrou, um a um, os números da economia do último ano. O episódio que tem manchado as primeiras páginas dos jornais desta semana também marcou presença, ainda …

Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos. Tradicionalmente, acreditava-se que os …

Eureka. Trabalhadores foram despedidos e fábrica fechou, mas estão a apresentar nova marca em Milão

A empresa responsável pela marca Eureka Shoes, que fechou as lojas e a fábrica, e despediu 150 trabalhadores em Portugal, está agora a apresentar uma nova marca em Milão. No mês passado, a empresa de calçado …

Tribunal de Contas critica modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …

Há pessoas sem a parte olfativa do cérebro que conseguem cheirar (e cientistas não sabem porquê)

Cientistas encontraram casos em que as pessoas não tinham bulbo olfativo, a parte do cérebro responsável pelo olfato, mas mesmo assim conseguiam cheirar. Anosmia consiste na perda total ou parcial do olfato e esta é uma …