Facebook vai levantar bloqueio na Austrália

O Governo da Austrália disse esta terça-feira que o Facebook aceitou levantar o bloqueio aos utilizadores do país, depois de chegar a um acordo em relação à legislação para compensar as empresas de comunicação social australianas.

“O Governo foi informado pelo Facebook que tenciona restaurar [o acesso] a páginas de notícias australianas nos próximos dias”, afirmaram em comunicado conjunto o ministro das Finanças australiano, Josh Frydenberg, e o ministro das Comunicações, Paul Fletcher.

A rede social fundada por Mark Zuckerberg confirmou igualmente, em comunicado, que chegou a um acordo para alterar uma proposta de legislação com o objetivo de obrigar Facebook e Google a pagar pelos conteúdos jornalísticos divulgados.

O bloqueio, iniciado a 18 de fevereiro, foi uma reação à proposta de lei aprovada na véspera pela Câmara dos Representantes da Austrália, que obriga as empresas Facebook e Google a pagar compensações aos jornais e meios de comunicação social australianos pelos conteúdos jornalísticos utilizados pelas plataformas digitais.

A indignação pública em relação ao bloqueio do Facebook foi notória, até porque foi cortado o acesso, pelo menos de forma temporária, a informações sobre a pandemia da covid-19, aos serviços de saúde e aos serviços de emergência.

Os títulos dos jornais australianos chamaram ao caso “Faceblock”, numa alusão ao bloqueio e qualificaram a rede como “antissocial”.

A proposta do executivo australiano vai ter de ser aprovada pelo Senado, que deverá debater já esta terça-feira as alterações.

Em contraste com o Facebook, o Google reagiu rapidamente ao anúncio de Camberra, fechando acordos de licenciamento de conteúdos com grandes empresas de comunicação social da Austrália sob o modelo News Showcase.

O Facebook tinha defendido anteriormente que a proposta legislativa australiana “confunde as relações entre a plataforma [digital] e as publicações que utilizam a rede”.

Em resposta, o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, tinha dito estar disposto a “ouvi-los [Facebook] sobre aspetos técnicos”, reafirmando, no entanto, a determinação sobre a legislação.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …

Netflix foi a grande vencedora da noite dos Globos de Ouro

  A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu de forma virtual, com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado. Os Globos de Ouro, prémios de cinema …

Portugal regista mais 34 óbitos e 394 novos casos. O menor número desde setembro

Portugal registou esta segunda-feira 394 novos casos de infeção por covid-19 e mais 34 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão por corrupção

Nicolas Sarkozy foi esta segunda-feira condenado a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influências, tornando-se o segundo chefe de Estado condenado em França, após Jacques Chirac em 2011. O ex-Presidente francês foi condenado …

Câmara de Lisboa oferece viagem de táxi a idosos que vão tomar a vacina

Os residentes em Lisboa com mais de 80 anos ou 50 anos e patologias associadas podem deslocar-se gratuitamente de táxi para tomar a vacina contra a covid-19. Os custos da viagem são assumidos pela autarquia …

Liquidez é "abundante" mas "é preciso fazê-la chegar" à economia, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, indicou que a crise de 2008 e de 2020 não são comparáveis devido à abundância de dinheiro disponível e que há liquidez para travar o impacto económico, mas …

Chega quer telefone e Internet pagos aos trabalhadores do Estado em teletrabalho

O Chega entregou no Parlamento, este domingo, um projeto de resolução no qual recomenda ao Governo que dê "o exemplo" e pague as despesas de telefone e Internet aos trabalhadores do Estado que estão em …

Governo quer que progressões na Função Pública passem a ser anuais

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, admitiu propor aos sindicatos um alongamento da tabela remuneratória da função pública e criar progressões anuais. Em entrevista ao Diário de Notícias e Dinheiro …